História A Chave Universal - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Hunter x Hunter, Naruto
Exibições 4
Palavras 3.009
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - 4


Após sair da montanha onde eu aprendi magia de criação do gelo.

6 meses depois...

Eu continuei procurando novos tipos de magia.

Amanhã seria meu aniversário de novo,e eu sempre tenho sorte nesse dia.

Uns dias antes do meu aniversário eu acabei escutando rumores que havia algum tipo de magia na floresta.

Então eu decidi ir pra floresta.

O meu único problema era que eu tava com a mesma mania do Gray ,de ficar tirando a roupa sem perceber.

Mas, eu consegui fazer uma roupa especial que vc ficava com a sensação de que havia tirado a roupa.

Sério eu tinha problemas.

Depois de uma meia hora na floresta eu acabei me perdendo.

Fala serio,o meu senso de direção era uma droga.

Acabei parando pra descansar.

Depois do meu descanso eu escutei um barulho.

Parecia ser a voz de um garoto.

Eu decidi segui-la.

Asuna- olá,tem alguém aí?

Natsu- oi, será que vc pode me ajudar?

Ele apareceu do alto de uma árvore.

Asuna- oque foi?!

Natsu- é pq eu perdi o meu pai igneel de vista , será que vc poderia me ajudar a achar ele?

Asuna- claro, qual o seu nome?

Natsu- o meu nome é Natsu dragneel, e o seu?

Asuna- meu nome é Asuna Uchiha Yuno.

Natsu- legal, obrigado pela ajuda.

Então ele deçeu da árvore e começamos a andar.

Asuna- então qual foi a última direção na qual ele foi?

Natsu- eu acho que ele foi pra lá.

Ele apontou para perto dos vulcões.

Asuna- então vamos pra lá.

Esse garoto é doido mesmo.

Nos começamos a andar.

Asuna- então Natsu como vc se perdeu?

Natsu- bom, eu não sei acho que eu me esqueci, e vc como vc foi parar aqui?

Asuna- bom , amanhã é o meu aniversário ,e como eu gosto de aprender magia eu pensei em procurar novos tipos na floresta.

Natsu- amanhã é o seu aniversário?! Vc comemora de forma estranha.

Asuna- é eu também acho.

Natsu- bom amanhã é o seu aniversário, quando nós encontramos o igneel nós faremos peixe para a janta.

Asuna- não precisa se incomodar.

Natsu- e também eu vou pedir pro igneel te encinar magia.

Asuna- sério? Vc faria isso por mim?

Natsu- bom ele me ensinou boa parte do que eu sei.

Asuna- qual o seu tipo de magia?

Natsu- magia do fogo, e o seu?

Asuna- bom eu sei vários tipos,mas ainda não decidi qual é a melhor.

Natsu- bom agora eu fiquei animado, vamos encontrar o Igneel.

Asuna- vamos!

Nos continuamos correndo em direções aos vulcões.

Quando chegamos no topo , nós avistamos um dragão.

Eu sai correndo em direção ao dragão

Asuna- que demais um dragão,natsu seu pai é um dragão, pq vc não me contou? Eu estaria mais arrumada se eu soubesse, baka-eu disse e bati na cabeça dele.

Natsu- Itaí? Eu não te contei? Eu devo ter esquecido.

Igneel- NATSU!

Depois desse grito o Natsu se tremeu todo.

E eu comecei a rir feito uma retardada.

Coitado.

Natsu- hai, oq foi?

Igneel- aonde vc estava?

Natsu- eu me perdi na floresta.

Igneel- e quem é essa? E a sua namorada?

O Natsu ficou tão vermelho,que eu acabei rindo mais.

Natsu- não... não é..isso que ..você tá pensando.

Asuna- não, a gente é só amigo mesmo.

Igneel- vc poderia me explicar oq aconteceu com o Natsu?

Asuna- ele se perdeu e eu ajudei ele a chegar aqui, só que esse Baka não me disse que vc era um dragão.

Igneel- e qual o problema nisso?

Asuna- é que se eu soubesse eu teria me arrumado mais, não é sempre que a gente conhece um dragão tão grande e legal.

Igneel- Natsu eu não entendi.

Igneel disse sussurrando pro Natsu

Igneel- vc, não está com medo?

Asuna- pq eu estaria, se o Natsu confia em vc pq eu não confiaria afinal vc é o pai dele.

Natsu- as vezes eu acho que ela não bate bem da cabeça igneel.

Igneel- eu acho que concordo com vc desta vez Natsu.

Eles cochicharam

Asuna- gente se vcs não perceberam eu tô aqui do lado e da pra escutar a conversa de vcs dois.

Igneel- me perdoe, e que vc parece ser um pouco diferente.

Natsu- diferente é pouco , acho que ela é praticamente doida.

Asuna- bom, parece que vcs tem que conversar, então eu já vou indo.

Falou Natsu, falou tio igneel nos vemos por aí.

Igneel- espere! Como vc ajudou o meu filho a achar o caminho em troca eu vou lhe ensinar magia do dragão.

Natsu- é a gente meio que vai trabalhar junto.

Asuna- sério?!

Igneel- pq eu não estaria falando serio?

Asuna- então se é assim, eu vou fazer a janta.

Eu peguei no meu armazenamento magico dois peixes gigantes.

Asuna- igneel, será que poderia fazer as honras de esquentar os peixes.

Igneel- com prazer, Natsu será que vc pode me ajudar.

Natsu- tô pegando fogo.

Eu joguei os dois peixes pra cima.

Igneel/Natsu- karyu no hoko!!

E os peixes estavam assados.

Natsu- de onde vc tirou esses peixes?

Asuna- eu mesma pesquei

Natsu- sugoi, hey depois vc me encina a pescar

Asuna- claro.

Eu e o Natsu ficamos com o peixe menor e o Igneel ficou com o Peixe maior.

Igneel- bom nosso treinamento vai começar amanhã espero que vc esteja preparada.

Asuna- hai.

Depois disso eu meio que dormi no colo do Natsu.

Natsu p.o.v

Eu encontrei uma garota louca.

Pelo menos ela me ajudou a achar o Igneel.

Eu espero que nós chejamos bons amigos.

Quando nós achamos o Igneel, ele achou que ela fosse a minha namorada, eu fiquei muito vermelho.

Mais ai a Asuna me ajudou.

Depois o Igneel disse que poderia ensinar pra ela magia do dragão, ela ficou muito feliz.

Ela ficou tão feliz que ela mesma trouxe o jantar.

Ela trouxe dois peixes gigantes.

Ela pediu para eu e o igneel assarmos o peixe.

O Igneel parecia ter amado o peixe, e ele ainda parece que gostou dela.

Depois que nós dois comemos o peixe, ela acabou dormindo no meu colo, bom não tem problema ela divia estar cansada.

Igneel- hey, Natsu

Natsu- oq foi igneel?

Igneel- que história era aquela de tio?

Natsu- eu acho que ela gostou de vc.

Igneel- bom parece que vc é ela então bem próximos não é Natsu- ele disse com voz maliciosa.

Natsu- não é culpa minha se ela dormiu no meu colo.

Igneel- parece que ela pode aprender muito Natsu, por isso eu quero que vcs aprendam juntos.

Natsu- nem pensar .

Igneel- e se fosse uma competição, quem aprender magia do dragão melhor ganha um prêmio.

Natsu- eu não vou ficar pra trás, eu si vou aprender com ela só pra ganhar essa competição.

Igneel- então vc aceita?

Natsu- tô pegando fogo.

Igneel- bom , ela parece estar dormindo bem, ponha ela aqui em cima e suba também.

Natsu- tá já vou.

Eu peguei ela no colo e coloquei nas costas de igneel e depois eu também subi.

Igneel- boa noite Natsu.

Natsu- hey, Igneel

Igneel- oq foi Natsu?

Natsu- amanhã é o aniversário da Asuna, será que a gente podia dar algum presente ou algo do tipo pra ela.

Igneel- bom eu vou pensar em algo,mas pq está tão preocupado?por acaso vc gosta dela.

Natsu- claro ela é a minha amiga.

Igneel- boa noite Natsu.

Natsu- boa noite igneel, Asuna

Asuna p.o.v on

Eu senti a luz do sol na minha cara.

Eu tava em cima de algo tão quentinho.

Hoje seria o meu aniversário e o dia em que eu aprendia magia do dragão.

Parece que só nos dias do meu aniversário coisas desse tipo acontecem.

A única coisa que eu me lembro de ontem foi de ter caído no sono.

Bom já que onde eu estou está tão bom eu acho que vou ficar mais um pouco.

Pêra tem algo na minha cintura

Aí eu me lembrei do dia em que eu estava na Ur depois da luta do deiliora.

Eu virei pro lado e vi o Natsu dormindo me abraçando.

Ele e o Gray são dois pervertidos.

Eu e o Natsu estávamos de baixo de uma árvore,dormindo em cima de varias folhas.

Eu decidi, dar uma lição naquele pervertido.

Fiz um balde feito de gelo, e peguei um pouco de água num riacho próximo.

Depois peguei a minha caneta de pegadinhas.

Ele ficou com um baka escrito na testa, e com cara de panda.

Depois eu peguei o balde com a água geladissima.

Três,dois,um.

Splash.

E eu joguei toda aquela água nele.

Ele acordou na hora.

Asuna- hahaha

Natsu- pq vc fez isso?

Asuna- Baka! Isso é pra vc deixar de ser pervertido.

Natsu- mas, oq eu fiz?

Asuna- vai me dizer que vc não sabe?

Natsu- não oq eu fiz?

Asuna-vc ficou me abraçando enquanto eu dormia.

Natsu- a se foi por causa disso, então me desculpe, eu não tinha intenção.

Asuna- está perdoado.

Natsu- bom se tem comida?

Asuna- é eu também tô com fome, acho que vamos ter que pescar.

Natsu- aí vc aproveita e me ensina.

Asuna- okay, vamos lá Natsu-chan

Natsu- tô pegando fogo.

Depois disso nós dois fomos pescar para comer.

Nos comemos , nós divertimos, brigamos,comemos, competimos.

Foi um aniversário bem divertido.

A única pessoa que eu sentia falta era do igneel.

Ele disse que o treinamento iria começar,mas ele nem estava aqui.

Deve ter acontecido algo, mas se o Natsu não está preocupado então eu não iria ficar.

Nós dois passamos o dia todo juntos,cara eu não sei de onde a gente tira tanta energia.

Bom o Natsu é um pouco diferente do Gray, ele sempre tá sorrindo e nunca desiste e quando ele enfia algo na cabeça não tem quem tire.

Porém o Natsu sempre esquece as coisas e é meio inocente e meio burro.

Já o Gray é mais inteligente, porém as vezes é burro igual ao Natsu.

Acho que os dois juntos iriam brigar que nem gato e rato, porém também seriam melhores amigos.

Asuna- hey Natsu

Natsu- o que foi Asuna?

Asuna- pra onde o Igneel foi?

Natsu- bom,ele disse que ia pra algum lugar fazer algo importante,mas não disse oq era.

Asuna- bom se é assim então  eu não vou me preocupar.

Natsu- não precisa se preocupar o Igneel sabe se cuidar.

Asuna- okay.

Mais tarde o Igneel chegou, ele não disse oq foi fazer, mas ele disse que o treinamento seria adiado para o dia seguinte.

Bom, eu também estava um pouco cansada então não tinha problema.

O Igneel também disse que tinha que nos levar a um lugar.

Nos dois montamos em cima dele, o Natsu ficou na minha frente e pediu pra me segurar nele.

Ele as vezes é muito pervertido.

Me segurei nele e o igneel levantou vôo.

Eu e o Natsu gritamos de alegria, aquilo era muito legal.

Igneel- acho bom vc se segurarem agora.

E o Igneel subiu ainda mais, depois fez varias manobras no céu.

Aquilo foi muito demais, foi um dos melhores aniversários de seis anos que eu já tive.

Depois o Igneel mandou o Natsu tampar os meus olhos.

Eu ia quebrar os braços do Natsu, porém o Igneel disse que tinha uma surpresa.

Então o Natsu tampou os meus olhos.

E quando ele disse que eu poderia abrir, eu vi escrito com fogo, em cima de um vulcão.

Feliz aniversário Asuna.

Natsu- eai gostou da surpresa?

Asuna- eu amei!!

Eu dei um abraço bem forte nele, e depois dei um beijo na bochecha.

Ele corou um pouco, aquilo foi muito kawaii.

Igneel- espera que ainda tem mais.

Asuna- tem mais?!

O Igneel pousou e mandou o Natsu tampar os meus olhos de novo.

Ele foi pegar alguma coisa.

Igneel- pode abrir.

Era um laço azul escuro.

Ele era tão kawaii.
Meu deus o Igneel e o Natsu são os melhores.

Asuna- ele é tão kawaii!!!

Igneel- foi o Natsu que escolheu, ele disse que tinha que ser o mais bonito.

Asuna- arigatou Natsu-chan!!!

Eu dei outro abraço e beijo na bochecha dele.

Eu percebi que ele olhava pro igneel com um olhar mortal.

Asuna- valeu também tio igneel.

Igneel- é seu aniversário certo, é um dia especial.

Asuna- minna vcs são os melhores.

Eu disse e dei um abraço nos dois.

Depois eu coloquei o laço.



Eles ficaram um pouquinho vermelhos.

Asuna- bom vamos dormir pois amanhã nos temos que treinar.

Natsu- eu não vou ficar pra trás.

Igneel- eu quero ver qual de vcs é melhor.

Asuna/Natsu- concerteza eu sou o melhor não tem como eu perder para ele/ela!

Igneel- vcs dois são uma peça.

Natsu- pelo menos não somos velhos.

Igneel- oq vc disse Natsu?

Natsu- nada nada .

Asuna- eu acho que ele te chamou de velho tio igneel, se eu fosse o senhor eu não deixava.

Natsu- Asuna sua traidora.

Igneel- bom, Natsu dessa vez passa ,mas na próxima eu vou declarar a Asuna melhor que vc.

Natsu- hai.

Asuna- bom,vamos dormir.

Igneel- vamos subam.

E eu e o Natsu subimos em cima do igneel.

Nos dois fomos dormir, e eu avisei pro igneel ficar de olho no Natsu, pq o Natsu era um pervertido.

Ele deu altas risadas, e disse que iria ficar de olho.

Eu e o Natsu dormimos, e o dia de treinamento logo iria começar.

6 meses depois...

Eu e o Natsu ficamos treinamento esse tempo todo.

Eu e o Natsu conversavamos bastante, eu já ate tinha falado sobre a Fairy tall pra ele.

Ele disse que iria entrar.

O aniversário do Natsu estava chegando, o Igneel havia me avisado.

Eu e o igneel decidimos fazer um cachecol para o Natsu.

Eu iria tricotar o casaco e o igneel iria por magia de proteção no casaco, ele também havia posto no meu laço.

Eu tinha um plano.

Eu iria deixar o local onde a gente estava bem frio.

O Igneel disse que iria fazer a comida.

E o nosso plano funcionou.

O Natsu teve o melhor dia da vida dele.

Asuna- hey,natsu aquilo não parece ser um animal estranho.

Eu apontei pro lado.

Natsu- onde? cadê?

Eu peguei o cachecol.

Eu critiquei o Natsu.

Natsu- oq foi?

Asuna- feliz, aniversário Natsu-chan!!

Eu disse segurando o cachecol e dando pra ele.

Natsu- pra mim? Sério?

Asuna- foi eu que tricotei e o igneel, pois uma magia que não deixa o cachecol pegar fogo.

Natsu- sério, hontoni arigatou, vc é a minha melhor amiga no mundo Asuna

Asuna- Baka! Não diga essas coisas embaraçosas.

Natsu- hihi!

Asuna- tá rindo do que?

Natsu- vc se lembrou.

Asuna- vamos, o Igneel está nos esperando.

Eu disse e levei ele até o Igneel.

Cara o Igneel fez um monte de comida.

Aonde ele arranjou toda aquela comida.

Igneel- Natsu,feliz aniversário.

Natsu- obrigado Igneel.

E nos comemoramos o aniversário do Natsu assim, nos divertindo e rindo muito.

Alguns dias se passaram e o igneel iria disser qual de nós dois era melhor em magia do dragão.

E ele disse que nós dois estávamos empatados.

Ele disse que me ensinou tudo que sabia.

E como eu já sabia de tudo eu teria que ir embora.

Um dia antes de mim ir embora eu havia conversado com o Igneel, agradecendo por ele ter me ensinado.

E agradecendo por ele ter cuidado de mim.

Eu disse pra ele que teria que continuar a minha jornada e que eu teria que dizer até logo.

O Igneel ficou bem triste, mas ele me compreendeu.

Ele me deu uma lacrima com metade do seu poder e disse que eu poderia ficar.

Eu comi a lacrima, e aquele fogo era gostoso.

Eu contei para o Igneel que eu era uma maga celestial e pedi para que ele colocasse só um pouco de sua magia em uma chave.

E ele o fez.

Ele me perguntou pq , e eu tinha o poder de tornar qualquer tipo de criatura em um espírito celestial.

Então se o Igneel algum dia morrecce,ou se ferisse gravemente ele poderia virar um espírito celestial.

Dependendo da quantidade de magia que ele me desse eu poderia usar a chave dele de forma ilimitada.

E como eu tinha a magia do igneel, a chave dele seria ilimitada.

O Igneel concordou ,mas pediu pra mim não contar pro Natsu sobre a chave.

O Igneel disse tb pra mim ir para um local no norte onde eu encontraria algo importante.

Mas eu só poderia ir depois de completar sete anos, e ele me fez prometer.

E eu prometi.

Eu e o igneel conversamos bastante, depois o Natsu chegou.

Eu aproveitei a oportunidade e disse pro Natsu que eu iria embora no dia seguinte.

Ele ficou um pouco triste.

Mas, depois eu disse que eu iria um dia voltar para a Fairy tall e esperava encontrar ele lá e ele ficou um pouco mais feliz.

No dia seguinte a gente ficou se divertindo

Foi bem legal.

Eu até tirei uma foto.



Eles com certeza são pai e filho.

Eu também tirei outra só do Natsu.


Com certeza eu vou sentir falta deles.

Asuna- hey,natsu aqui o pra vc

Eu dei a primeira foto dele e do igneel pra ele.

Natsu- eu vou sentir a sua falta,m as antes de vc ir embora eu tenho uma pergunta pra te fazer já faz um tempo.

Asuna- oq é?

Natsu- onde foram parar as suas roupas.

Oque?!Maldita Ur ela me passou essa mania de tirar a roupa.

O efeito do feitiço deve ter passado.

Asuna- o que vc está fazendo não olha pra cá,vira pra lá.

Natsu- claro,desculpa desculpa.

Eu coloquei as minhas roupas e depois o feitiço só que mais duradouro.

Pq tinha que acontecer comigo?

Asuna- pode virar,isso nunca aconteceu.

Natsu- hai.

Asuna- eu também vou sentir a sua, mas saiba que se vc não entrar pra Fairy tall, eu juro que eu vou até no inferno pra te levar pra lá, entendeu?

Natsu- hai, hai.

Asuna- ate logo Natsu!

Eu disse e fiz o sinal da Fairy tall.

E decidi começar a ir em direção a cidade



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...