História A common dream - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Beijada Por Um Anjo
Tags Romance
Visualizações 2
Palavras 561
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Cap. 3


Acordo às 5 horas para a viagem, o sono lidera o ranking de dominação do meu corpo, porque tenho que acordar tão cedo? Camila já está no pé da cama revirando as roupas que ainda não tinha guardado. Como ela tem tanta disposição?

Depois de 15 min fitando o teto, levanto-me com a maior preguiça do mundo. Sabe quando se tem preguiça a ponto de não ter coragem de abrir os olhos? Eu estava com aquela preguiça sobre meu corpo, mas preciso me aprontar. Fui ao banheiro fiz tudo o que tinha de fazer por lá e me vesti com as roupas que minha “estilista” disse ser boa o bastante para minha mudança.

- Dessa forma me força a pensar que você quer livrar-se de minha pessoa!

- Não né! Oxe! Não pense isso sobre mim! Não quero que vá, mas você quer ir, então não posso te impedir.

- Beleza então, como vai com o NAMORADO?

- Tá doida?! Que namorado? Não tenho namorado!

- Ah é?! E aquele bonitinho lá?

- Nada a ver querida. NADA A VER!

- Finge que me engana, que eu finjo que acredito.

- Pode nem conversar com ninguém… -fala revirando os olhos- E a propósito, eu vi ta?!

- Viu? O que você viu?

- Você e o Eduardo. Sei não, mas sei lá…

- O que tem? Nós estávamos conversando, e daí? Pecado agora?

- Não né?! Mas eu vi algo a mais que uma simple conversa bebê.

- Ele me beijou sim. E daí? Só foi um beijo. -reviro os olhos

- ATA. Só um beijo, sei…

- Foda-se ele, sou mais eu! -ri-Que frase clichê essa. -reviro os olhos e mostro a língua.

- Clichê não, além! -ri sem parar

- Bom, acho que já tá na hora. -um carrp começa a bozinar na frente da casa.

- Eu te acompanho! -já lá fora- Acho que tchau né?!

- Tchau nada, até logo! Me abraça! -ela me abraçou o mais forte que pôde. - Te amo, sabia?

- Sabia e eu também te amo.

Depois disso entrei no carro de meu tio rumo a cidade nova.

***Quatro horas depois***

Após quatro horas, chegamos! Depois de muito “tem muitos amigos na outra cidade?”, “você irá ser muito bem lá”, “tem namorado?”, “você saia muito com seus amigos?”, “por que você gosta desse tal de Justin Bieber?” finalmente chegamos e eu poderia ver minha casa nova, meus pais e outras coisas.

- Oi meu bebê! -minha mãe fala partinfo para o abraço

- Oi mãe! -a abraço e UAU como é bom abraçá-la!

- Como foi a viagem?

- Foi ótima! Onde papai está?

- Seu pai está trabalhando.

- Carlos vem aqui constantemente?

- Aah, não vem muito. Agora entra, toma um banho e descansa, faz o que quiser enquanto eu vou no mercado.

- Ta bom… -entrei, ela foi ao mercado. Fui tomar banho, mas antes liguei o som em um volume um pouco alto tocando várias músicas, em especial do Justin.

Saí do banheiro,minha mãe ainda estava no mercado, vesti uma roupa bem confortável e fiquei olhando meu quarto, com aquela cor, cinza. Começo a arrumar o quarto do meu jeito. Com som ainda bem alto tocando uns funks, toca a campainha.

- O que deseja? -olhando para aquela paisagem na minha frente. Meus Deus que beleza!

- Que você abaixe essa porcaria!

- Que porcaria?

- Essa que ta tocando!

- Beleza, ridículo.

- Chata mimadinha. -saio me dando as costas e cara, QUE BUNDA!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...