História A balada de Sasuke e Tadashi - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Sasuke X Takahashi
Visualizações 1
Palavras 318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Um novo amigo


POV Sasuke.

Eu havia acordado com uma ressaca horrível. A dor de cabeça infernal, a ancia de vômito, que raiva. Me levantei da cama, e abri a porta. Na mesma, eu vi ele. Tadashi estava sentado no sofá, somente de calça de moletom preto e meias listradas de preto. Por algum motivo, não conseguia parar de olhar para seu corpo. Seus braços enormes e fortes, e seu peito definidos. E sua barriga tanquinho? Era definida.“ porque eu estou olhando? Eu sou hetero porra!” eu pensei corando. 

- bom dia, Sasuke!- ele disse, sorrindo. 

- bom dia, Tadashi!- eu respondi acenando.- obrigado pela hospitalidade, mas eu tenho que ir para casa!

- posso te acompanhar?- ele perguntou, sorrindo.Eu só concordei. Enquanto andavámos pelas ruas cobertas de neve,nossas mãos brilharam. Eu achei aquilo estranho. Afinal, toda vez que minha mão chegava perto da dele,nossas borboletas brilham.

- cara, só eu que estou achando isso muito estranho?- eu perguntei tirando minha luva.

- o que?- ele respondeu, estranhando. Encostei minha mão perto da sua, as fazendo brilhar.- é! Isso é muito estranho! Mas não me importo! A minha vida já é estranha!

Acabei rindo com aquilo. Ao chegar em casa me despedi dele, mas por que eu estava triste com aquilo? Ignorei aquilo, e entrei em casa. Eu racho o aluguel com mais dois amigos meus. Um casal gay assumido e super shippavel.

POV Tadashi.

Enquanto voltava para casa, eu comecei a escutar uma voz. 

- ele não estará seguro, perto de nós!- ela dizia, como um sussurro. Eu sabia o que aquilo queria dizer. Era minha segunda personalidade. Eu a chamava de Takashi. Ele era um cara pervertido, tarado e agressivo. Eu adquiri essa segunda personalidade, durante um namoro. O cara com quem eu namorei era incrivelmente sex, mas nunca quis transar. Um dia, eu estuprei ele. O machuquei de uma maneira horrível e dolorosa. Se Takashi estivesse tentando voltar, Sasuke estava correndo perigo. Não queria machuca-lo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...