História A cold girl but with a warm heart(imagine Suga) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 107
Palavras 1.515
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Primeiro dia de aula


Fanfic / Fanfiction A cold girl but with a warm heart(imagine Suga) - Capítulo 2 - Primeiro dia de aula

S/N on

Dia seguinte 05:45 da manhã

 O despertador toca e eu me levanto e vou pro banheiro faço minhas higienes matinais e tomo um banho de quinze minutos.

 Eu saio do banheiro enrolada na toalha, vou até meu guarda-roupa pego uma langerie preta e uma roupa pra ir pra escola(foto de capa).

 Deixo meu cabelo solto, passo um batom vermelho escuro e desco pra cozinha.

 Eu so pego uma maçã e saio de casa comendo a maçã, depois de dez minutos eu chego na escola.

 Eu me sento em banco pra esperar o sinal tocar e fico mexendo no celular até que um grupo de sete garotos veio até mim.

???: Ei garota você está sentada no nosso banco.- falou uma garoto de cabelos laranjas.

- Serio? Engraçado eu não estou vendo o nome de vocês em canto nenhum.

 Eu começo a escutar pessoas a cochicharem algo como "ela é doida?", "ela não sabe com quem está se metendo!" e "essa vai apanhar muito".

???: Você sabe com quem está falando?- esse tem cabelo rosa.

- Sim eu estou falando com um grupo de idiotas tirados a valentões.- eu dou um sorriso debochado.

 Apos eu falar isso esse mesmo garoto de cabelo rosa tenta agarrar meu braço, mas eu fui mais rápida e desviei.

- Eu só tenho uma coisa pra falar...- eu dou uma pausa- nunca tente tocar em mim.- eu digo e entro na escola.

 Ainda tinha tempo então eu fui na diretoria pra pegar meus horarios e o número da minha sala.

Diretora: Oh, você é a novata?

- Sim.

Diretora: Espere um momento...- ela procura algo em uma pasta.- aqui estão os seus horarios e o número de sua sala, deseja mais alguma coisa?- eu pego os papeis de sua mão.

- Não- eu digo e saio de la.

 Eu saio da diretoria e vou direto pra sala esperar o professor, depois de alguns minutos o sinal bate e alguns alunos acompanhados do professor entram.

Professor: Bom dia alunos, hoje temos uma...- ele é interrompido por batidas na porta.- Pois não?.- a porta é aberta e são aqueles idiotas de hoje mais cedo- Atrasados novamente? Hoje será a última vez que vocês entram na minha sala atrasados.- eles assentem e vão para seus lugares.- Continuando hoje temos uma novata,- ele me olha- Poderia vir aqui se apresentar?

  Eu levanto de meu lugar e vou na frente da sala.

- Meu nome é S/N S/S e tenho 18 anos.- eu digo e vou pro meu lugar.

Professor: A senhorita não tem mais nada pra...

- Não.- eu digo interrompendo ele.

 Sem falar mais nada ele começa a passar materia no quadro e eu sinto que estou sendo observada.

  Horas se passaram e eu continuo com essa sensação de estar sendo observada e agora já bateu o sinal do intervalo e eu fui a primeira a sair da sala.

 Eu fico andando pela escola, e depois de alguns minutos eu decido ir la pra fora, eu dou play na minha play list de músicas, me sento no chão, fecho os olhos e adormeço.

S/N off

Suga on

- Pessoal olha a novata ali.-

 Eles olham pra onde eu aponto e todos veem ela sentada no chão com fones no ouvido e com os olhos fechados.

J-Hope: Se eu não me engano eu acho que o nome dela é S/N.

R.M: Vamos dar as boas vindas pra ela pessoal?

JungK.:Claro.

 Nos levantamos e fomos até ela, que continuava parada, com os olhos fechados.

V: Ei novata!- ela continuava quieta.

Jin: Deve estar dormindo.

S/N: Estaria mesmo se vocês estivessem calados!- ela fala de olhos fechados e levanta do chão.

Jimin: So vinhemos te dar as boas vindas a escola.- ele fala sorrindo.

S/N:...- ela vai embora

J-Hope: Mal educada...

V: Nos vamos educa-la igual fizemos com os outros novatos.

Suga off

S/N on

 Eu saio de lá e vou pra sala que estava vazia e sento no meu lugar.

- Se vocês pensam que eu sou idiota estão muito enganados.

Eu escuto a porta ser aberta e vejo uma garota entrar na sala.

???: O-olá.

- Oi.

???: Você é novata?- ela caminha e senta do meu lado.

- Sim porque?

Yang mi: Eu me chamo Yang mi e gostaria de saber se você gostaria de ser minha amiga... se você quiser é claro.- ela abaixa a cabeça.

-(Talvez eu posso dar um voto de confiança nela mas... não vou ser um livro aberto...) Ok.

Yang mi: S-serio?

- Eu não vou repetir.

 Ficamos conversando sobre algumas coisas e ela ficava falando sobre o namorado dela e o sinal bate e ela vai pra sua sala.

 Os outros entram na sala e depois de alguns minutos o professor também, esse já chegou passando conteudo no quadro.

-( Mal educado...)- eu reviro os olhos.

Horas depois...

 A aula já acabou e eu esperei todos sairem da sala, e quando eu ia sair a porta foi trancada.

-*Suspiro* Não vai ter outro jeito.
Eu vou até a janela, abro ela e pulo de lá caindo em pé no chão, eu olho pra trás e vejo o mesmo grupo de idiotas de boca aberta, eu dou um sorriso debochado pra eles e vou embora.

-(Droga não era pra eles terem me visto!)-

 Por raiva eu chuto a lixeira que estava na minha frente e ela vai pra longe, é melhor eu me controlar pra não colocar fogo na cidade.

-(Eles só me viram cair em pé no chão... não foi nada de mais.)- eu respiro fundo e continuo andando.

 Depois de alguns minutos eu chego em casa, eu entro em casa fecho a porta, jogo a mochila em um sofá e e deito no outro sofá, eu ligo a TV e estava passando um filme de terror.

Uma hora e meia depois...

- Filme sem graça.- digo apos o filme acabar, eu olho as horas no celular.- 14:30 legal...

 Eu pego a minha mochila e vou pro meu quarto e meu celular começa a tocar.

- Alô?

Mãe: Filha?

- Sim mãe aconteceu algo?

Mãe: Você não arrumou briga com alguém?

- Não... quase mas não, porque?

Mãe: Você tem que continuar assim pra não ser descoberta.

- Eu sei mãe... mas me responda algo.

Mãe: O que filha?

- Você está estranha aconteceu algo?

Mãe: É sobre os seus poderes.

- O que tem eles?

Mãe: Depois eu conto, mas voltando ao assunto de brigar... porque você quase brigou com alguém?

- São uns idiotas que vieram me incomodar.

Mãe: Sei... bom filha eu não posso ficar muito tempo no telefone, estou trabalhando tchau filha te amo!

- Tchau mãe também.- eu encerro a chamada. 

 Eu faço um fogo meio avermelhado aparecer na minha mão direita e na minha mão esquerda água.

- É assim que eu sou fria por fora e... quente por dentro.- eu faço os dois desaparecer.

 Eu vou pro banheiro, tiro minha roupa, ligo o chuveiro e começo a tomar um banho gelado.
 
 Quinze minutos depois eu desligo o chuveiro, me enrolo na toalha e saio do banheiro.

 Vou até o guarda-roupa pego uma langerie cinza, uma saia xadrez, uma camisa preta e uma botinha preta e visto.

- 16:00... ela sai do trabalho 20:00, talvez eu posso sair pra passar o tempo, já que eu não tenho nada pra fazer mesmo.

 Eu pego uma certa quantia de dinheiro, pego minhas chaves, saio de casa tranco a porta e saio andando em direção ao parque de diversões a dois quarteirões daqui.

-(Eu não sei o que aconteceu mas deve ser algo bem serio.)

 Eu continuo andando pensativa até que eu chego no parque.

-(Demorei mas cheguei.)

 Eu fico olhando os brinquedos e decido ir na montanha russa, entro na fila que não estava muito grande e espero uns cinco minutos até que chega a minha vez.

 Quando ela começou a se movimentar eu so escutava as pessoas na minha frente e atrás de mim gritarem.

 Quando a montanha russa parou eu sai dela e fui em outros brinquedos até que fica de noite.

 Eu saio do parque e vou pro fundo da floresta eu faço um portal com chamas pra ir diretamente pra minha casa e entro no portal, quando chego em casa eu fecho o portal.

- 20:48 vou ligar pra ela.

  Eu ligo pra minha mãe e uns minutos depois ela finalmente atende.

Mãe: Oi filha o que foi?

- Já pode ir falando o que aconteceu com meus poderes.

Mãe:...- ela suspira- Bem é que... seu pai descobriu que na família dele, o bisavo dele que controlava a eletricidade e você... herdou esse poder.

- S-serio!?- eu digo animada.

Mãe:... Você ficou animada com isso!?

- Mãe como eu não ficaria feliz você sabe que eu gosto de ser o que eu sou.

Mãe: Era so isso boa noite filha.

- Boa noite.- ela encerra a chamada.- Agora eu posso controlar a eletricidade, muito obrigada pai!

 Eu vou pra cozinha faço algo pra jantar, quando termino me sirvo e me sento na cadeira.

- E se eu ver como é?
 
 Eu faço uma bola eletrica aparecer na minha mão, e depois eu faço desaperecer, termino de jantar, lavo o que eu sujo e vou pro quarto.

 Vou pro banheiro, tiro minha roupa, ligo o chuveiro, tomo um banho de 15 minutos e desligo o chuveiro, me enrolo na toalha, escovo os dentes, vou até o guarda-roupa, pego uma langerie verde, meu pijama e me visto, deito na cama, e uns minutos depois eu adormeço.


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...