História A Big Family - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X, Seventeen
Tags Mpreg
Exibições 33
Palavras 2.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Sete.


CASA YIXING

Pov Lay.

Eu não dormi, fiquei sentado no meu sofá, me remoendo.
As lembranças eram dolorosas para mim..imagine para ele..
Porque eu fiz aquilo..e como vou arrumar.
Por volta de três e meia da madrugada meu celular tocou.
-Alô..
Respondi,preocupado.
-Você... Poderia vir?
Ele perguntou do outro lado,era obvio o seu cansaço.
-Ele quer te ver..
Terminou e eu ja estava dentro do carro.
Não senti nada na sua voz,eu poderia esperar repulsa..ou...não sei..raiva..mas não, foi simples.
-Ja estou indo.
Respondi e desliguei.
Eu demorei um pouco para passar pelas enfermeiras,mas nada que um drama não pudesse resolver.
-Cheguei.
Falei abrindo a porta e encontrei Suho,numa poltrona e Chang dormindo.
-Ele acabou de pegar no sono...
Ele disse e me olhou, suas olheiras ja eram evidentes.
-Você precisa dormir.
Falei e ele riu.
-Amanhã, quando meu filho estiver comigo,na minha cama..eu durmo.
Ele respondeu se arrumando na poltrona,desconfortável.
-Nosso filho.
Corrigi baixo e ele me olhou.
-Apenas... Diga nosso filho..
Falei,quase implorando.
-Vai diminuir o seu remorso?
Ele perguntou e eu encostei numa das paredes do quarto.
-Não.. Nada vai diminuir,mas ele tambem é meu filho, independente de tudo que eu fiz...
Falei sério.
-Tudo que você fez...
Ele comentou parecendo se lembrar.
-Não precisa me lembrar..
Falei e ele se levantou,parando em frente a mim com os braços cruzados.
-Eu me lembro,toda vez que te vejo...Porque você não pode se lembrar?
Perguntou e eu suspirei.
-Porque eu vivo pra lembrar daquilo.
Falei e desviei o olhar.
-É mesmo?
Sério... Eu vou ajoelhar e pedir perdão.
-Sim,Myeom.
Falei e olhei em seus olhos.
-Então.. Você se lembra de tudo que me disse?
Perguntou e eu acenti.
Ele suspirou e saiu do quarto.

CASA MONSTA X.

Pov Wonho.

Adivinha quem não encontrou uma tartaruga..?
Isso...eu mesmo.
Estava voltando para casa,pensando em uma historia bonitinha para contar para Won.
Seila,que a droga da tartaruga tinha ido visitar o nemo..ou o avô do nemo...ou não sei..que ela dormiria eternamente.
Eu abri a porta e encontrei Shownu no sofá com a filha, Minhyuk ao seu lado, Kihyun na cozinha e Jooheon dividindo sorvete com Shin.
-Achou?
O loiro perguntou e eu neguei tristemente.
-E agora?
Perguntou e eu dei de ombros.
-Hyungwon está com ele no quarto..ele estava tão tristinho..
Me disse e eu querua virar Deus e ressuscitar aquele bicho.
Eu andei até o quarto e abri a porta minimamente.
-Então... Eles mentilam pa mim..?
Ouvi o pequeno perguntar.
-Eles só mentiram para não te deixar triste...
Hyungwon respondeu.
-Mas..e a Boo..?
O outro perguntou.
-Bom,agora ela esta com outras tartaruguinhas..brincando de esconde-esconde...igual ao filme..
Hyungwon falou sorrindo e o pequeno sorriu minimamente.
-Não fique triste...
Hyungwon o abraçou e eu entrei.
-Papai...
Ele me chamou e eu me sentei na cama.
-A..Boo..não vai voltar..
Ele disse meio baixinho.
-Ela esta brincando...
Falei e ele continuou quietinho.
-Won!
Shin,entrou no quarto e o puxou pela mão.
-O que foi?
Eu os segui com Hyungwon no meu encalço,Jooheon estava sentado em frente a porta de vidro dos fundos,olhando escuro.
-O que foi?
Perguntei ,vendo Shin sentar ao lado do pai,com Won ao seu lado.
-Viu??
O pequeno Kyung perguntou eufórico, apontando para fora.
-O que?
Seung perguntou.
Eu todos ficamos olhando para o escuro,até que um brilhinho se acendeu e apagou rapidamente.
E as criaças comemoraram eufóricas,Jooheon levantou e foi provavelmente atrás de Kihyun.
Eu continuei olhando para as crianças, abraçado com Hyungwon.

Pov Shownu.

Era de madrugada, quando acordei,ainda no sofá.
Era normal as vezea,eu dormia,ninguem conseguia me acordar..e então de madrugada eu levantava e encontrava Minhyuk com o meu travesseiro.
Teria sido mais uma madrugada normal,se eu não ouvisse a maçaneta mexer e alguem reclamar, estava tudo escuro, mas ainda sim,dava para enxergar com a liz da lua.
A janela foi aberta,e a pessoa continuava resmungando.
-Trocam a fechadura,mas não trancam as janelas..
Resmungou e eu reconheci a voz...Chankyun.
Eu poderia me levantar e abrir a porta,mas assim que vi uma perna pssar pela janela,continuei calado,quero ver no que vai dar.
Uma perna,a outra...uma bunda..acho que ja posso me arrepender por ter ficado aqui...
E ai ele passou,quase caindo e puxou a mala,que nao passou pela abertura.
-Droga..o que eu faço..?
Se perguntou e olhou volta.
-Ahh meu Deus!
Ele se assustou comigo.
-Porque esta parado ai no escuro?
Perguntou recuperando o fôlego.
-Porque não entrou pela porta?
Eu perguntei.
-Porque trocaram as fechaduras?
Ele perguntou.
-Kihyun quebrou a chave dele,dentro da outra..
O respondi.
-E não me avisaram?
Perguntou ofendido.
-Você não avisou que estava voltando.
Rebati e ele ficou quieto.
-Me ajuda ..com a mala..?
Perguntou e eu sorri.
-Não..
Falei e ele fechou a cara.
-Porque não... Ela não passa pela janela e eu nao tenho a chave da porta.
Falou e eu suspirei.
-Ninguem mandou sumir por uma semana e aparecer de madrugada com a bunda na minha janela.
Rebati me levantando.
-Nossa,pai
(Noza,bai ;-;)
Ele falou triste.
E eu lhe joguei a chave da porta.
-Não faça tanto barulho...sabe que se acordar alguém.. Você morre..
Falei me virando.
-Espera,se você estava acordado,e me viu mexer na porta..porque não reagiu? E se fosse um ladrão?
Ele perguntou.
-Se fosse um ladrão, ele não tentaria entrar pela porta...e muito menos resmungaria.
Respondo e fui para o meu quarto.

CASA SEVENTEEN.
Pov Seungcheol

-Vovô Cheol!
Jun disse,me olhando descer as escadas.
-Não torra ,Wen.
Falei e fui para a cozinha,que cheirava a bolo.
Eu ja não sabia se estava em casa,ou em um daqueles seriados americanos,aonde a esposa cozinha toda hora.
Porque minhas "esposas", estão numa mania de viver na frente do forno,que meu Deus.
-Cheol!
Jeonghan me recebeu.
-Papai!
Yeon abraçou uma de minhas pernas.
-Sente dor ainda?
Joshua perguntou, entrando com uma sacola.
-Não..
Respondi me sentando em uma cadeira.
-Cade a Sook?
Perguntei.
-Está com Moon e Suzy..
Joshua respondeu.
Eles estavam a todo vapor ,confeitando..mais um pouco e eu tenho certeza que aquele bolo,não seria comido,de tão bonito.
-Vocês estão gostando mesmo de cozinhar..
Comentei e eles riram.

Pov Seungkwan.

Estava em na cozinha, provando do maravilhoso bolo da dupla dinâmica, quando a porta foi aberta ,eu peguei a faquinha que havia usado para cortar um pedaço,e andei devagar até a sala.
Era Seokmin com Lee Chan no colo,adormecido
-DK?
Perguntei e ele me olhou sorrindo.
-Kwan..que bom que esta aqui..pode me ajudar..?
Perguntou e eu acenti ainda um pouco confuso.
-Porque não avisaram que viriam?
Perguntei baixinho,subindo a escada atrás dele.
-Queriamos fazer surpresa..
Ele respondeu e deixou Dino na cama dele.
-Isso é glacê?
Perguntou me olhando e eu limpei o canto da boca.
-Hannie esta com espirito confeiteiro e Josh nao ficou atrás.
Eu comentei e ele riu.

CASA BTS.

Pov Jin.

Meu estômago, roncou e eu me levantei, não acendi nenhuma luz,era madrugada e todos dormiam,assim que cheguei perto da cozinha, ouvi um barulho,se fosse alguem da casa,as luzes estariam acesas.
Me aproximei silenciosamente,a pessoa estava de costas,eu notei pela silhueta,estava de frente para pia.
Eu peguei uma frigideira e me aproximei devagar,na ponta do pé.
Acertei em cheio e o desconhecido ,colocou as mãos na cabeça de abaixando,gemendo de dor.
Eu corri para acender a luz.
-Jimin?
Perguntei, notando ser o baixinho de cabelos laranja.
-É sou eu...meu Deus,porque me bateu?
Perguntou ainda com as mãos na cabeça aonde eu havia batido.
-Ai,Desculpa... Eu achei que fosse um ladrão..
Lamentei o ajudando a levantar e se sentar em uma das cadeiras.
-Lavando a louça?!
Ele perguntou e eu olhei para a pia..ele estava mesmo lavando a louça.
-O que esta acontecendo?
Namjoon perguntou da entrada da cozinha.
-Mamãe me bateu.
Ele reclamou,enquanto eu pegava gelo.
-Eu pensei que fosse um ladrão..
Falei novamente e Namjoon se aproximou de Jimin.
-Com o que?
Perguntou, olhando a cabeça dele.
-Com uma frigideira.
Eu respondi e passei a bolsa de gelo para Namjoon.
-Porque você estava lavando a louça no escuro?
Perguntei encabulado.
-Porque se eu deixasse, saberiam que eu estava aqui..e também, reclamariam
Ele respondeu, segurando a bolsa de gelo.
-Você some por uma semana e depois me aparece do nada na minha cozinha.
Lhe dei um tapa.
-Mãe!
Ele exclamou e eu o encarei.
-Ta..desculpa..mas não precisava me acertar com uma frigideira.
Falou e eu me senti culpado de novo.
-Se tivesse nos avisados,seria recebido com abraços.
Namjoon comentou e eu ri minimamente.

CASA GOT7

Pov Youngjae.

Eu acordei mais cedo que todos,e estava fazendo café, estava com sono ainda, então estava literalmente olhando para a cafeteria com cara de idiota e sem prestar atenção em volta.
-Oi Jae!
Ouvi uma voz que não ouvia a algum tempo e le assutei,por instindo taquei algo nele, eu nem vi o que era,mas ele desviou.
-Meu Deus...Youngjae!
Ele me advertiu.
-De onde você veio?
Perguntei tentando me recuperar do susto.
-O que esta...Jinyoung?
JB aparexeu correndo e parou na frente de Junior.
-Seu marido me tacou uma xícara...
Junior reclamou.
-O que aconteceu?
Ele perguntou olhando para mim.
-Essa criatura saiu do nada,ele sumiu sem dar noticias e agora aparece na minha cozinha.
Falei irritado.
-E precisa quebrar uma xicara,amor?
Ele perguntou.
-Esperava essa reação de Yug,não de você..
Junior comentou e eu revirei os olhos.
-O que tem eu?
Yug perguntou do corredor.
-Olha..Senhor Toc,esta vivo...
Ele provocou o outro.
JB recolhia os cacos de ceramica do chão, enquanto eu continuava com oa braços cruzados emburrado.
-Aish,vai ficar assim agora?
Jae perguntou para mim ,mas eu continuei calado.
-Porque esta mancando?
Júnior perguntou para a Yugyeom
-Eu torci o tornozelo,porque te incomoda eu mancar,Toc?
O provocou mais uma vez.
-Porque me chama de Toc? Eu não tenho Toc.
Junior reclamou.
-Você organiza as duas camisas por cores e se tirarmos um grão de poeira do seu quarto,você morre de tão incomodado.
BamBam respondeu pelo outro.
-É questão de ser organizado.
Jin respondeu e eu finalmente pude tomar o meu café.
-Melhor?
JB perguntou e eu acenti.

CASA EXO.

Pov Luhan.

-Cade o Xiumin?
Perguntei inquieto, todos ja haviam acordado,as crianças ja estavam brincando la fora com Jongin e Sehun e nada de Minseok.
Ele erano unico que tinha contato com Suho.
-Me empresta a sua xicara de café?
Chen pediu sonolento e eu estranhei o pedido.
-Ta quente né?  
Ele perguntou e eu acenti,lhe entrgando a xícara.
-Obrigado.
Agradeceu e andou ate o pé da escada,colocou a xicara em frente aos lábios e soprou o vapor.
Voltou a cozinha me entregou.
-3,2...1.
Contou entediado.
-Senti cheiro de café..cadê?
Minseok apareceu na porta da cozinha.
-Que magia foi essa?
Baek perguntou suspreso,bom todos ali na cozinha estavam.
-A do café.
Chen respondeu e Xiumin correu para a cafeteira.
-Suho te ligou?
Perguntei o vendo quase virar a sua caneca.
-Sim,disse que Chang esta bem e que voltara logo,logo.
Respondeu e voltou a sua caneca de café.
-E aonde você estava até agora,é sempre o primeiro a acordar...?
D.O perguntou.
-Dormindo.
Ele respondeu simples.
-E acordou porque o Chen soprou o café escada a cima?
Baek estava mesmo encabulado com aquilo,não que eu não estivesse.
-Por isso o cheiro estava tão forte..
Ele disse e sorriu para Chen.
-Qual é Baek,não fique tão suspreso,você sente o cheiro da discórdia e aparece do nada..
Chanyeol comentou e levou um tapa.
-Chegamos!
Suho anunciou com Chang no colo e ...Lay?

Pov Xiumin.
Eu amo café.. Meu terceiro amor.
Lay?
Eu quase cuspi o meu amado café com a cena.
Yixing acenou para nos,que o olhavamos confusos.
Eu fui atrás de Suho.
-O que aconteceu?
Perguntei o vendo,tirar a roupa de Chang.
-Ele teve uma reação alérgica.. Mas ja esta melhor..
Ele disse e eu continuei quieto.
-Ahh..e ele quer ficar com pai,então Yixing aproveitou para espera-lo.
Me deu a respostas que esperava.
-Eata um grude com ele,que não entendo.
Suho comentou e colocou o filho no banho.
-Myeom..
Eu o chamei pelo nome,calmamente e ele me olhou.
-La vem...
Falou e deixou Chang brincando na banheira.
-Eu..vi o jeito que você ficou aquele dia..o que o Lay te falou?
Perguntei e ele suspirou.
-Que vai me concertar..ele não aguenta mais viver com a a culpa.
Me respondeu meio cabisbaixo.
-Olha..eu sei o que ele fez,eu estava lá com você e o pequeno Chang,acompanhei o seu monento ruim,logo depois da separação.. E vi..que você o ama..e para Yixinhg Zhang dizer algo assim.. Ele também te ama..
Falei e ele se sentou na cama,passando as mãos nos cabelos.
-Chang esta crescendo, ele vai se perguntar porque não vive com o pai..
Comentei.
-Ele ja fez isso..
Ele disse.
-E você respondeu o que?
Perguntei me sentando ao seu lado.
-Que o papai estava de castigo.
Me respondeu com um riso triste.
-Lay,quer sair do castigo..vocês se amam,tem um filho juntos
Ele tentou me cortar.
-Eu sei o que aconteceu,mas pense bem..ele esta tentando se redimir..
Falei e ele olhou para o filho na banheira.
-Eu não sei o que fazer,um lado meu o perdoou,e o ama..a outra o odeia e ainda sente a dor do passado.
Ele falou choroso.
-Myeom,não viva no passado..deixe ele tentar..
Falei lhe abraçando.
-Eu..eu não sei.
E eu pude notar  seus olhos lagrimejarem.
Ouvimos batidas e a porta se abriu depois,revelando Yixing.
-Desculpe, é que..Eu vim,ver vocês... E Chen pediu..para..chamar o Xiumin..
Ele disse todo atrapalhado.
Eu olhei para Suho,e sorri para ele.
-Obrigado,Lay.
Agradeci e desci as escadas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...