História A casa sem janelas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 17
Palavras 268
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - A casa sem janelas


Fanfic / Fanfiction A casa sem janelas - Capítulo 1 - A casa sem janelas

          Uma mesa, um pai, uma mãe e uma filha, juntos à uma vela central, e ao redor de suas nucas, uma escuridão seguida de um silêncio assustador, todavia nenhum dos 3 expressava reação, até que a filha parou de olhar para a vela e perguntou oque estavam fazendo, eles responderam que estavam vivendo. A garota confusa levanta e procura uma janela, mas não encontra, então diz ao pai para construirem uma janela na casa.

No dia seguinte ela procura uma janela e não acha, então pergunta ao pai por que não fez a janela, ele repondeu que havia feito, mas fechou-a logo após, a filha intrigada levanta da mesa e procura algo para se divertir, o pai impede a filha a puxando para seu lugar.

Ao anoitecer, a filha levantou da cama e tentou procurar uma janela, na falsa impressão de que algo mudaria, então ela resolveu furar a parede, não deu certo, ela viu um pequeno reflexo da lua no chão e foi puxada pelo pai, e naquele dia ela apanhou.

Após 30 intermináveis dias tentando ver la fora, a filha decide matar os pais, e o faz. Após ver seus pais mortos no chão cheios de sangue como em seu belo vestido, ela sorri de forma psicopata e vai abrir a parede. Quando ela sai e ve os raios do sol a garota se encanta, nunca havia visto tamanha maravilha em sua vida, ela poderia viver la fora como todos faziam, porém foi impedida por seus erros em um passado próximo e voltou para dentro, colocou uma vela no centro da sala e começou a dormir em sua cama.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...