História A carta - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Lu Han, Sehun
Tags Exo, Hunhan, Luhan, Sehun
Exibições 7
Palavras 394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii!
Voltei depois de muuuuito tempo, me desculpe por ter demorado, mas eu estava sem criatividade e eu estva em época de prova, ou seja, os professores mandavam tarefas quilométricas para fazer ;-; .

Mas como vocês viram esse cap é a parte 1, daqui alguns dias irei postar a parte 2. Mas não se preocupam, eu já estou terminando de escrever a parte 2.


Boa leitura!

Capítulo 2 - Coração partido\ pt-1


Fanfic / Fanfiction A carta - Capítulo 2 - Coração partido\ pt-1

A dor que senti foi tão grande, que chorei por dias, não comia mais, não saia de casa, não falava com mais ninguém. Só chorava e gritava chamando pelo meu Hannie. Até que não aguentei mais, levantei da cama( Que eu estava sem semanas sem levantar), cambaleo até o banheiro, levando comigo a carta, abro a gaveta que tinha um estilete, leio a carta pela última vez e falo:

-Me desculpa Luhan, mas não vou aguentar viver sem você. Adeus!

Peguei o estilete e comecei a cortar os meus pulsos, até a minha visão ficar embaçada, consequentemente, turva. Mas, logo no meu último suspiro de vida ouço alguém me chamar.

POV'S KAI

Estou começando a ficar preocupado com Sehun, ele não atende as minhas ligações, não responde as minha mensagens, tentei falar com o Luhan, mas ele não me responde. Depois de várias semanas tentando saber sobre o Sehun, decido ir a casa dele.

Saio de casa e pego um táxi, pois meu carro estava sem Adelina. No caminho, observo os pequenos flocos de neve que caiam. Eu adoro o inverno!

[...]

Paguei o táxi e me virei para a casa de Sehun. Vou até a varanda e começo a procurar a chave reserva, que Sehun sempre escondia, pois sempre perdia a chave dele. Depois de um tempo procurando, eu a encontro debaixo de uma pedra. Vou até a porta, abro ela e veio tudo escuro, demora um tempo para eu me acostumar com a escuridão, vou na direção das escadas correndo, subo-as, entro no quarto do Sehun e ele não está lá, mas veio a porta do banheiro e vou até lá. Quando entro vejo a pior visão do mundo! Sehun estava jogado no chão, com os pulsos cheios de sangue, sua pele estava pálida, vendo seu rosto parecia que não dormia há dias. Grito seu nome, já com lágrimas escorrendo pelo o rosto, e corro até ele, pego o meu celular e ligo para a ambulância. Enquanto a ambulância não chegava, pego o Kit de emergência e começo a cuidar dos ferimentos, porém, percebo que ele continha uma carta em suas mãos, pego-a e a guardo no meu bolso.

A ambulância chega e eu acompanho Sehun até o hospital.

POV'S SEHUN

Minha cabeça estava doendo muito, tentava me lembrar do que tinha acontecido, e então, tudo veio à tona. Abro meus olhos


Notas Finais


Me desculpe pelos os erros ortográficos. Prometo que não irei demorar a postar a próxima parte.

Bjs😘😘
E tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...