História A Birth Of a Flower - Imagine Mark Tuan - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~Gigi_Silverio

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Got7, Mark Tuan
Visualizações 65
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


✿ Annyeonghaseyo (ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧ ✿

Desculpa pela demora para postar.
Espero que gostem do capítulo ʕ•ᴥ•ʔ.
Desculpem os erros .

Capítulo 9 - Capítulo IX


As últimas semanas se passaram bem de pressa para mim, a boa notícia é que as férias

finalmente haviam chegado, e eu finalmente poderia descansar em paz sem ninguém para

me encomodar. A família do Mark iria viajar para Cancún no México, e Yugyeom e a mãe vão para Tóquio.

Estava no meu quarto pensando quando escuto alguém bater na porta.

- Entra - Digo simples.

- S/N Minha mãe quer te ver na sala - Mark me responde entrando no quarto.

- O que ela quer ?

- Não sei - Ele disse vindo em minha direção - Acho que é sobre as férias.

- Hum...então vamos? - Perguntei seguindo em direção do corredor

- Vamos.

Estranhamente meu convívio com o Mark havia melhorado muito nessas últimas semanas, ele está sendo bem prestativo e quer me ajudar em tudo, até no Colégio ele começou a ser legal comigo. Mais eu realmente não sei se eu gosto disso.

Chego a sala me deparo com a mãe, o irmão, as irmãs e o Pai de Mark.

- SN querida você planejou algo para suas férias? - Sra.Tuan me pergunta, indo direto ao ponto.

- Ainda não senhora - respondo entusiasmada.

- Ótimo, então você poderia tomar conta da casa enquanto nos viajamos ? - Ela me pergunta.

- Claro senhora, eu irei cuidar muito bem!

- Ah não tenho dúvidas - Ela força uma risadinha - Aproveite bem sua compania.

- O que ? - Pergunto sem entender - Que compania ?

- Bom Mark não irá nesta viajem.

- O que? - Foi a vez dele de se espantar - Como assim ?

- Bem você ficou em recuperação em matemática e história, nada mais justo do que ficar em casa estudando - Sr.Tuan responde sério.

- Ah pai por favor - Mark diz em um tom fofo - Por favor, deixa eu ir...

- Nada disso Mark, já me decidi e ponto. Sairemos daqui uma horas, então é bom vocês se apressarem - Sr.Tuan fala nervoso.

- SN, Tome conta do meu video game por favor ? - Joe me pergunta - Não deixe que Mark toque nele.

- Tudo bem, eu farei Joe.

- Ah, muito obrigado você é mesmo de mais S/N ! - Ele diz sorrindo.

- É então o jeito vai ser aturar você por longas duas semanas - Mark diz se sentando no sofá.

- É...Parece que Sim - Digo se sentando também.

Quando a família Tuan saiu, pude sentir o quão triste Mark estava.

- Não fiquei assim Mark, só será duas semanas.

- Você não me entenderia SN, não sabe o quanto eu estava animado.

- Relaxa, você pode se diverti por aqui também, ir para algum lugar, beber, pegara lgumas garotas e...

- É só isso que você pensa sobre mim ? - Ele diz sério.

- Não Mark eu só...

- S/N, eu posso ter ficado com muitas meninas, mais eu não sou esse tipo de pessoa que

fica atrás de todas toda hora - Ele diz vindo em minha direção.

- Me desculpa Mark, mais é o que parece - Digo me aproximando também.

- Claro é só isso, todos me conhecem por isso não é mesmo, "Por pegar todas as minas" - Ele diz.

- Mark, se não é isso então por que ? Por que ficar com tantas garotas assim ?

- Quando eu gosto de alguém S/N eu sou capaz de fazer qualquer coisa por ela, eu só não encontrei uma pessoa especial ainda.

- Então você fica com as meninas só para saber qual é especial ?

- Mais ou menos, eu só não a encontrei ainda - Ele diz parando na minha frente.

- Você vai encontrar alguém algum dia Mark, eu só não acho que seja certo o que você faz.

- Eu realmente estou disposto a mudar S/N, eu quero ser alguém melhor do que eu sou, só que para isso eu preciso da sua ajuda.

- Então você quer que...que...que EU te ajude?

- S/N existe alguém melhor do que você para isso ?

- Tudo bem Mark eu vou te ajudar - Digo rindo - mais por onde começo ?

- Você pode me ajudar a estudar para a minha recuperação? - Diz Mark

- Está bem, eu te ajudo.

- Vamos para o meu quarto - ele diz da escada

- SÉRIO ? Vai mesmo me deixar entrar ? Você nunca faz isso! - Digo surpresa.

- Só se você se comportar - Ele diz já no andar de cima

- Ei me espera - Digo correndo.

O quarto de Mark era de dar inveja, ele tinha muitas coisas de luxos.

- S/N, me espere aqui que eu vou buscar meus livros, tudo bem ? - Ele diz sorrindo

- Tudo bem.

Depois que Mark saiu, comecei a observar melhor seu quarto e percebi que ele era muito vaidoso, seu cheiro se espalhava por todo o ambiente, e me deixava hipnotizada, me sentei na cama e fechei meus olhos me deixando levar pelo momento. Não dava para negar que Mark mexia comigo, ele era o garoto perfeito, era gentil, doce, e estava disposto a mudar, talvez ele...

- Não S/N, PARA - Digo voltando a realidade.

- O que foi ? - Mark me pergunta ao entrar no quarto.

- Nada de mais. E aí o que vamos estudar ?

[...]

Estavamos terminando de estudar quando começo a sentir um olhar sobre mim, viro para o lado e vejo Mark me encarando com um olhar diferente.

- Ta tudo bem? - Pergunto com um ar de duvida

Ele não responde e começa a se aproximar aos poucos de mim. Estranho a ação repentina e vou me afastando ate me encostar no batente da cama. Mark com um movimento rapido fica no meio das minhas pernas e segura meus braços.

- Me larga - Digo me debatendo

- Fica quieta - Diz ao ponta pé do meu ouvido

Me arrepio com as palavras do agora recem castanho.Volto a encarar o mesmo e vejo um brilho no olhar da pessoa a minha frente.

- Você não sabe como me deixa louco! - Diz distribuindo beijos pelo meu pescoço.

Começo a arfar com o toque dele em meu corpo, ele se aproxima dos meus lábios e inicia um beijo calmo, coloco minhas mãos em sua nuca, como uma forma de tentar aprofundar o beijo.

Sua mão desceu até minha barriga e com um gesto bruto Mark tirou minha blusa, voltando a beijar meu pescoço em seguida

- Ma...Mark - digo com dificuldade - Seu desgraçado!

- Eu sou, mas você gosta - diz rindo sarcástico.

Em um momento de impuso tirei sua camiseta e a joguei num lugar qualquer do quarto. Começei a distribuir beijos em seu abdômen, quando escuto um ruído vindo do andar de baixo. Distingui ser o som da capainha.

- PoRRA! - Mark diz indignado

Ele se levanta e vai até o canto do quarto pegar sua camiseta.

- Deixa que eu vou ver quem é - digo colocando minha roupa e saindo do quarto deixando Mark para trás.

desço até o andar de baixo ainda perplexa com o que havia acontecido, desnortiada abro a porta e me deparo com alguém que não desejava ver ali de novo.

- O que faz aqui ? - digo com os olhos arregalados.

- ??? - Eu pergunto o mesmo.


Notas Finais


S/N mostrando seu lado Pervertido ? ( ͡° ͜ʖ ͡°)
Mark interessado na S/N ?
Quem é a pessoa que atrapalhou o casal ?


Até o próximo capítulo 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...