História A Cilada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, Pac, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Celps, Malena, Mitw, Youtubers
Exibições 47
Palavras 866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Misticismo, Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Steampunk, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então, muito tempo atrás eu fiz uma história sobre os legendários e outras coisas sobre meu universo mas acabei apagando a conta e aqui estou, não vai ter tanto Mitw nem Celps mas mesmo assim espero que gostem das pontinhas que vão ter =3

Capítulo 1 - Lorde


A floresta estava escura, as árvores já cheias de cortes, os quatro amigos estavam treinando desde madrugada, não podiam parar para qualquer simples coisa, afinal, sendo uns dos melhores guerreiros em todo o país tinham que manter a forma, claro que eles não eram os únicos guerreiros mas valia a pena, Mike estancou sua espada de diamante no chão e falou limpando o suor de seu rosto:
-Acho que está bom né, pessoal?
Cellbit não ouviu, apenas continuou atacando o máximo de galhos possível, Felps que havia sentado embaixo da árvore há horas apenas observando respondeu o moreno em um tom brincalhão:
-Sim, se vocês continuarem treinando não vão me aguentar depois.
Pac parou e disse entrando na brincadeira:
-Ai, mas você vai ser gentil né, Felps-Senpai?
Os três riram mas logo notaram o silêncio ensurdecedor do amigo de olhos azuis, eles se entreolharam e Felps perguntou:
-Cara... Tá tudo bem?
Cellbit parou dando um último golpe de raiva cortando a árvore no meio, ele sentou na grama ofegante e respondeu em um tom baixo:
-A Isis me ganhou de novo... Eu não consegui vencê-la...
Pac se aproximou falando:
-Não reclame a si mesmo por causa disso! Ela é uma bruxa experiente quase no level da Malena, é normal isso acontecer.
Cellbit virou a cara para eles enquanto arrumava os óculos no topo da sua cabeça e tirava o suor do corpo, então falou se levantando e botando um sorriso no rosto:
-Você deve ter razão! Então, quem quer beber!? Eu pago!
Todos celebraram e Pac e Mike começaram a ir enquanto cantavam músicas de marinheiro, Felps se aproximou de Cellbit e falou tocando em seu ombro:
-Cara, se algo estiver acontecendo, quero que saiba que pode contar comigo.
Cellbit assentiu e os dois se juntaram a Pac e Mike para cantar alto pela floresta.
---------------------------------

Já era a terceira rodada deles, a taberna começava a ficar mais cheia enquanto a meia noite estava chegando, cantavam alto uma música típica da região:
Corte a cabeça do mamute
Faça a bruxa feliz!
Gire três vezes
Finja que anil
Se não a bruxa te manda pro canil!
Os quatros gritavam a música junto com os outros bêbados num coral quase horripilante, a música acabou, os quatro se sentaram para beber de novo, Pac então falou para Mike:
-Vou no banheiro!
Mike apenas balançou a cabeça e voltou a cantar. Pac entrou no banheiro cheio de madeira podre e molhada, o mictório era apenas uma grande bacia cheia de gelo, Pac não estava bêbado o suficiente para usar aquilo mas se não usase com certeza iria explodir, abaixou o zíper de sua calça e começou a urinar, logo ele ouviu o barulho da porta abrindo e o barulho entrando rapidamente, ele deu uma rápida checagem em quem era e viu apenas um homem de terno, para aliviar a tensão ele falou:
-Eu... Eu tô usando esse aqui, mas eu acho que você pode ir no canto.
O homem permaneceu calado e olhando para os lados, analizando o lugar, Pac deu outra tentativa:
-Você... Você precisa usar mesmo?
Pac parou de urinar e fechou o zíper, se direcionou para a pia enquanto falava:
-Pode usar amigo.
Ele ligou a torneira e esfregou as mãos no sabonete, logo o homem se aproximou e falou:
-Você é Tarik Packagnan?
Pac fechou a torneira, ninguém sabia seu nome de criação, apenas o Mike! Ele então respondeu:
-Meu nome é Pac.
O homem percebeu que era ele, se endireitou e falou:
-Senho Packagnan, sua família requer sua ajuda.
Pac se virou e se apoiou na pia falando com certo ódio:
-Eu não tenho família.
O homem retrucou:
-Eles me autorizaram a usar a força no senhor.
Ele riu sadicamente e falou:
-Então usa.
O homem receou:
-Eles me disseram para te machucar o menos possível e...
Antes da frase ser completada ele já havia sido jogado contra a parede a fazendo quebrar e a cantoria perto do bar cessar, então uma briga se iniciou, Pac correu para perto dos amigos que já haviam puxado as armas, Felps foi o primeiro a exclamar:
-SERÁ QUE A GENTE NÃO PODE TER UM DIA DE DESCANSO?
Mike respondeu:
-Tudo bem! A gente estava ficando sem músicas mesmo!
Todos começaram a lutar, cada um deles defendendo e atacando com suas espadas e arcos, Pac então notou o homem de terno no meio da multidão, ele já havia se transformado, seus olhos estavam amarelos e seus dentes gigantes e afiados, Pac não podia deixar seus amigos virem pois as perguntas iriam começar, então ele começou a puxá-los para longe e em seguida correr, os quatro corriam de volta para a floresta se distanciando da estrada e da taberna, logo Cellbit gritou:
-PORQUE ESTAMOS CORRENDO? A GENTE PODIA TER VENCIDO!
Mike também gritou com sua voz ofegante:
-PAC FOI QUEM ME PUXOU PARA LONGE!
Felps foi o próximo:
-QUE PORRA QUE ACONTECEU PAC!? TÁ QUERENDO ESTRAGAR NOSSA REPUTAÇÃO!?
Pac respondeu as perguntas dos amigos:
-EU TENHO QUE EXPLICAR DEPOIS! AGORA A GENTE PRECISA...
Antes de terminar a frase todos haviam sido nocautedados, o último barulho que ouviram foi o som da madeira contra seus crânios, logo ficaram inconscientes.


Notas Finais


Não se esqueçam de comentar! Isso me ajuda muito para continuar determinada 6(*-*)9


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...