História A Colecionadora de Palavras! - Fique Forte. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Automutilação, Bullying, Depressão
Exibições 29
Palavras 963
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 4 - Lixo no lixo!


Bárbara On:

Dormindo, sinto o sol batendo no meu rosto, mostrando que a manhã havia iniciado!

Eu sentei na cama, não estava com ânimo para levantar, mas tinha que ser forte por mim!

Depois de alguns minutos me arrumando, eu estava pronta, tomei um suco, já que faziam quase 24 horas que eu não comia e fui para a escola!  

Chegando lá, as Criadoras de Palavras ainda não tinham chegado, fiquei aliviada!

Logo eu avisto o Matheus! 

Matheus- Bom dia, Senhorita Mistério! -

Bárbara- Oi... -

Matheus- Que cara é essa? O que aconteceu? -

Bárbara- Briguei com os meus pais! Mas briguei feio dessa vez! Tá foda... -

Matheus- Vai ficar tudo bem! - Ele me abraçou! 

Bárbara- Obrigada! - Tentei dar o meu melhor sorriso!

Matheus- O que é essa arranhão no seu braço? - Aquela pergunta me assustou! 

Bárbara- Foi... O meu gato... - Disse.

Matheus- Não sabia que você tinha um gato! -

Bárbara- Pois é... Eu tenho. - 

Matheus- Qual o nome dele? Eu também tenho um! -

Bárbara- Ele chama... É... Felix!Isso! Felix! - 

Matheus- A minha chama Abigail! - Ri.

Bárbara- Que nome engraçado! -

Matheus- Eu preferia Clementina! -

Bárbara- Já deu! - Rimos.

Logo a aula começa! E quem chega? 

As Criadoras de Palavras! Elas vão até a minha mesa e jogam papeis, pontas de lápis e pacotes de bala em mim!

Larissa- Lixo no lixo! - Elas riram e eu abaixei a cabeça!

Manuela- Vai ficar tudo bem, uma hora você toma jeito! É só nascer de novo!- Elas riem novamente e o Matheus se levanta!

Matheus- Deixem ela em paz! Vão arrumar o que fazer! -

Júlia- Cala a boca viadinho de merda! - Elas riram e saíram! Eu consegui segurar o choro, mas sei que quando eu chegar em casa vou desabar!

Matheus- Tá tudo bem Babi? -

Bárbara- Tudo... Muito obrigada, mas não precisa me defender! -

Matheus- Você não pode deixar elas te tratarem assim! -

Bárbara- Não... Talvez eu mereça. -

Matheus- Ei, ninguém merece isso! Elas são três idiotas frustadas com a vida que descontam toda a infelicidade delas em você! -

Bárbara- Deixa quieto... - Abaixei a cabeça e fiquei esperando a aula passar! Até que o professor nos avisou de um trabalho que seria para daqui a duas semanas, seria em dupla! Eu e Matheus! Faríamos na minha casa próxima semana!

Logo o intervalo se inicia, pela primeira vez, eu não vou ficar sozinha!

Eu e o Matheus sentamos em um banco e ficamos conversando!

Matheus- Você não trouxe nada pra comer? -

Bárbara- Não... - Ele me ofereceu um pacote de bolacha! - Não estou com fome! -

Matheus- Tem certeza? -

Bárbara- Sim! -

Matheus- Tudo bem então... - Ficou um silêncio, até que:

Bárbara- Matheus... -

Matheus- Oi! -

Bárbara- Por que você está sendo legal comigo? Quero dizer... Por que você foi tão legal comigo, quando naquele dia eu fui tão grossa com você? -

Matheus- Prefiro não ter inimigos, então tento ser simpático com todos! -

Bárbara- Você não foi simpático com as Cria... Com aquelas meninas! -

Matheus- Não fui. Mas tem pessoas que não valem a pena manter por perto! - 

Bárbara- Tem razão! - Suspirei!

Matheus- É um milagre você estar interagindo e não lendo! -

Bárbara- Já li tanto aquele mesmo livro, que estou procurando algum outro. -

Matheus- Eu vou te mostrar amanhã então! O melhor livro que você vai ler na sua vida! -

Bárbara- É sobre o que? -

Matheus- Não tem uma história propriamente, eu não sei explicar! Mas sei que a Senhorita Mistério vai gostar! Esse livro é a sua cara! Ação, aventura, romance, e obviamente mistério! -

Bárbara- Romance? Não me descreve tão bem... - Ele riu!

Matheus- Qual foi a última vez que você beijou? - Eu olhei pra ele e ri! - Pera. Você nunca beijou? -

Bárbara- Garotos com muita saúde mental não se interessam em garotas transtornadas... -

Matheus- Bom, eu não sou o garoto com a melhor saúde mental do mundo! - Olhei para ele e sorri!

Bárbara- Não é? -

Matheus- Não. -

Bárbara- Tudo bem, ninguém é! - Até que o sinal toca! - Ai que saco! -

Matheus- Aula de matemática agora! -

Bárbara- Quer matar aula? -

Matheus- Quero!-

Bárbara- Mas aonde? - 

Matheus- Não conheço tão bem a escola, mas sei de um lugar me segue! - Nos levantamos e eu segui ele até os fundos da escola, onde tinha uma porta que geralmente ficava trancada, mas não estava desta vez, nós entramos e tinha uma longa escada, subimos ela e me deparei com o telhado da escola!

Bárbara- Uau! Como você descobriu esse lugar? -

Matheus- Tentando fugir de alguns meninos da nona série! - Nos sentamos e ficamos admirando a vista! - Você é estranha... -

Bárbara- Como assim? -

Matheus- Não sei.. Eu percebo. Sorri como se fosse a garota mais feliz do mundo, mas olha para as pessoas como se estivesse pedindo socorro. -

Bárbara- Talvez seja isso mesmo... - Começamos a nos aproximar, até que as nossas bocas se encostam e começamos a nos beijar! No final do beijo ele me olha e diz!

Matheus- Como foi perder o BV com o garoto mais gato e magnífico da escola? - Sorri.

Bárbara- Não sei, mas como foi beijar a garota mais estranha e misteriosa da escola? -

Matheus- Olha, foi muito bom. Avisa pra ela que para uma primeira vez não está tão ruim! - Rimos.

Bárbara-Idiota! - E ficamos trocando carinho e olhando pro céu, até acabar a aula!

Matheus- Tchau Senhorita Mistério! Trago seu livro amanhã! -

Bárbara- Tchau! Vou cobrar, hein! -

A caminho de casa fiquei pensando... Isso aconteceu mesmo? 

(CONTINUA)

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...