História A Certain Romance - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arctic Monkeys
Personagens Alex Turner
Tags Alex Turner, Arctic Monkeys
Exibições 32
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ME DESCULPA PELA DEMORAAA
AMO VOCEEES

Capítulo 11 - Eu te amei e você amou ele!


Fanfic / Fanfiction A Certain Romance - Capítulo 11 - Eu te amei e você amou ele!


Eu acordei 6:30 da manha e eu odeio acordar cedo. Percebi que estava sem roupa entao levantei e coloquei a blusa social do Alex que era o que estava mais perto de mim, fui até a cozinha pra fazer um café e foi difícil achar o pó de café naquele apartamento mas achei, enquanto o café fervia eu fiquei vendo os discos que tinha na sala, seus prémios, algumas fotos e voltei para ver se o café estava pronto e entao eu coloquei o café em uma xícara e fui até a janela do quarto onde Alex estava dormindo, ele dormia como um anjo, ele estava deitado de bunda pra cima com a coberta tapando sua bunda e ele tinha um bundao que dava inveja, puta merda. Fitei a rua que já estava ficando movimentada e o dia clareando,  nao ia ter sol hoje, estava nublado e frio, terminei de beber o café e fui deitar novamente, fiquei observando Alex e pensando se o que eu fiz era o certo, tive medo de me ferrar de novo mas tentei afastar essas ideias da minha cabeça e liguei a tv, coloquei em um filme de terror e fiquei vendo só que teve uma hora que eu levei um susto e acabei acordando o Alex.
- Que foi Sophia?
- Nada é que eu to vendo filme e me assustei e acabei te acordando, mil desculpas.
- Tudo bem, achei que era ladrão 
- Nao tem nenhum ladrao nao, pode voltar a dormir - dei um selinho nele e ele voltou a dormir e logo depois eu acabei dormindo também.
 Acordei 10:00 hrs e vi que Alex não estava mais na cama, fui até a cozinha e ele estava de cueca fazendo o almoço, eu cheguei me joguei na mesa.
- Com fome? - ele perguntou
- Um pouco. 
- To fazendo um almoço pra gente
- Você tem um bundao - falei rindo
- O que?
- É, um bundao ,tipo gigante kkk
- Haa ta ... obrigado?! - ele me olhou estranho
Eu fiquei vendo tv até dar a hora do almoço, almocei e Alex me levou em casa e disse que iria para loja de discos.
Eu fiquei atoa a tarde toda entao decidi ligar para Anabeth minha amiga do Brasil.
- Alô quem é? - ela perguntou do outro lado da linha.
- Alguem que esta com muita saudade.
- Sophia? Eu não acredito!
- Pois é, eu to vivaaa e cheia de novidades.
- Me conta menina.
- Bom vou falar rapido porque a ligação pro Brasil é cara pakas e me promete nao contar pra ninguem. 
- Prometo Sophia.
- Bom só você vai ficar sabendo disso, nem meu melhor amigo daqui sabe.
- Meu Deus! Você é gay? Se for fala sempre te achei gata.
- Naooo Anabeth - ri com o que ela disse - to ficando com um cara.
- Sabia que tinha macho!
- Ele tem 27 anos!
- Sophia ta bebendo cachaça fia? Ta loka? Ele já deve andar até de muleta de tao velho. O que fez você ficar com ele? Foi dinheiro? Pra que uma adolescente quer dinheiro?
- Anabeth cala a boca e escuta, ele tirou minha virgindade.
- VOCÊ VENDEU SEU CABAÇO SOPHIA? MEU DEUS SOPHIA! VOLTA PRO BRASIL MIA FIA.
- Eu não vendi carai de cabaço nenhum, eu queria! Mas tem outra coisa, conhece os Arctic Monkeys?
- Sei sim, conheço bastante! Mas o que que Arctic Monkeys tem a ver com cabaço?
- Eu fui no show deles sabia. 
- Puta merda Sophia, você sempre consegue tudo que eu quero mas pera ai... Você perdeu o cabaço no show do Arctic Monkeys?
- Nao Anabeth - ela não parava de falar e eu estava doida pra dar a noticia entao joguei na lata - To ficando com o vocalista da banda Arctic Monkeys!!
- É O QUE? VOCÊ TA O QUE? JESUUUS, QUE REVIRAVOLTA MENINA! Ta vendo, você tem tudo que eu quero. Mas me conta como foi.
- Agora não dá, o John ta tocando q campainha tenho que ir ver o que ele quer.
- Huuum, John neh, ta podendo ein!
- Cala boca Anabeth, beijos tenho que ir.
- Beijao amiga.
Desci as escadas correndo pra ir ver o John, abri a porta e me deparei com um enorme sorriso.
- Olá senhorita.
- Olá John, entra ai.
- Cadê os modos?
- Não tenho isso faz tempo - falei rindo para o John.
- Eu sei, você é um muleque macho, mas trocando de assunto, vamos dar uma volta?
- Vamos! Vou só jogar uma agua no corpo porque estou suada.
- Haa nao Sophia, você demora muito no banho.
- Prometo nao demorar! 
Eu fui tomar banho porque eu estava muito dolorida, quando fui lavar minha parte intima senti ela inchada e estava bem dolorida. Me senti um pouco culpada, sei lá, nao sei bem explicar o que senti.
Quando terminei o banho eu coloquei um vestido pois um short apertaria minha parte intima e iria piorar minha situação. 
Eu e John fomos até uma praça onde o pessoal anda de skate e eu queria muito contar pra ele o que aconteceu só q eu estava tão nervosa que acabei comprando cigarros pois aquilo me acalmava.
- O que esta acontecendo Sophia? Eu te conheço e você nao é assim!
- Sao só alguns problemas.
- Me conta poxa, sou seu amigo.
- Você não vai gostar John.
- Me conta mesmo assim. 
- Tem a ver com o Alex!
- Ihhh vou gostar mesmo nao mas me conta mesmo assim.
- Nao posso é muito pessoal.
- Anda Sophia conta saporra logo.
- Eu transei com ele.
- É o que Sophia? Você fez o que?
- Eu to apaixonada por ele.
- É mesmo? Ta apaixonada? Larga de ser criança Sophia, o cara pisou em você como se você fosse barata, te chamou de puta e ai tu transa com ele? Você tem merda na cabeça?
- Nossa John.
- Eu não quero te maguar mas isso é papel de trouxa.
- Esquece isso John, me leva pra casa. 
- Mas a gente acabou de chegar e nao terminamos essa conversa.
- Nao tem o que conversar John, pensei que você fosse meu amigo.
- Eu sou seu amigo Sophia, sou bem mais que seu amigo, porque eu estou apaixonado por você e você nao ve isso, eu disse que ia te ajudar, que eu ia te esperar mas você não me esperou, você não me notou, você nao me amou Sophia! 
Meu rosto congelou, meus olhos quase pularam para fora, eu virei pedra nao mexia um musculo!
- Por que nunca me disse John?
- Eu quase te beijei Sophia, te elogiei, fiz tudo mas você não me vê! 
- John me desculpa.
- Agora já era Sophia, vamos embora, vou te deixar em casa.
Nós fomos andando quietos, não trocamos uma vogal um com o outro.
Ele foi chutando as pedrinha que via no caminho e eu fui contando quantas vezes ele chutou as pedrinhas.
Chegando na porta da minha casa eu pedi desculpas de novo.
- John me desculpa por favor.
- Te desculpar pelo o que? Por eu ter te amado e você ter amado ele? Nao precisa se desculpar.
- Não faz assim John, por favor!
- Já fiz Sophia.
Ele foi embora e eu fiquei olhando até o ver virando a esquina.
Sentei na porta da minha casa e chorei como se nao houvesse o amanha, eu maguei fortemente a unica pessoa que ficou do meu lado todo esse tempo. E no fundo, no fundo eu acho que também sentia algo por John mas eu estava louca por Alex, completamente louca mas uma louca triste.
 


Notas Finais


Me desculpe pelos erros e comentem se gostarem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...