História A Chave Universal - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Hunter x Hunter, Naruto
Exibições 2
Palavras 1.703
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - 9


Bom o meu primeiro dia não foi tão ruim quanto eu pensei.

Eu ganhei novos amigos.

E logo os meus espíritos celestiais de prata vao terminar o treinamento para combate.

Assim eu vou poder invocar os dois pra me fazerem companhia.

Como eu moro sozinha, eu não tenho muita coisa pra fazer além de treinar.

Bom pelo menos os meus novos amigos me convidaram para as suas casas.

O meu caminho passa pela casa de todos então dá pra gente ir todo mundo junto.

Algumas semanas depois.

Eu já havia me adaptado a vila.

Aqui não era tão diferente de magnólia.

Só um pouco diferente.

Hoje seria o grande dia em que o meu cachorro finalmente chegaria

Eu estava tão feliz.

Eu me sentia sozinha sem ele.

Ele normalmente.



Modo de batalha1



Modo de batalha 2.



O meu cachorro também sabia falar.

Eu era a única pessoa no mundo que tinha um cachorro que falava.

Isso era tão legal.

Eu peguei a minha chave de prata.

Portão do mascote abrate, fluffly o cão.

Fluffly- já faz um bom tempo não é Asuna.

Asuna- bom que eu me lembre vc ficou treinando no mundo celestial,agora vc tá enorme.

Fluffly- eu consigo agora forçar a abertura do portão com a minha própria magia. Então eu vou ficar com vc nesse mundo.

Asuna- o Rei dos espíritos celestiais disse que vc pode ficar quanto tempo vc quiser, porém uma vez a cada ano vc tem que voltar fechar o portão por um dia.

Fluffly- entendo, sabe eu também sei novas formas de combate, e aprendi magia de transformação.

Asuna- hey, fluffly

Fluffly- oq foi?

Asuna- vc quer passear?

Fluffly- eu senti sua falta, baka.
Ele disse vindo me abraçar.

Asuna- eu também senti a sua, fluffly
Eu disse retribuindo o abraço.

Fluffly- então vamos passear!

Asuna- vamos lá!

Eu abri a porta da minha humilde residência.

E eu e o fluffly saímos

Asuna- hey, fluffly vc quer conhecer outro amigo cão?

Fluffly- vamos lá.

Asuna- vc pode ter ficado maior, mas vc não mudou nada.

Eu começei a andar em direção a casa do Kiba.

Cheguei lá na casa dele.

E bati na porta.

Uma garota um pouco maior do que eu atendeu a porta.

Ela deve ser a irmã do Kiba

Asuna- Boa tarde, o meu nome é Asuna eu sou amiga do kiba ele está?

Irmã- então vc é a tão famosa Asuna.

Asuna- como assim famosa?

Irmã- aqui em casa o kiba só sabe falar de vc, ele diz que vc ajudou o akamaru ,ele também fala da sua comida,e outras coisas.

Asuna- ele deve estar falando de outra pessoa

Irmã- bom,ele está no quarto dele vc pode ir lá não precisa bater na porta.

Asuna- obrigada.

Irmã- e quem é esse?

Asuna- esse é o fluffly ele pode entrar?

Irmã- mi casa es tu casa.

Asuna- arigatou.

Irmã- bom eu vou ter que sair, se o kiba perguntar aonde eu estou vc diz que eu fui no consultório, o quarto dele é o de porta azul.

Asuna- hai.

Eu disse e me despedi da irmã dele.

Como ela disse que eu podia entrar.

Eu procurei a porta do quarto.

Como eu ia fazer uma surpresa.

Eu abri a porta do quarto de uma vez.

Asuna- adivinha quem veio te visitar,kiba-chan?

Ter abrido aquela porta sem bater foi um dos meus maiores arrependimentos dessa vida.

Por que o kiba estava só de toalha.

Kiba- ahhh!!!

E depois ele deixou a toalha cair.

Kiba- Asuna,oq vc faz aqui?!

Ele ainda não percebeu que a toalha Caio.

Asuna- primeiro coloca a toalha de volta!!!

Eu disse e depois me virei.

Eu tava nesse momento com mais de cinqüenta tons de vermelho nessa hora.

E se eu tava vermelha, imagina o kiba, ele tava cor de sangue.

Kiba- pronto eu ja coloquei a minha roupa.

Asuna- eu posso virar agora.

Kiba- pode

Asuna- pelo menos agora vc tá vestido.

Kiba- oq vc faz aqui e como entrou?

Asuna- eu vinha te visitar, aí a sua irmã abriu a porta.

Kiba- é pq vc entrou no meu quarto sem bater?!

Asuna- pq a sua irmã disse que eu podia abrir sem bater.

Kiba- aquela traíra, aonde ela está?

Asuna- ela disse que ia pra veterinária.

Nos dois- quando eu me encontrar com ela eu juro que vou me vingar.

Kiba- bom ,pq vc queria me visitar?

Asuna- eu queria te apresentar o fluffly.

Kiba- fluffly, quem é esse?

Asuna- vem, e pega o akamaru, eu te espero lá fora, pra vcs se conhecerem.
Eu disse e saí.

Kiba- eu já vou.

Depois de um tempo eu esperando do lado de fora o kiba apareceu.

Kiba- é então cadê o fluffly?

Asuna- aqui- eu disse e fui pro lado mostrando fluffly.

Kiba- esse é o seu cachorro?

Asuna- hai,mas isso não é tudo, pq vcs não se apresentam.

Kiba- olá fluffly eu sou o kiba e sou um amigo da Asuna, e esse daqui do meu lado é o akamaru,espero que sejamos bons amigos.

Fluffly- É um prazer te conhecer kiba.

O kiba foi um pouco para trás com cara de assustado.

Kiba- o cachorro, ele ...ele fala?!!



Asuna- isso fluffly nós conseguimos ajustar ele na primeira tentativa.

Eu disse e fiz um toca aqui com ele.

Fluffly- vc tinha que ver a cara dele quando eu falei, hahaha!!!

Kiba- vc sabia disso?

Asuna- É claro que eu sabia, o fluffly é o meu melhor amigo, e também eu disse pra vc que ele iria treinar.

Kiba- eu pensei que esse seu treinar ainda seria diferente.

Fluffly- não se preoculpa, com o tempo vc se acostuma, espero que possamos ser amigos.

Kiba- É acho que nós podemos virar amigos

Asuna- agora que vcs se conhecem oq acham de nós divertimos um pouco.

Kiba- oq vc tá pensando?

Asuna- oq acha de pegarmos pessas com os nossos colegas.

Kiba- eu gostei da ideia.

Asuna- entao quem vai ser a nossa primeira vítima?

Kiba- vamos assustar a Hinata primeiro.

Asuna- fluffly vc já entendeu o recado certo?só toma cuidado pq a Hinata se assusta facilmente.

Fluffly- tá eu vou pegar leve.

Kiba- vamos lá.

E eu o kiba,fluffy e akamaru fomos em direção a casa dos nossos colega.

Neste final de semana eles teriam uma bela surpresa.

A nossa primeira vítima foi a Hinata.

Hehehe.

Nós chegamos no clã dela, e fomos em direção ao quarto dela.

Kiba- vc já sabe o que fazer não é fluffly?

Fluffly- não se preocupe eu vou pegar leve.

Asuna- então começar a operação infartar os amigos.

O kiba foi em direção a dentro do quarto.

Kiba- Hinata!

Hinata- oq foi kiba-kun?

Kiba- um dos nossos cachorros fugio, ele é bem grande e é preto e branco por acaso vc o vio?

Hinata- sinto muito mas eu não vi.

Kiba- caso vc o ache,sera que poderia me avisar.

Hinata- claro.

Kiba- obrigado, Hinata.

O kiba disse e saio correndo, como se estivesse procurando o cachorro.

Depois de alguns minutos o kiba deu a volta e voltou a sua posição.

Aí o fluffly foi para a entrada do clã.

Hinata- por acaso vc não é o cachorro que o kiba está procurando?

Fluffly- au!au!

Ele disse fazendo posições fofas, para a Hinata dar carinho.

Hinata- bom, acho melhor te levar até o kiba, se não ele vai ficar preocupado,qual deve ser o seu nome?

Fluffly- eu sou o fluffly!

Hinata- kyaaaa!!!



Ela disse e desmaiou.

E eu tirei uma foto dela assustada.

Vou guardar de lembrança.

Todos nós começamos a cair na gargalhada.

A cara da Hinata foi a melhor.

Kiba- a gente realmente é muito gênio.

Asuna- e eu ainda tenho uma foto deste momento.

Fluffly- ela Caio direitinho.

Asuna- deixa eu acordar ela, ai ela ajuda a gente a pregar a nossa vítima

Eu fui até a Hinata e eu expliquei tudo para ela.

Ela disse que não queria nós ajudar, aí eu disse que o Naruto iria nôs ajudar aí ela quis nos ajudar.

Kiba- bom quem será a nossa próxima vítima?

Asuna- A nossa próxima vítima será o Sasuke.

Hinata- eu acho que ele não vai se assustar.

Asuna- eu tenho um plano.

Depois que eu expliquei o meu plano e fomos em direção a casa do Sasuke.

Hehehe, hora da vingança por vc ter se recusado a lutar comido.

Nós fomos em direção a casa do Sasuke.

Ele iria chegar em casa em poucos minutos.

Então nós preparamos outro plano.

O fluffly agora iria pegar pesado.

Asuna- eu tô vendo ele kiba, vai lá.

Kiba- hey Sasuke.

Sasuke- oq foi kiba?

Kiba- um dos nossos cachorros fugio, ele é bem grande e é preto e branco por acaso vc o vio?

Sasuke- não ,mas se eu ver eu te aviso.

Kiba- obrigada eu vou continuar procurando.

E depois o Sasuke entrou.

No decidimos observar da janela a reação dele.

O fluffly iria se sentar em uma cadeira virada de costas.

Fluffly- olá,sasuke é bom finalmente eu me encontrar com vc.

E tudo ficou escuro na casa.

Sasuke- quem é vc é o que faz aqui?

Fluffly- eu sou aquilo que vc vai sonhar pelos próximos anos.

O fluffly virou a cadeira e ligou a luz da lanterna.

Fluffly- Buu!

Sasuke- ahhh!



Fluffly- hahaha, vc Caio direitinho.

Asuna/kiba- kkkkkkkk.

Sasuke- qual o problema de vcs? Forçaram até a Hinata a participar disso.

Asuna- na verdade ela não foi forçada, ela veio por vontade própria.

Depois de dar altas risadas e explicar oq havia acontecido.

O Sasuke óbvio ficou mal humorado.

E com raiva.

Ele também ficou meio surpreso com o cachorro que falava.

Nos chamamos ele nos ajudar a pregar peças nos outros,mas ele se recusou.

Asuna- nós também iremos pregar peças no Naruto.

Sasuke- eu vou só se vc me deixar planejar.

Asuna- fique à vontade.

E assim continuou o nosso dia.

Nós fizemos pegadinhas com todos aqui algumas fotos.











Todas aquelas fotos ficaram engraçadas, e eu iria guardar todas elas.

Mais tarde todos se reuniram pra tirar uma foto juntos.



Ela ficou bem legal, acho que vou por em um retrato.

Parece que eu fiz bons amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...