História A Camponesa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bastian Schweinsteiger, Chris Hemsworth, Cristiano Ronaldo, David Luiz, Elle Fanning, Erik Durm, Joshua Kimmich, Julian Draxler, Lukas Podolski, Lukasz Piszczek, Manuel Neuer, Marco Reus, Mario Gómez, Mario Götze, Mats Hummels, Mesut Özil, Neymar, Sami Khedira, Toni Kroos
Personagens Bastian Schweinsteiger, Chris Hemsworth, Cristiano Ronaldo, David Luiz, Elle Fanning, Erik Durm, Joshua Kimmich, Julian Draxler, Lukas Podolski, Lukasz Piszczek, Manuel Neuer, Marco Reus, Mario Gómez, Mario Götze, Mats Hummels, Mesut Özil, Neymar, Olivier Giroud, Personagens Originais, Sami Khedira, Toni Kroos
Tags Alemanha, Bayern, Borussia, Cristiano Ronaldo, Futebol!, Jogadores, Manuel Neuer, Marco Reus, Mario Gotze, Mats Hummels, Mesut Özil, Romance, Seleção Alemã
Visualizações 106
Palavras 1.325
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"ATTW no primeiro capítulo tem as informações dos personagens"

Capítulo 3 - Deutschland


Fanfic / Fanfiction A Camponesa - Capítulo 3 - Deutschland

 

 

_ Ei Mats, pode buscar mais lenha ? “ Thomas chegou com algumas madeiras” As deixei no celeiro, a Louise está la, mande ela entrar.

 

_ A Louise ? “ olhei para ele” Vou la.

 

 

...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mats saiu para o celeiro, encontrou a jovem garota, conversando com um dos cavalos.

 

 

(Louise)_ O que foi garotão? “alisava o rosto do cavalo” Você ainda está com dor? Acho melhor trazer o veterinário amanhã. Mas você tem que me ajudar, tem que querer melhorar. “Sua feição agora era de tristeza, ela estava triste por causa de um estúpido cavalo?”

 

(Mats)_ Conversando com cavalos ? “disse a fazendo pular de susto”

 

 

(Louise)_ Ah... Hummels. Que susto, achei que era o Thomas. “Ela colocou uma mecha do cabelo atrás da orelha” Vem cá “entrelaçou sua pequena mão na minha e me colocou ao lado do cavalo” Monsieur Henry este é Mats Hummels... Mats Hummels este é o Monsieur Henry. “ E apontou para o cavalo, eu ri, não sei se pelo nome, ou por causa do cavalo que se curvou”

 

 

(Mats)_ Como ele fez isso ?

 

(Louise)_ Ele é educado, um verdadeiro cortês.

 

(Mats) _ Ele me parece um cavalo.

 

(Louise)_ Você é só um jogador ? “Ela ergueu sua sobrancelha escura” Pra você futebol é só futebol? “e revirou os olhos”

 

(Mats)_ Não.

 

(Louise)_ Então grandão. Ele não é só um cavalo. Aliás o que vieram fazer aqui, Thom disse que vocês jogadores não gostam muito dessas coisas “Ela deu a volta no celeiro indo amarrar os outros cavalos”

 

(Mats)_ Decidimos mudar os planos, bem... seu irmão mandou eu te chamar.

 

(Louise)_ Ah sim ... Vamos, já vai escurecer e as raposas vão aparecer.

 

(Mats)_ Raposas ? Não cansa de ficar nesse lugar ? “veio para o meu lado enquanto ofereci o braço, que aceitou e andamos pelo campo a caminho da casa.”

 

(Louise)_ Eu gosto daqui, a única coisa ruim é que o Thomas demora para vir,quando nossos pais ainda moravam aqui era menos solitário... mas ai o Thom comprou alguns cavalos e ficou menos deserto. E você não se cansa de la ?

 

(Mats)_ As vezes... “essa pergunta realmente me tocou, há tempos ninguém tinha perguntado a mim como me sentia” Ficar cercado de muitas pessoas, pode ser bastante solitário também.

 

(Louise)_ Por isso gosto dos animais. Eles são bastantes leais, nunca irão te magoar ou fazer algo por maldade. “ela virou o rosto e sorriu, largou meu braço e entrou pela casa, me deixando estático na porta... eu sou um tremendo filho da puta mesmo”

 

...

 

(Reus)_ Demorou ein garanhão estava montando em uma potranca ? “O loiro piscou o olho para mim, sorrindo com malicia”

 

(Thomas)_ E desde quando o Mats sabe cavalgar ?

 

(Neuer) _ Desde que o Reus se lesiona não é Reus? Quebrar uma perna... um braço... leva falta forte, porque não sabe controlar a língua “Manuel pisou no pé dele”

 

(Reus)_ Ai !!! Eu estou quieto. E essa sopa ou sei lá o que vai sair ou não? A loirinha e o coisa feia já chegaram ai, eu estou com fome, ein Thomas ?

 

(Thomas) Vai lavar essas patinhas ai, e pode vir para mesa comer. Isso vale para todos vocês.

...

 

(Thomas)_ Bom... é melhor irmos dormir, amanhã cedo começam os os preparativos para a festa hum?

 

(Mats)_ Que festa ?

 

(Thomas)_A festa de inverno, aliás amanhã cedo vamos a cidade vizinha, comprar um vestido para você, seria bom participar do concurso esse ano não é Lou? “O irmão sorriu e a abraçou

 

(Louise)_ Ah não Thomas, de novo isso não.

 

(Manuel)_ Concurso de que ?

 

(Louise)_ Miss Deutschland... eu já disse para parar com isso.

 

(Reus)_ Mas por que não? Eu acho uma ótima ideia, o Mats inclusive entende tudo de moda, poderia levar ela em uma dessas lojas de vestidos, não é Mats ?

 

(Thomas) _ Ela adoraria. Agora vamos dormir a tempestade está chegando, Lou o grandão ai vai ficar contigo, Reus dorme comigo e o Mats pode ficar no quarto que está pronto.

 

 

...

 

 

 

(Louise)_ Ei Neuer, pode dormir aqui na cama comigo, ela é grande... ou eu durmo ai no chão. Não vai dar certo você ai nesse colchão pequenino. “A loira com a camisa grande do irmão e uma calça moletom lilás riu baixo”

 

(Manuel)_ Não acho que seja muito... adequado. Não se preocupe, as camas do CT são bem menores que isso aqui. Boa noite Lou.

 

“o loiro passou um tempo se revirando no colchão posto na fria madeira, puxava o cobertor grosso tentando livrar-se do frio, enquanto a garota tremia de susto com os trovões que estremessiam a casa.

 

(Manuel)_ Não consegue dormir ?

 

(Louise)_ Não gosto de trovões... más lembranças.

 

“Manuel levantou-se do chão e sem dizer nada se acomodou ao lado da garota passando seus longos e definidos braços ao redor dela o goleiro suspirou ao sentir que o cheiro das rosas ainda estavam empreguinados nos cabelos de Louise, que aproveitou a deixa para se encaixar no corpo do atleta, descansando sua cabeça no peito dele,eles adormeceram sem falar mais palavra alguma”

 

 

 

 

...

 

Amanheceu, e os raios de sol entraram na casa pelas janelas entreabertas, o canto dos pássaros ecoavam pelas montanhas cobertas por finas camadas de gelo que se formavam com o começo da mudança das estações. Thomas cozinhava alguns ovos e preparava uma geleia de morangos no fogo enquanto Marco falava sem parar sobre a ex namorada, Mats corria pelo campo, sem camisa e com uma calça cinza de moletom, ouvia um Rock antigo enquanto a brisa gélida soprava seu rosto. Manuel ainda estava dormindo na cama e Louise tomava banho na suíte do quarto. Manu levantou e ainda de olhos fechados abriu a porta do banheiro.

 

(Louise) _ Thom acabou o shampoo. “A garota disse com o corpo cheio de espuma, sem olhar para a porta”

 

(Manuel) _ Ai Deus... “ o goleiro tampou os olhos com suas enormes mãos” eu... e eu esqueci... vou sair

 

 

...

 

 

Mats chegou da corrida e se sentou junto a Thomas e Reus, enquanto Manuel chegava com o rosto vermelho.

 

 

(Reus)_ Que carinha é essa ? “Marco falou debochado”

 

(Mats) _ É, que cara é essa Manu? “O moreno perguntou levemente irritado, aquela aposta era dele não era? Esperai como ele sabia que aquilo era sobre a garota? Talvez pelas maçãs e o nariz rosado do amigo goleiro que sempre ficava assim quando acontecia algo vergonhoso”

 

(Thomas) _ Aconteceu alguma coisa e eu estou por fora? “ o anfitrião estranhou aquelas meias palavras com duplos sentidos, que era acostumado a ouvir no vestiário”

 

(Manuel)_ Ehh... o shampoo acabou, eu acordei e vi sua irmã nua e nós dormimos juntos, não necessariamente nessa ordem.

 

 

(Thomas)_ ... Eu deveria te dar um soco ou algo assim agora não é ? “Thomas coçou a cabeça enquanto tentava assimilar as coisas”

 

 

(Manuel) _ Sim... “se abaixou da altura do amigo e fechou os olhos a espera de uma pancada”

 

 

(Reus)_ Vaiiiiiii , bate logo!

 

(Thomas)_ Vamos tomar café e ir para a cidade hum?

 

(Reus)_ Mas primeiro você vai bater no Manu não é? Se não quiser o Mats faz por você.

 

(Thomas)_ Não, Marco. Vocês estão muito estranhos, aliás desde que chegaram. Principalmente você Mats.

 

(Mats)_ Ah Thomas o Manu diz que dormiu com sua irmã e viu ela nua e eu sou o estranho?

 

(Thomas)_ Ta, faz sentido...

 

 

(Reus)_ Sim. Mas vamos ao que importa não é? Quem vai dar o soco em quem ?

 

(Mats) _ Que tal eu te dar um soco agora Marcinho? “O moreno já sem paciência e irritado com as declarações de Manuel, se afastou da porta e foi em direção ao atacante”

 

 

(Manuel)_ Eiii, qual teu problema Mats? “Manuel interrompeu o caminhar de Mats ficando a sua frente”

 

(Mats)_ Meu problema é quando se intrometer aonde não devem. “encarou o amigo”

 

(Thomas)_ Quem está intrometido em que pelo amor de Deus?

 

 

 

 

 

 

 

(Reus)_ Eu quero é tomar café.

 

 


Notas Finais


Meu app ta estragado e postar pelo notebook está difícil demais pq não é meu :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...