História A Complicated Love - Camren G!p - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Alexa Ferrer, Ally Brooke, Amor, Camila Cabello, Camren, Camren G!p, Dinah Jane, Drama, Gravidez, Keana Marie, Lauren Jauregui, Laureng!p, Lucy Vives, Normani Kordei, Romance, Shawn Mendes, Vero Iglesias
Visualizações 3.098
Palavras 1.338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei meus bolinhos!!!! 3 dias depois e esse capítulo já tava pronto há alguns dias... mentira só 2 kkkkkk

Olha, vocês prepara a calcinha pra esse capítulo

Capítulo 32 - Period


Fanfic / Fanfiction A Complicated Love - Camren G!p - Capítulo 32 - Period

POV Camila

Seu beijo estava me levando a loucura, as mãos de Lauren, passava por todo meu corpo, eu estava apenas de peças íntimas e isso facilitará. Sinto sua mão gelada passando por toda minha intimidade úmida. Eu precisava dela dentro de mim urgente

— Lo-lo não tortura

Pedi em susurro

— Pode deixar

Ela falou perto do meu ouvido. Sua mão parou em minhas costas e em poucos segundos meu sutiã foi jogado no chão, seus lábios delicados desceram para o meu pescoço, e depois para o meu colo. Lauren, ficou me olhando com aqueles olhos verdes escuros, e por mais que eu não quisesse eu acabei corando

— Linda

Ela elogiou antes de abocanhar meu seio esquerdo e apertar o outro. Eu estava tentando não gemer alto, os dedos de Lauren, morderam meu bico me fazendo grunhir de prazer. Ela lambeu, chupou e mordeu meus dois seios até deixar os mesmo sensíveis e vermelhos com vários chupões. Lauren, começou a fazer uma trilha de beijos até chegar no cós da minha calcinha, ela parou e me olhou de um jeito safado, e sem pensar duas vezes rasgou a mesma

— Era nova!! — falei enfurecida, e ela riu com sua risada maléfica — Vamos logo com isso

— Você é tão apressada — ela disse com sua voz rouca que estava contra aquela região já sensível sem toque

Minha intimidade estava pulsando e implorando por atenção, ela ficava me secando e passando os dedos pela minha virilha. Ela foi dando beijos pela parte interna da minha coxa ignorando sempre minha intimidade, eu mexia o quadril atrás de mais contato

— Me fode, Michelle!

Ela me encarou e sorriu antes de atender meu pedido, sua língua brincava com meu clitóris e suas mãos apertavam forte minhas coxas. Uma de minhas mãos foram parar em seu cabelo pressionando mais contra meu sexo, e logo um gemido alto saiu da minha boca. Lauren, tapou ela me fazendo segurar forte seu cabelo. Meu peito subia e descia em uma velocidade incomum, eu estava chegando ao meu ápice e não demoraria muito. Um grito abafado saiu da minha boca após sentir dois dedos me preencherem, ela fazia movimentos rápidos. Esse movimentos se repetiram por poucos minutos, mais uma estocada senti meu líquido sendo liberado em seus dedos, eu estava ofegante. O que foi isso?

— Seu gosto é maravilhoso — ela me disse lambendo seus dedos melado com meu gozo. A mesma subiu beijando cada parte do meu corpo

— Minha vez

Inverti nossas posições a deixando por baixo de mim. Sentei em seu quadril e sem demorar mais um segundo tirei o top dela, seus seios redondos e bico rosinha me deixaram mais molhada. Abocanhei aquelas maravilhosas ouvindo os gemidos roucos da mais velha, lambi e chupei os bicos de seus seios os deixando sensíveis, deixando algumas marcas ao redor só pra marcar a noite. Desci meu corpo e tirei rapidamente a cueca de Lauren, seu pênis ereto me causou um arrepio da cabeça aos pés. Ele parecia… maior? Mordi os lábios pegando em seu membro duro, abocanhei o mesmo dando leves mordidas e chupadas. Parei de chupa-lá e comecei a fazer movimentos rápidos, sem parar o que estava fazendo, subi sobe seu corpo e a beijei delicadamente. Suas mãos pararam em minhas nádegas a apertando forte, a essas horas eu já estava ficando fraca. Num movimento rápido Lauren, inverteu nossas posições me deixando por baixo dela. Ela me olhou como se pedisse permissão, e eu apenas sorri, a mesma me preencheu devagar. Eu estava parecendo uma virgem. Os movimentos eram rápidos e precisos, e mais uma vez inverti nossas posições, ela sentou ainda comigo dentro dela o que fez todo seu membro entrar dentro de mim, grunhi mordendo os lábios e vendo Lauren com um olhar preocupado

— Tá tudo bem?

Assenti e ela me beijou carinhosamente, a mesma segurou minha cintura me ajudando com os movimentos que ficavam cada vez mais rápido. Eu estava prestes a ter 3 orgasmos e isso não estava longe, minhas paredes pediam socorro, nossos gemidos juntos pareciam músicas para os meus ouvidos

— Goza pra mim

A morena falou no meu ouvido e apertou meus seios, isso foi o fim pra nós duas. Nossos corpos colados e suados, eu estava ofegante e ainda dentro dela. Nós permanecemos em um silêncio gostoso, eu e ela estávamos exaustas, cai ao seu lado da cama e senti minha respiração voltar ao normal, não era diferente da dela. Lauren, nos enrolou novamente colando nossos corpos nu. Um beijo molhado foi depositado em minha nuca fazendo meus pelos se arrepiarem no mesmo estante

— Obrigada

Soltei quase em um susurro quebrando o silêncio

— Pelo o quê?

— Por me dar uma das melhores noites da minha vida

Passei meus dedos em sua mão que estava passando pela minha cintura. Não precisei me virar pra saber que ela estava sorrindo, eu sinto isso...

Me remexi grunhinando, eu havia deixado a cortina aberta e a luz do sol está entrando no quarto. Me virei pro lado e não vi ninguém, bufei sem acreditar, mas vi um papel, o peguei vendo a folha simples e sem nenhum nome ou mesmo detalhe

Não sei que horas você vai acordar, mas sei que será antes mesmo do almoço. Desculpa por eu não estar ai, tive que resolver algumas coisas, porém voltarei para nós três almoçarmos e passar o dia juntas. E se você não ouvir um choro, não se preocupe, eu trouxe Maya, comigo, ela havia acordado antes mesmo de mim

Se cuida, e nunca se esqueça: eu amo você

Assinado: Lauren Jauregui

Sorri relendo várias vezes. Lauren, sempre foi muito atenciosa. Eu tiro as conclusões e percebo que não consigo viver em um mundo sem Lauren e Maya

Levantei da cama sentindo um encomodo no meio das minhas pernas, eu estou muito dolorida. Escovei os dentes e tomei um banho demorado relaxando o meu corpo, eu já estava com saudade delas, e nem fazia 10 horas que eu tinha visto elas. Sai do banheiro e me dirigi ao closet, escolhi peças simples, apenas um top preto escrito "Sun" e uma calça moletom totalmente preta. Voltei pro quarto e tive uma surpresa. Maya, estava sentada segurando um de seus ursos favoritos, vi Lauren entrando no quarto e eu não pude me conter, a mesma estar toda de preto e com sua inseparável jaqueta de couro. Mordi os lábios e ela percebeu, chegou mais perto de mim e segurou minha cintura, selei nossos lábios em um selinho demorado, ouço um grunhido atrás de nós o que fez separar nossas bocas. Sai dos braços de Lauren e olhei pra pequena que não soltava seu ursinho

— Você é muito ciumenta — falo a pegando e dando sessões de beijos, ela gargalhou de um jeito fofo, seus dentinhos já estão nascendo, isso é bom, mas eu vou sentir saudade dessa fase dela

Sinto novamente os braços de Lauren, na minha cintura. A mesma deu um vários beijos na pequena que gargalhou e escondeu o rosto em meu pescoço

— Fala "para mama" — pedi com voz de criança, mas ela nem deu bola

— Que cheiro de sexo

Ouço a voz de Dj vindo da porta o que fez despertar o olhar da Maya

— Dinah!! — reclamei apontando discretamente pra bebê no meu colo

— Que cheirinho de doce

Neguei revirando os olhos, ela não sabe disfarçar, ainda não aprendeu. Lauren pegou nossa filha do meu colo e passou por Dj dizendo algo que eu não ouvi. Girei meus calcanhares indo em direção ao closet, teria que trocar de roupa

— Pelo visto a noite foi boa

 Dinah falou quase gritando, senti minhas bochechas ficarem coradas ao lembrar da noite passada. Troquei minha roupa por um vestido simples de mangas longas, o mesmo é num tom bege claro, calcei meu sapato preto, arrumei meu cabelo deixando eles soltos, peguei meu celular e sai do meu quarto indo em direção ao quarto da minha filha


Notas Finais


Que capítulo louco, nem digo como vai ser o próximo...

Volto qualquer dia, até amores
Meu reserva: https://spiritfanfics.com/perfil/camrenpassive


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...