História A Competition For Love - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Drama, Fell Frans, Frans, Hentai, Mistério, Romance, Sans X Frisk, Underfell, Undertale, Universo Alternativo
Visualizações 110
Palavras 1.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem pelo capítulo curto :c

Capítulo 20 - The Kiss


Fanfic / Fanfiction A Competition For Love - Capítulo 20 - The Kiss


No Capítulo Anterior...

>>- Eee, calma estressadinho! Só quero saber pra onde vamos agora. 

- Você quer mesmo saber? – Ele começa a se aproximar de mim com um sorriso malicioso no rosto. – Nós vamos a um lugar escuro, sem janelas e bem distante... – A cada palavra ele se aproxima mais, eu começo a suar e corar. – Ninguém vai poder te ouvir... Só eu, você e algemas. – Ok, to pagando um cosplay de pimenta. –

- O-O Q-QUE?? – Eu ia falar mais coisas na cara dele mas ele me interrompe. – É brincadeira heheheh, vamos explorar mais. <<
 

No Capítulo Atual...

Depois de Fell falar isso e me deixar bem nervosa, eu andei o caminho todo em silêncio.

- Ue, você não vai reclamar de alguma coisa? – Disse Fell surpreso. –

- Como assim?

- Você sempre reclama de algo quando está comigo. – Ele disse um pouco nervoso e... chateado? –

- Eu.. hmm.. É que você é muito difícil! E não, não vou reclamar de nada. Não tem motivo pra isso. – Falei levantando um pouco minha voz, como se tivesse que dar satisfação pra ele. –

- Wow, calma heh. E como assim "difícil"? – Ele falou fazendo questão de fazer aspas no ar. –

- Você... Você é muito bipolar! Isso deixa tudo mais difícil!

- Bipolar? Eu não sou bipolar! – Ele disse nervoso. –

- Tá vendo? Uma hora você me trata bem e outra me trata super mal! – Disse um pouco nervosa também. –

- ... Foda-se também! Esse é o meu jeito! Comece a se acostumar. – Ele disse mudando de humor rápido. –

- Acho bom você se resolver de como quer me tratar! Assim não vai ter como, eu não vou me acostumar com isso! – Fiz birra. –

- Resolver como te tratar? Ok então, vou te tratar como eu quero desde o dia que eu te conheci. – Fell me pega bruscamente no meu braço e me encurrala em uma parede de um beco ali perto, jogando Flowey para longe. Minha respiração ficou rápida e densa. –

- Me... ME SOLTA! – Gritei. –

- Heh, não. Você pediu por isso. – Fell me dá um beijo. E um baita beijo por sinal! No começo eu hesitei e comecei a bater nele pra ele parar, mas ele foi mais forte que eu e resistiu. Então, eu cedi e comecei a seguir o ritmo do beijo. No início, era um beijo muito violento e desesperado, mas depois ele e eu fomos se acalmando e o beijo foi ficando calmo também. Ele pediu passagem com a língua e eu cedi novamente. Uma parte de mim dizia pra eu dar um soco na cara dele! Mas outra queria muito o que está acontecendo. Queria muito Fell. Após tantos pensamentos, o beijo acabou durando menos do que eu esperava. Eu o olhei com uma cara de espanto. –

- ...

- ... E-Eu... – Ele tentou formar uma frase mas estava muito corado e muito suado, assim como eu! Eu pisquei e Fell tinha sumido. Ele deve ter se teleportado para algum lugar. –

- MAS O QUE? VOCÊ ME BEIJA E SE ESCONDE? CADÊ O CARA QUE ERA O VALENTÃO CHEIO DE INICIATIVA? – Eu gritei achando que ele iria ouvir. –

Frisk POV's OFF

Fell POV's ON

Após o beijo que eu roubei da SweetHeart, eu me teleportei para a caverna que tem atrás da cachoeira de Waterfall. Eu estava com a mão na minha boca não acreditando no que tinha feito, meu coração estava acelerado. Mas por que eu estava assim? Ela é só mais uma puta que eu beijei! Nada demais! Eu comecei a ficar nervoso e chutar tudo o que via na minha frente. Tenho certeza absoluta, essa garota mexe comigo!
Eu escuto passos apressados e nervosos. Eu me encolho mais tentando não aparecer. Eu vi através da água e era a SweetHeart.

- TE ACHEI!! – Ela disse pulando em mim e atravessando a água. –

- SAI DE CIMA DE MIM! – Eu a empurrei. –

- POR QUE VOCÊ FEZ ISSO?

- O QUE?... EU SÓ F-FIZ O QUE EU QUERIA FAZER DESDE O DIA QUE EU TE CONHECI! NADA DEMAIS. 

- NADA DEMAIS? VOCÊ ME ROUBA UM BEIJO E DEPOIS SE ESCONDE? QUANTOS ANOS VOCÊ TEM? SETE?

- EU... – Eu nunca fui de perder uma briga sequer! Mas dessa vez... – Me desculpe SweetHeart. –  Eu sussurrei. –

- O que disse?

- ME DESCULPE SWEETHEART! FELIZ? – Disse revirando os olhos. –

- Ah, que bom! Aprendeu a pedir desculpas! Agora vai ser um idiota de novo?

- Olha aqui sua vagabunda--- – Eu dizia começando a ameaça-la. –

- Vagabunda? VAGABUNDA? CHEGA! JÁ TO CHEIA DISSO! – Ela me agarra pela gola da minha blusa me puxando para muito perto do seu rosto. Eu coro. – Eu nunca fui de fazer isso... Mas você pediu. AGORA VOCÊ VAI VER A VAGABUNDA! – Ela diz em um tom calmo com os olhos fechados, depois ela aumenta seu tom bruscamente abrindo os olhos. Eles pareciam queimar chamas enormes! Ela me dá um soco que me nocauteia. –

Fell POV's OFF

Frisk POV's ON

- AI MEU DEUS!! – Depois de ter percebido que nocauteei Fell, eu entrei em desespero. Eu nunca tinha feito isso antes! Eu peguei Fell e coloquei ele deitado sobre meu colo. Eu fiquei por muito tempo esperando ele acordar, até que eu lembrei que tenho itens de cura! –

- Que idiota... Por que não pensou nisso antes? – Disse com raiva de mim. Eu peguei uma Maçã Siri e abri a boca de Fell, coloquei a Maçã Siri na boca dele e comecei a abrir e fechar, como se ele estivesse mastigando. Eu dou um jeito de ele engolir e ele acorda aos poucos. –

- O que... Minha ca... Cabeça... – Ele faz uma expressão de dor. –

- Vo... Você... – Ele para e observa a cena. Ele percebe que está no meu colo e se afasta. –

- VOCÊ ME NOCAUTEOU!

- A CULPA É SUA!!

- MINHA? MAS O QUE EU FIZ?

- VOCÊ ...

- Você?... – Ele disse esperando minha resposta de braços cruzados e um sorrisinho de canto idiota. –

- Você... – Ele começa a se aproximar... – Vo... cê.... – Ele coloca um dedo no meu queixo fazendo eu inclinar minha cabeça. Ele me dá um beijo calmo. Mais uma vez? Sério? Mas tinha algo diferente... Eu pude sentir que aquele beijo não era apressado, desesperado ou algo do tipo... Ele era bem mais calmo e relaxado. Como se o tempo estivesse a favor de nós e só nós existíssemos. Esse beijo dura mais que o outro e ele começa a esquentar... Eu sinto Fell colocado a sua mão na minha cintura e eu coloco a minha em cima. Eu sabia o que ia acontecer dali em diante se eu deixasse... Felizmente... Ou Infelizmente, o ar foi preciso e paramos o beijo e nos encaramos um nos olhos dos outros.

- ... Sweet... Se isso acontecer de novo... Eu não vou ser responsável pelas consequências. –  Ele disse me alertando. Eu começo a corar pensando no que seria essas "consequências".– 

- Heh... No que está pensando em? –  Ele percebe que meu rosto está corado e da um sorrisinho malicioso. – 

- Vamos, temos muito pra te mostrar. –  Ele se levanta e nem me ajuda me levantar. Que cavalheiro! Eu me levanto e o alcanço. – 

- Onde está Flowey?

- Eu estou aqui. –  Flowey disse todo sujo de lama chegando perto de nós. – 

- Até que fim achei vocês!

- Flowey!! –  Eu corri até a flor suja. –  Quem fez isso com você? –  Disse limpando ele com "meu" sweeter. Flowey olha pra uma direção e eu companho seu olhar, e ele da logo em... FELL! O mesmo estava fingindo estar interessado no paisagem pra se "safar". – 

- SEU IDIOTA! É SÉRIO? ATÉ ELE? PORRA FELL! –  Ele se assusta com a minha reação. Realmente, não é o que eu faria. – 

- ...Nossa. Eu não queria ter feito isso com esse adubo. Queria ter feito bem pior.  – Fell da um sorriso de deboche para Flowey. – Você vai continuar? – Perguntei cerrando os punhos. – Heh, acho bom você não contar muito com isso. Eu estava distraído. –

- Ah é? Distraído com o que? – Falei entre os dentes. Já estava por aqui com ele. –

- Com... Com seus olhos...

- Os meu olhos? – Eu relaxo um pouco os punhos. Eu percebo Fell corar, assim como eu. –

- É... Podemos ir? – Ele nem esperou minha resposta e já foi andando na frente. –

- Eu não sei como você aguenta esse idiota... – Flowey disse agarrando suas raízes no meu braço. –

- Sinceramente... Nem eu. – Quando alcanço Fell ele começa a falar. –

- Bom, aqui você já sabe onde é. – Eu não liguei para Fell e fui ouvir as Flores Ecoantes. –

"Você me faz pirar! Por que faz isso comigo? Você deveria ser só mais uma puta que conheci!... Eu... Eu acho que te amo. EU TE ODEIO!"

- Wow... – Eu nem disse nada e Fell parecia muito nervoso. – Vamos SweetHeart. – Ele me puxa pelo braço mas eu puxo de volta. Eu começo a ouvir outras Flores. –


"Esse seu jeitinho... O seu beijo... Você me conquistou no primeiro olhar... Mesmo nem me conhecendo bem e nem eu te conhecendo bem, eu sei que o que eu sinto por você não é só amizade... AH, FODA-SE! VOCÊ NUNCA IRIA ENTENDER! E ALIAIS, NUNCA VAI ESCUTAR ESSAS FLORES!"

- Essas mudanças de humor parecem alguém que eu conheço... – Eu olho pra Fell. O mesmo toma um "susto". –

- Eu?

- Quem mais seria?

- Eu hm...

- Pra quem você se "declarou"? – Ele deve ter se declarado quando estava aqui sozinho... – Pensei. –

- Eu não vou te falar. Vamos. – Ele disse seco e sério. –

- Ah, vamos Fell! Fala logo!

- NÃO! Não. Eu não quero! VAMOS. – Ele disse nervoso. Por que ele estava tão nervoso assim? Apesar de que... Esse nervosismo é impulsivo, tipo quando você quer ir embora de onde está e trata todo mundo mal... Sei lá, esse jeito dele é louco! –

- E-Espera!! – Eu disse tentando diminuir a velocidade dos passos. –

- Anda mais rápido! – Ele me da um puxão que me deixa do lado dele. –

- Obrigada? Eu acho?... – Fell pega na minha mão sem falar nada... –


Notas Finais


Desculpem se tiver algum erro ortográfico ;-;
Espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...