História A Canção dos Fogos de Inverno (Interativa) - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags As Crônicas De Gelo, Castelos, Colegial, Dragões, Fantasia, Fogo, Guerra, Guerra De Magia, Interativa, Magia, Misticismo, Morte, Originais
Exibições 13
Palavras 472
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse capítulo saiu bem mais curto que o original, pois cortei várias falas, já que não me lembrei. Sério, ainda estou com raiva do que aconteceu.

Capítulo 21 - Caminhada dos Mortos


AGORA, 1716 depois do Dragão

A chuva havia, finalmente, chegado ao fim, e agora a tropa poderia finalmente avançar.

- Sabe se ele tem algum local favorito para ficar, Jason? - perguntou Rhaegus. - Soube que ele não ficava muito no Castelo, antes mesmo de enlouquecer.

- Infelizmente, não que eu saiba - ele respondeu, sem expressão. - Gostava muito de ficar no monte Gim, mas aconteceu aquilo...

O Castelo sempre foi um local que acolhia todos que buscassem ajuda. De humanos à magos, todos sempre iam para tentar aprender a controlar feras, melhorar a magia e sair em aventuras com uma equipe. Era o local mais seguro de toda Gwora, e agora estava acontecendo aquilo. Um dragão enlouqueceu, um foi morto, não restou magia nem mesmo nas sacerdotisas da região e ainda queriam, agora, que fizessem uma expedição à procura de uma fera louca e selvagem.

Se o diretor Gregor ainda estivesse ali, talvez isso não tivesse acontecido. Ascarion e Elijah teriam sido ambos sacrificados e ninguém precisaria ir atrás de porcaria nenhuma. Imbecis, pensou Rhaegus, e socou a parede de pedra. Não sentiu dor. Era magricela, mas sua família, os Sangue de Dragão, sempre tiveram uma resistência à impactos. Era um tanto baixo, um garoto, na verdade, mesmo com os seus dezenove anos. Ganhara do pai a juventude na aparência, e herdou os cabelos ruivos feito fogo da mãe. Parecia um vampiro de tão pálido que era, e odiava o sol tão quanto um de verdade.

- Todos os homens estão aqui? - perguntou à Iris, que estava contando os soldados alguns instantes antes.

- Nem todos. Até agora, não contei o Francis, muito menos o seu irmão, Barak.

Merda, pensou. Ele falaria isso em voz alta, se não estivesse constrangido demais pelo corpo de Iris. A fada era incrivelmente bonita, com cabelos longos e de vários tons diferentes, como se um arco-íris fosse irromper de sua raiz a qualquer momento. Tinha um corpo de mulher, mas parecia tão jovem quanto ele, e nem ao menos escondia sua sexualidade. Embora os cabelos sempre cobrissem os seus seios, seu órgão feminino ainda ficava a mostra, o que sempre levava Rhaegus a ficar com uma ereção.

- Rhagus?! - ela perguntou, chamando sua atenção. - Devemos procurá-lo? Eu e o Jason podemos...

Não, pode deixar que vou por vocês. Eles possivelmente devem estar na biblioteca, ou, quem sabe, na aldeia, com a companhia de uma puta ou duas. Vou procurá-los.

Já na biblioteca, encontrou os dois rapazes bebendo vinho enquanto liam um livro surrado, de couro. Eram tão inteligentes quanto tarados, com os hormônios à flor da pele. Rhaegus não os culpava. Não era muito diferente com os seus quinze anos. Ele os chamou e aproveitou a companhia dos dois, conversando enquanto faziam o caminho oposto até o resto da tropa.


Notas Finais


Espero que não me matem por esse triângulo amoroso aqui, mas a fic precisava muito de um toque de ciúmes. E ciúmes numa fanfic minha é quase tão emocionante quanto uma rivalidade. E então, quem vocês acham que ganhará o coração da Iris?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...