História A casa dos signos! - Capítulo 132


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Signos
Visualizações 82
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Opa! Cheguei!
Boa leitura! <3

Capítulo 132 - A Revolta (parte 2)



Ariana:  Mas o que se está a passar aqui?! 

Capricórniana:  A revolta.. 

Aquariana:  Isto iria chegar a qualquer momento.. 

Virginiana:  Temos que lutar se quisermos viver 

Canceriana: Mas como eles ousam... - ela se irrita e as suas asas de água mudam para asas de fogo 

Pisciano: Calma câncer *abraça ela*

A Canceriana suspira e volta a água. 

Canceriana:  Gente.. Se é pra lutar mais vale ser agora ou nunca.. Nós vamos ter que passar por eles de qualquer dás maneiras

Libriana:  Concordo,  nós temos que atacar! Mesmo que tivessem o a ideia de fugir não iriamos conseguir fazê-lo sem lutar

Geminiano:  Concordo.. Se eles também estão pouco se fudendo pra nós,  nós deveriam o atacar

Escorpiana:  Como eles ousam fazer isto connosco? Sempre fomos bons com eles! Sempre fomos amigos independentemente da raça! 

Escorpiano:  Eles irão pagar! 

Ariana:  Eu nem acredito que isto está mesmo a acontecer.. 

Aquariana: Então é isso! Lutaremos com todas as nossas forças! 

Todos: É! 

Todos começaram a sair dali. 

A canceriana começou a criar armas de água e começou a atacar. 

A aquariana começou a afastar todas as balas que tentavam lhe acertar e retirava o ar de todos sufocando-os. 

O escorpiano fez com que o seu corpo ficasse duro como aço e começou a esmurrar toda a gente (ele também pode passar por entre as paredes) 

A Ariana queimava todos interiormente e exteriormente. 

O Geminiano fazia vários colonos de si mesmo atacando vários homens em poucos segundos

A Virginiana fazia crescer espinhos de rosas e atirava os mesmo contra todos (Nota: A virginiana tem os poderes da natureza/plantas) 

A Libriana atirava várias flechas de energia (eletricidade) em vários sentidos ao mesmo tempo 

O pisciano transformou-se num guerreiro humano (transformou-se no inimigo) e começou a estragar armas carrinhas e a matar alguns homens

A escorpiana fez crescer asas de demónio negras e começou a fazer crescer vários espinhos no chão esperando algumas pessoas (a escorpiana tem uma lança) 

A capricorniana congelava todos o que se metiam na sua frente (ela tem uma espada de gelo maciço) 

(Cebola: Pronto era só pra saberem os poderes de cada um ao mesmo tempo) 

(Ariana on) 

Eu estava a queimar as pessoas vivas até que a estrada fica sem ninguém vivo.. Olho para o lado e me deparo com a casa dos signos um pouco desfeita por causa desta guerra. 

Entrei lá e deitei-me no chão da sala a olhar o teto. 

Deixei escorrer uma lágrima. 

Lembrei-me de todos os momentos aqui passados. 

Levantei-me e ouvi a porta se abrir. Olhei e vi o Sagitariano. 

Ele olhou-me e dor riu-me. 

Sagitário: Oi Ariana

Ariana:  ... S-Sagi..? 

Ele dor riu-me e sentou-se no sofá bem na minha frente. 

Ariana:  T-Tu.. Não tens medo? 

Ele olhou-me normalmente com um pequeno sorriso. 

Sagitário:  Não.. - ele fechou os olhos e inspirou fundo olhando-me novamente - Ariana.. Eu já sabia... Disso - Ele apontou para as minhas asas de demónio

Fiquei espantada a olhar pra ele

Ficámos a observar-nos ambos acabamos por nos beijar e olha é-nos novamente.. Até que ele começa a tossir e eu me afasto um pouquinho,  vi que ele começou a cuspir sangue e começou a derramar bastante sangue da sua coxa. 

Ele caiu no chão,  lágrimas escorrer pelo meu rosto. 

Ariana:  S-Sagi.. 

Ajoelhei-me na sua frente e abracei-o. 

Ele colocou as suas mãos nos meus ombros e olhou-me ainda sorrindo mas já muito fraco. 

Sagitário:  Áries.. Eu.. Te amo.. - ele tentou me beijar mas eu comecei a sentir o seu corpo cada vez mais e mais pesado.. 

Ele acabou por cair no meu colo.. A sua respiração era cada vez mais lenta.. 

Só caiam lágrimas e lágrimas dos meus olhos

Ariana: Sagitário.. Sagi..! SAGI! 

Eu abracei-o con força. 

Ariana:  Por favor não me deixes! Não! Não! Não! 

Fiquei ali a chorar sozinha com o corpo do Sagi nas mãos. 

Senti uma mão pousar no meu ombro,  olhei e vi a Cebola com um manto negro. 

Cebola:  Eu trato dele agora.. 

Ariana:  C-Cebola.. Eu.. Te odeio.. 

Ela olhou-me como se já esperasse esta resposta. 

Ariana:  Eu te odeio,  por tua causa.. Por tua culpa.. O Sagitário morreu.. 

Eu lhe dei um murro na cara e ela cambaleou para trás sem dizer nada. 

Ariana:  Eu te odeio! Te odeio! - lhe dei outro murro -Te odeio!  - mais um murro -Te odeio!  - e outro - E outro.. 

Ela estava agora no chão a deitar sangue. 

Ela levantou-se e eu lhe dei outro murro fazer ela ir contra a parede. 

Ela ficou a olha-me sem expressão nenhuma. 

Eu avancei para lhe dar outro murro mas ela avançou também se desviando do murro e me abraçando forte mente. 

Ariana:  Porquê? - eu disse com a voz fraca e trémula

Cebola:  Ele irá ficar em bias mãos.. Acredita em mim.. Nem tudo é o que parece.. 

Ariana:  Como assim nem tudo é o que parece? Ele está ali morto no chão! Pensava que cuidavas de nós! Tu.. 

Cebola:  Baixa-te! 

Ela colocou a mão na minha cabeça me fazendo cair no chão. 

Ouvi um barulho enorme que parecia ser de uma explosão. 

Abri os olhos e vi a casa toda a arder. 

Olhei em frente e vi a Cebola transformar o sagitário em pequenas luzes e colocá-las todas num potinho. 

Ela veio ao pé de mim e bagunçou o meu cabelo baixando -se ficando à minha altura sorrindo. 

Do nada ela salta e vai saltando pelos pedaços da casa que não estavam em chamas desaparecendo no meio das mesmas. 












Notas Finais


#CadêOSam?
Até ao próximo capitulo! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...