História A casa sem janelas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 10
Palavras 414
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - A fuga sem esperança


Fanfic / Fanfiction A casa sem janelas - Capítulo 4 - A fuga sem esperança

Uma garota que não pode ver o mundo, um velho príncipe que não sabe tomar decisões, e um anjo da escuridão, todos separados.

A garota tentou mais uma vez sair daquele lugar, pelo telhado dessa vez, então pegou um martelo e começou a quebrar. Após 2 horas na função um pequeno deslize faz ela escorregar o martelo por sua mão ate segurar o metal, e as telhas caírem sobre ela. A menina débil se levanta e percebe que aquele lugar estava mais escuro do que o normal, as telhas perfuraram sua córnea, e a luz deixou seus olhos. Ei mas ela agora estava livre certo? quer dizer, ela pode sair, mas ver o mundo la fora não. A garota machucada, suja e com olhos enrrolados em bandagem sai daquele lugar e vive do lado de fora, ela percebe que não existe ninguém ali então vai embora, mas tudo longe dali era uma vasta selva segura, mas sem seus amados olhos essa floresta virava um inferno.

O velho ex-príncipe estava reclinando sobre sua cadeira quando ela quebrou o vidro das janelas, e então ele se perguntou aonde estava aquela paisagem horrível, pois onde o vidro estava quebrado só era possível ver crianças brincando, casais namorando, famílias pescando, uma visão gloriosa do dia no castelo, com lágrimas de desespero ele então percebe o monstro que se tornou, e jogou os moveis pela escada para poder descer, afinal estava velho demais para descer uma escada de obras como essa. Ao descer ele é expulso do castelo, pois ninguém o conhecia e pensaram que era um velho lunático. Expulso de sua casa o velho se afasta do reino e segue a vida, mas fora do reino só um deserto seco e frio, sem árvores ou buracos, e com apenas grandes rachaduras no chão o aguardava.

O anjo por sua vez, se tornou um anjo da escuridão, ele finge ajudar os encapuzados até ter a oportunidade para fugir. Ele assim o faz, ao ver todos sendo torturados, ele pega o capuz de um dos encapuzados e puxa, tudo que é possível ver são bolhas de pele explodindo com o contato a luz do sol, e então ele descobriu a fraqueza deles, que por sinal havia se tornado a sua também. Ao derrotar todos os encapuzados ele corre dali de perto, escalando montanhas, muito débil, mas tudo que existe longe dali é um vasto oceano pantanoso, e uma canoa a sua espera, como se fosse feita especialmente para ele, e então ele vai.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...