História A casa sombria - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Cabana
Tags Drama, Suspense, Terror
Visualizações 10
Palavras 490
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É quando as coisas começam a esquentar mais vontade de ler dar

Capítulo 4 - Saiam da minha casa


Todos um dia irão morrer, mas parece que meu dia está quase chegando...

Gostei bastante desse livro, está na hora de ir para escola, melhor eu me arrumar

- Crianças vem tomar café

-estamos indo

Bom, tenho que ir fazer compra eles devem ser viram por alguns minutos antes de o ônibus chegar

Assim que ela saiu o telefone tocou... 

Triiiim,triiiiim

-Alô ?

-Alô, estou ligando pra avisar que hoje não terá aula, pois terá uma reunião de última hora, grato.

Mãe ? Mãe

Tinha um bilhete na geladeira dizendo:

Fui ao mercado, não esqueçam a lancheira, beijos mamãe ama vocês 

'Bocejando' diz Eduardo: vou voltar a dormi

Seus irmãos tinham saido de casa, parecia que aquelas entidades tinha um foco nele, só esperava ele ficar sozinho para ataca-lo 

Durante o sono dele passavase pelo nariz dele um terrível cheiro de carne podre, ao sentir o cheiro ele se levantou e trancou a janela e desceu as escada, estava procurando  sua mãe e seus irmãos e nada de encontra, então decidiu sair mas não deu porque a porta estava trancada

Ele disse: não acredito que eles me trancaram aqui, devem estão achando que sou animal pra ficar enjaulado.

Então ele foi ligar a televisão para assistir seu desenho preferido, de novo aquele cheiro de carne podre passa pelo nariz dele

Ele disse: caramba o esgoto deve estar aberto, que cheiro ruim

Ele ouviu uma voz que saia da televisão

-Saiam da minha casa

Ele achando que era o desenho continuou a assistir, seu desenho acabou e então ele decidiu a tocar seu piano, mas antes foi no quarto pegar seu celular ao mandar mensagem para sua mãe o celular queimou.

- Ah, que bom era só isso que me faltava, será que o dia pode ficar melhor ?

Mal ele sabia que poderia ficar mais pior do que ele imaginava, então ele desceu pro piano e ao tocar aquela bela música, uma voz começou a cantar, ele ficou bastante assustado.

Gritou: SOCORRO !!!!

-NINGUÉM VAI TE AJUDAR, EU VOU MATAR VOCÊ E SUA FAMÍLIA, SAIIAM DA MINHA CASA !!

A mãe dele chegou na mesma hora e viu o filho dela chorando e paralisado no piano 

-Filho ? O que houve ?

-Me tira daqui

-filho, senta ali no sofá

Daqui pra frente tudo vai começa a piora, estava escrito na geladeira suja de sangue e com uma carne no chão.

- Filho eu sei que voce não quer morar aqui, mas não temos outra alternativa, então para de fazer essas travessuras

-mãe, não foi eu, foi ele ali

Tinha um homem com a cara toda sanguentada e pegou ela pelo pescoço e disse

-ora, ora, ora  Abigail estava doido para nosso encontro, você é mais bela cara à cara, enfim você devia escultor mais seu filho.

Ele sumiu, Abigail desesperada disse

-Precisamos sair daqui.

Começou a escreve na parade da sala;

Ninguém mais vai sair, sua vagabunda agora vocês todos vão morrer.

A casa começou a pegar fogo, estava tudo trancando, não tinha como eles saírem, eles emoloravam por socorro, o homem apareceu entre o fogo e disse

-Espero vocês no inferno, rindo escandalosamente







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...