História A Clínica - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Kibaneji, Leegaa, Narusasu, Saiino, Sakuhina
Exibições 185
Palavras 1.400
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi!

Mais um capítulo.

Capítulo 19 - Sakura e Hinata - Parte 2


Fanfic / Fanfiction A Clínica - Capítulo 19 - Sakura e Hinata - Parte 2

Hinata Hyuuga:

 

 

Acordei com Sakura me abraçando e tentei me soltar, mas ela me apertou mais. Senti o meu rosto arder e fiquei tentando me soltar, até que ela acordou e percebeu o que acontecia e me soltou, com o rosto vermelho.

            Nos arrumamos, tomamos café e fomos à escola. Hoje era o último dia de aula, então o terceiro ano resolveu fazer uma guerrinha de balões d’água. Fiquei aguardando com Neji, Gaara e uma outra menina que eu não conhecia e quando eles finalmente terminaram, todos ensopados, nós fomos embora, a pé mesmo, já que ela estava toda molhada.

            Quando chegamos até a casa dela, recebi uma ligação, era a Ino, me convidando para ir visitar o Shikamaru com ela. Isso acontecia de vez em quando, toda a vez que ela e o Sai discutiam, ela convidava à Shion e à mim pra ir lá. Concordei, depois de muita insistência por parte dela e fui falar com Sakura. Ela disse que concordava e que iria se arrumar para sairmos mais tarde. Almoçamos, terminamos de nos arrumar e fomos à clínica, onde tivemos nosso encontro. Depois do encontro, Sai saiu irritado e Ino nos puxou, junto com Shion.

 

- Hoje vocês vão comigo e não adianta dizer que não senhorita Hinata. – Ino falou e eu suspirei. Ela gosta de me arrastar de vez em quando com ela, mesmo sabendo que eu não gosto de sair sem o Neji. Olhei para a Sakura, que olhava curiosa para a loira de olhos azuis. O que será que está passando na cabeça dela?

 

_____     x    _____

 

Sakura Haruno:

 

            Achei estranho quando Hinata disse que Ino havia a convidado para sair, mas Shizune me informou mais tarde que isso acontecia algumas vezes, a loira arrastava a morena de vez em quando, porém Hinata sempre acabava passando mal se saía sem Neji e as duas tinham que voltar mais cedo e isso me deixou preocupada, espero que não ocorra nada de grave.

            Chegamos finalmente à Fundação, onde o amigo da Ino está detido e ficamos aguardando algum tempo, até que um garoto moreno, de cabelos compridos, presos em um rabo de cavalo apareceu.

 

- Ah, eu não acredito, meu moreno não veio. – o garoto veio até nós, fazendo uma cara emburrada e abraçando a loira.

- Como você tá seu idiota? – ela perguntou, se soltando do abraço e voltando a se sentar, com ele à frente.

- Decepcionado. Pensei que iria ver o meu moreno. – ele falou, rindo e ela balançou a cabeça em negativa.

- Você gosta mesmo de provocá-lo não é? – ela falou e ele sorriu.

- Adoro. – ele falou rindo e logo olhou pra mim – Parece que temos outra amiguinha né?

- O nome dela é Sakura, ela tá fazendo trabalho social lá na clínica. Sakura, esse é o Shikamaru, meu melhor amigo e o maior idiota que eu conheço. – ela falou e ele ergueu uma sobrancelha.

- Mas você adora esse idiota aqui. – ele falou e ela balançou a cabeça.

- Não sei não. Talvez eu tenha arrumado um outro melhor amigo muito melhor. – ela falou brincando e ele fez uma falsa cara de ofendido.

- Ok, vou arrumar uma outra melhor amiga também. A Hina me adora não é Hina? Não quer ocupar o lugar da Ino? Tenho vagas disponíveis pra melhor amiga agora. Se bem que você já é a minha noiva, talvez eu escolha a rosada pra melhor amiga. – ele falou e meus olhos se arregalaram.

- Noiva? Que história é essa? – perguntei um pouco nervosa demais e ele me olhou sorrindo.

- É que o Sai não aceitou o meu pedido. Então a minha nova noiva é a Hina. – ele falou rindo e eu olhei para a morena, que estava corada e a loira, que balançava a cabeça em negativa.

- Mas vocês não podem casar. – falei nervosa, sem nem pensar e ele me olhou e balançou as mãos à frente do corpo.

- Ei rosada calma, eu tava brincando. – ele falou e a loira o interrompeu.

- Não liga não Sakura, ele adora provocar. Principalmente o Sai. – Ino falou e ele sorriu novamente.

- O que eu posso fazer se o seu namoradinho é tão fácil de enganar e esquentadinho. – ele falou e eu estranhei, Sai não parecia esquentado.

- Ele só é assim com você. Ele tem ciúmes de você. – a loira falou encarando-o.

- Porque ele é idiota. Ele acha o que? Que eu quero você? Por Kami, você é como se fosse a minha irmã e eu não sou do tipo que comete incesto. Mas talvez eu queira uma outra loira. – ele falou, olhando para Shion, que entrou na brincadeira.

- Eu já te falei, só depois que ganhar o meu anel. – Shion falou, estendendo uma mão na direção dele.

- É... acho melhor eu esquecer as loiras. Talvez agora eu me interesse pelas rosadas, o que acha? – ele falou, olhando pra mim.

- Acho que você não é o meu tipo. – falei, ainda um pouco irritada com a brincadeira sobre casamento com a morena.

- Calma rosada, é brincadeira. Você é estressada né? – ele falou e eu o olhei com uma sobrancelha arqueada e ele ficou mais algum tempo conversando com as duas loiras e de vez em quando provocava a morena e eu já estava me segurando pra não voar no pescoço dele, até que finalmente o horário de visitas acabou e eles se despediram, Ino abraçou o amigo carinhosamente, com os olhos marejados e eu me despedi com um aceno de cabeça, porém ele me puxou pra um abraço e falou algo em meu ouvido, que me deixou surpresa – Vai com calma com a morena. – ele falou e meus olhos se arregalaram e ele me soltou e me olhou com um sorrisinho malicioso, antes de dar um aceno com a mão e voltar junto com os outros garotos detidos.

 

            Depois daquilo, ficamos um pouco em uma praça, tentando acalmar a Ino, que não parava de chorar. Shion disse que ela sempre fica assim quando vem ver o amigo, que ela se sente culpada por ele ter sido preso.

            Quando a garota finalmente se acalmou, Shion deu a ideia de irmos tomar um sorvete, pra animar a outra loira. Fomos até uma sorveteria e eu percebi vários olhares sobre nós e principalmente para a morena, que tinha o rosto corado e não gostei nadinha disso.

            Quando saímos daquele lugar, Ino recebeu uma ligação de Sai e percebi que ela se derreteu toda conversando com ele. Pelo jeito, ele pediu desculpas  a ela, porque ela disse que o perdoava e que entendia o ciúmes dele, mas que ela e Shikamaru eram só amigos. Fiquei ouvindo os dois discutirem a relação no telefone, com todo mundo ouvindo, até que ela se derreteu por completo e marcou um encontro com ele e se despediu de nós, indo provavelmente encontrá-lo.

            Andamos mais um pouco e a outra loira também se despediu e foi embora e fomos somente Hinata e eu o resto do caminho, caladas, a morena caminhava olhando para o chão.

            Chegamos em casa, tomamos um banho e ficamos conversando novamente, dessa vez ela falava um pouco mais. Depois do jantar, subimos e eu perguntei se ela queria dormir novamente comigo, ela assentiu com um sorriso e pegou o travesseiro, indo até a minha cama e deitando ao meu lado. Fechei os olhos, com a intenção de dormir, porém não esperava o que eu ouvi logo depois.

 

- Sakura... obrigada. – ela falou, com o rosto corado e eu a olhei confusa, sem entender o que ela queria dizer com aquele agradecimento – Eu não tenho costume de sair de casa sem o Neji. Na verdade, todas as vezes que eu havia tentado, eu sempre havia falhado, essa foi a primeira vez que eu consegui realmente sair sem ele. E acho que foi por sua causa. Por algum motivo, me sinto segura com você. Obrigada. – ela falou, com o rosto totalmente vermelho e naquele momento eu entendi o que Shikamaru queria dizer, pois senti uma vontade quase incontrolável de apertá-la entre os meus braços e beijá-la. Mas não posso, não posso assustá-la e perder a confiança dela, por isso, acabei me controlando e me limitando a abraçá-la e senti ela se aconchegar mais ao meu corpo e senti ainda mais vontade de beijá-la, porém sei que não posso, pelo menos não agora, quem sabe outro dia. 


Notas Finais


Logo continua.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...