História A Bailarina e o Pierrô - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 17
Palavras 215
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Poesias, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Aprecie sem moderação.

Capítulo 1 - Esconde teus olhos marejados e costura teu sorriso, pierrô.


Chora, pierrô.

Chora porque tua alma dói e se rasga de aflição, a cada momento que os mimosos pés da tua amada deslizam com graça e colorem o chão.

Chora, pierrô. Chora porque nos teu rosto costura um sorriso e nos teus olhos esconde uma alma sofrida, ouvindo das teclas do piano a melodia da tua triste vida.

Chora, pierrô. Porque quem tu amas não vive para o amor. Porque ela só quer contornar a linha da loucura na ponta dos pés que dançam e dançam sem pudor. Ela não sente a tua dor.

Chora pierrô, chora porque tua pele queima e não é fácil. Sorrir para o palco, dançar para o alvo, viver pelo aplauso. Chora porque o amor que tu vive apenas recebe as facadas deste mundo ácido.

E ela que tão linda voa ao redor do sol, de olhos fechados com a mente tão longe, não vê que bem ao lado, sofrido, judiado, chora aquele que apenas quer ser amado.

Chora, pierrô. Porque este é teu destino. Carregar este fardo, em um corpo cansado, esta alma de menino.

Coloca tua máscara, pinta teus olhos, e ponha-se a dançar. Recebe os aplausos, sapateia para o alvo, para então se curvar. Olha para o nada, lembra-te da tua amada, e só lhe resta chorar. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...