História A chama nos uniu. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chávez, Christopher Uckermann, Dulce María, Maite Perroni
Personagens Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chavez, Christopher Uckermann, Dulce Maria, Maite Perroni
Tags Chaverroni, Ponny, Vondy
Exibições 14
Palavras 916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Aproveitem

Capítulo 2 - Gesto de Bondade


Fanfic / Fanfiction A chama nos uniu. - Capítulo 2 - Gesto de Bondade

Any:Dul!!!(corri até ela e a abracei fortemente).

Dul:preciso de ar(disse com dificuldade pois eu estava quase matando a barbie ruiva).

Any:desculpa desculpa(disse soltando Dul que respirou fundo e ergueu as mãos agradecendo por voltar a respirar).

Dul:sentiu minha falta?(disse se sentando na cadeira).

Any:claro que sim,você vira uma fotógrafa famosa, viaja para o Brasil e ainda pergunta se tenho saudades.

Dul:então como vai a vida?

Any:eu finalmente to livre do Velasco.

Dul:eu te avisei que ele não prestava mas você não me ouviu.

Any/Dul:tenho novidades(dissemos juntas e rimos).

Dul:fala você primeiro.

Any:bom a nova coleção de outono esta na fase final e decidi fazer um desfile e eu queria que você fosse uma das modelos principais,eai aceita?(perguntei receosa).

Dul:claro.

Any:então me fala você agora?

Dul:quando viajei pelo Brasil acabei conhecendo um ator mexicano muito famoso,nós saímos algumas vezes e agora estamos namorando(disse feliz).

Any:qual o nome dele,é bonito?(perguntei animada).

Dul:calma,o nome dele é Christopher Uckermann,tem 22 anos e sim é bonito(disse apaixonadamente).

Any:eu não acredito nisso você namorando(disse surpresa).

Dul:bom mas antes da gente começar a namorar,eu e ele nos odiávamos e brigávamos muito.

Any:tadinho dele.

Dul:ele era insuportável e irritante mas agora é um amor(disse feliz).

Any:do ódio vem o amor.

Dul:nesse caso sim.

Any:por que diz isso?

Dul:lembra do Pablo,eu odiava ele e ainda odeio.

Any:verdade.

Dul:eu tava pensando em hoje fazer uma festa no pijama com você,eu e a May que tal?

Any:infelizmente não posso,hoje eu faço hora extra(disse triste).

Dul:mas você é a dona da empresa.

Any:eu sei mas você sabe que eu sou muito focada em relação a trabalho.

Dul:tudo bem eu entendo,mas amanhã você vai passar um tempo comigo,preciso te contar os detalhes da viagem.

Any:de amanhã não passa.

Dul:vou deixar você trabalhar em paz,okay?bye(disse saindo apressada).

Any:trabalhar pra depois farrear(disse voltando ao que estava no computador pra depois ir a uma reunião de patrocínio).

Pov Any off.

 

Pov Alfonso on:

Acordei às três horas da manhã,coloquei uma roupa de  moletom e fui correr pelo bairro,mas Alfonso o que te leva a sair as três horas da manhã só para correr?bem eu trabalho a partir das 7:00 mas gosto de me exercitar cedo e me manter em forma.quando deu cinco horas fui em direção a uma cafeteria que serve os melhores pratos de café da manhã do mundo,sério eu nunca comi algo tão bom.Me sentei numa mesa do lado de fora e a garçonete veio até mim,com um singelo sorriso nos lábios.

Ally: Bom dia Poncho, o que vai querer hoje?(disse tirando do bolso do avental um bloquinho e uma caneta).

Ally é baixinha, branca como neve, suas bochechas tem leves sardas, seus olhos são azul claro, seu cabelo são curtos e castanhos, ela tem 19 anos e cursa a faculdade de psicologia.

Alfonso: hm....acho que vou querer um café expresso e um prato de waffles bem caprichado.

Ally: é pra já (disse anotando o pedido e saindo).

Enquanto esperava meu café fiquei observando o parque que havia ali perto, um labrador retriever(filhote) vindo em minha direção,ele continha um olhar triste.

Alfonso:você deve se sentir solitário né?(disse fazendo carinho nele,que latiu e colocou a língua pra fora).

Ally chegou com o café e pedi a ela duas vasilhas,uma com água e outra com carne moída.

Ally:aqui esta Alfonso(disse colocando as vasilhas no chão).

Alfonso:obrigado Ally(disse agradecido).

Eu e o cãozinho começamos a comer, o cachorro comia  como se nunca tivesse alimentado,tadinho.

Alfonso:hey calma a comida não fugir do prato(disse brincando e por incrível que pareça o cachorro se acalmou).

Enquanto tomava meu café decidi ficar com o cachorro e cuidar dele,pensei e pensei e o nome dele vai ser Astro.Chamei a Ally e a mesma veio rapidamente.

Ally:o que foi Alfonso?(disse se sentando numa cadeira).

Alfonso: primeiro me chame de Poncho não gosto de formalidades e segundo você sabe onde tem um pet shop por perto?(perguntei pegando o Astro no colo,ele lambeu meu rosto e se deitou com as patinhas apoiadas em mim).

Ally:daqui a algumas quadras tem um pet shop,vai ficar com o cachorro.

Alfonso: vou,preciso de companhia e ele de um lar.

Ally:qual vai ser o nome dele?(perguntou fazendo carinho no Astro).

Alfonso:ele vai se chamar Astro.

Ally:sabe Poncho fico feliz que você seja assim,tão alegre,bondoso ao contrário de algumas pessoas.

Alfonso:obrigado mas por que isso?

Ally:há algumas semanas,um cachorro foi atropelado e ninguém fez nada,agiram como se fosse normal(disse triste).

Um silêncio se formou e me partiu o coração ouvir isso.

Alfonso:desculpa mesmo Ally mas preciso levar o Astro no pet shop e ir trabalhar(disse tirando do bolso o dinheiro pelo café).

Ally:hoje é por minha conta(disse calma).

Alfonso:mas você....(fui interrompido).

Ally:é sério,hoje o café é por minha conta e não adianta discutir.

Alfonso:tudo bem então tchau(disse me levantando com Astro no colo).

Cheguei até o pet shop e pedi um check up do Astro,banho e tosa,tudo que tinha direito, aproveitei e comprei uma coleira azul com pingente de pata escrito “Astro”, as tigelas e a ração especial pra filhote.A moça do pet shop disse que entregaria ele no final do dia e pra eu não me preocupar.Dei tchau ao Astro dizendo que voltaria logo,corri até em casa,coloquei meu uniforme de bombeiro e cheguei lá as 7:00 pronto para trabalhar.

Bruno:ATENÇÃO PESSOAL,INCÊNDIO NA RUA ALVES NÚMERO 23,VÃO VÃO VÃO(gritou anunciando a primeira tarefa do trabalho,Bruno é assim quando há uma emergência ele grita pra todo mundo ouvir).

Todos do local entramos no caminhão e ligamos a sirene e é assim começa meu dia corrido.

Pov Alfonso off. 


Notas Finais


Bjs e até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...