História A Call - I am lesbian - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Homofobia, Lauren Jauregui
Exibições 121
Palavras 349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Policial, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente desculpa a demora, estava sem celu e sem PC, mas agora comprei um novo celu e estou de volta. 😘
Agora vamos ler logo, porquê a partir desse capítulo vou começar a tocar no assunto da homofobia. 💞💞

Capítulo 2 - Eu só quero sair daqui


Fanfic / Fanfiction A Call - I am lesbian - Capítulo 2 - Eu só quero sair daqui

Lauren:

Camila e eu havíamos acabado de chegar na pizzaria. Sentamos na mesa mais próxima da televisão, pois passará o filme favorito de Camila "A culpa é das estrelas".


-Ai! To morrendo de fome.-Fala Camz sentando-se na mesa.

-Também estou...-Digo e logo o garçom chega.

-Calabresa, estrogonofe ou 4 queijos?-Fala o mesmo com a bandeja na mão.

-Calabresa! Adoro.-Pedi Camila.

-Nossa mozin, to me sentindo um lixo. Esse tempo todo achava que você gostava de mexerica.-Faço uma piada

-Cala a boca Lauren.-Ela solta uma risada, em seguida me da um selinho.

-Vocês são lésbicas?! Peço que saia imediatamente, aberrações igual à vocês não deveria estar aqui!-Grita o garçom.

Quem ele pensa que é para falar assim comigo? Querido, eu não sou qualquer uma não, eu sou Lauren Jauregui, e não vou deixar queto não!


-Perdão... Mas esse lugar é público, e você nem é o dono daqui, eu não vou me retirar.-Digo olhando profundamente em seus olhos, provocando o mesmo.

-Tem certeza?-Ele fala com um olhar de psicopata, levantando a toalha, fazendo com que tudo caísse na gente.

-Lauren...!-Diz Camila levantando com a roupa toda suja, deixando uma lágrima cair, ela nem imagina que isso é só o começo nesse mundo de homofóbicos.


A SEU FILHO DA PUTA! Você não fez isso!. Não pensei em mais nada além de socar a cara dele.

 Imediatamente levanto e dou um soco na cara dele, pego ele pela gravata e digo:

-Você não sabe com quem ta se metendo...

-Lauren! Para por favor!-Fala Camila com os olhinhos cheios de lágrimas.


Quando Camila fala aquilo, eu imediatamente olho para ela, dando tempo do garçom sair e pegar a bandeja e bater em minha cabeça com a mesma...



                         [ . . . ]



Acordo e dou de cara com a luz forte do hospital, olho para o lado e vejo Camila dormindo na cadeira.


-Camila! Camila! Camila...!-Chamo ainda meio grogue.


Camila:

Acordo com Lauren me chamando, levanto e vou até a mesma.


-Lolo que bom que você acordou, eu estava preocupada.

-Por que estou aqui?-Ela diz colocando a mão na cabeça, e dando um leve gemido de dor.

-Aquele cara bateu em você com a bandeja, dai você caiu e bateu a cabeça.-Explico.

-Ta...Ta...Eu só quero sair daqui...


Notas Finais


Enton, o que acharam? Espero que tenham gostado, desculpem pelos erros de ortografia, eu não sou muito boa na escrita kkk, e até o próximo capítulo. 😘😘💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...