História A casa - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Exibições 6
Palavras 231
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Sobrenatural

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 4 - A caçada


Depois de serem enganados a família Campos percebeu que os espíritos da casa ficaram mais bravos porque se sentiram ofendidos quando os outros acharam que tinham o derrotado tão facilmente percebendo isso Ana ficou muito assustada e um dia a noite já se sentia mais forte depois do tratamento então foi na cozinha sozinha chegando lá ela viu ela a mesma sombra que sua mãe viu mas não aceitou ficou quieta e tentou se defender sozinha mas o que ela não sabia era que aquele espírito era a única coisa boa naquela casa e as bonecas possuídas eram espíritos aprisionados de crianças que as bruxas sequestearam.

Quando amanheceu Ana falou que poderiam falar com as bonecas e elas o ajudariam então elas conversaram e as bonecas contaram que os espíritos das bruxas eram fortes e tnha um casal demonologista o casal Wayne eles eram muito preocupados esse eles não conseguiram ninguém conseguiria eles trabalham para a igreja ou seja seus serviços são de graça mas antes de conseguirem fazer contato com a igreja a polícia chegou procurando Juliana eles conseguiram correr a tempo eles foram para uma cabana antiga da família mas o espírito da bruxa dentro de Juliana não gostou da ideia e Juliana ficou perdeu a batalha para a bruxa perdendo sua humanida.

O que vai acontecer eles estão isolados numa cabana Juliana possuída sem ajuda eles terão que se virar



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...