História A complicated love (JIKOOK) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bts
Exibições 196
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Sera que é hoje ?


Ficamos jogando por um tempinho

 

JK- Hyung to com fome, vamos comer // ele disse olhando pra mim

 

JM- vamos comer oque ?

 

JK- já sei, fica ai que eu vou preparar o nosso almoço

 

eu não falei nada, só sorri pra ele e ele foi em direção a cozinha. Passou uns 45 minutos e ele mim chamou avisando que já estava pronto, comemos e ficamos no sofa assistindo. Eu estava percebendo que o kook estava quieto demais.

 

JM- kook // ele mim olhou

 

JK- oi hyung

 

eu levantei do meu lugar e fui em direção a ele, mim sentando do seu lado

 

JM- quero atenção // disse o olhando

 

quando ele ia falar alguma coisa a campainha toca

 

JM- eu atendo

 

JK- tá // disse rindo

 

eu levantei e fui em direção a porta

 

V- o que você esta fazendo aqui ?

 

JM- kook já volto

 

eu peguei o braço to tae e o puxei para fora da casa

 

JM- estou fazendo companhia para o kook, caso não tenha percebido

 

V- por quanto tempo você acha que vai conseguir manter esse papel de bom moço

 

JM- o tempo surficiente // falei rindo

 

V- você sabe que um dia ele vai descobrir a verdade e ele não vai ficar nem comigo e nem com você

 

JM- isso e oque vamos ver... mais agora quer sair daqui porque o kook não merece te ver agora

 

o tae ia falar alguma coisa, mais foi interrompido por uma voz atraz de mim

 

JK- jimin vamos entrar

 

eu olhei pra traz e ele não esperou eu responder e mim puxou pra dentro e trancando a porta.

 

JK- porque você foi la fora falar com ele ?

 

JM- porque eu quero que ele te deixe em paz

 

JK- e como você iria fazer isso ?

 

JM- eu iria mostrar para ele que agora você tem outra pessoa

 

JK- outra pessoa ?

 

Eu dei um passo pra frente para ficar mais perto dele

 

JM- e kook, você agora e meu

 

eu dei mais um passo para frente ficando mais próximo dele, eu o olhei e mim aproximei mais colando nossos labios, eu pedi passagem com a língua ele demorou um pouco pra ceder mais acabou cedendo, ele colocou as mãos dele na minha cintura fazendo com que eu ficasse de ponta de pé, nos separamos com a maldita falta de ar, eu o olhei e ele estava corado

 

JM- entendeu o recado meu coelhinho ? // falei rindo

 

JK- S-sim... mais hyung... Vamos com calma tá bom

 

JM- tá // disse rindo

 

JK- vamos pro meu quarto

 

JM- claro

 

ele foi na frente e eu atraz, assim que eu entrei ele trancou a porta e pegou na minha mão mim fazendo o olhar e iniciou um beijo calmo, que logo foi esquentando, eu o guiava em direção a cama e o deitei nela ficando por cima dele, a sua mão deslizava pela minha costa mi fazendo arrepiar com cada toque, eu parei o beijo iniciando uns beijos no pescoço companhado por pequenos chupões, eu coloquei a minha mao na sua blusa para tira-la mais ele não deixou

 

JK- se lembra que eu disse pra ir com calma // ele disse rindo e ofegante

 

JM- tá bom

 

eu mim joguei para mim deitar do lado dele, ele se sentou na cama e depois se deitou novamente, mais colocando a sua cabeça encima do meu peitoral

 

JK- obrigado hyung por aparecer na minha vida

 

eu sorri e beijei a sua cabeça e ficamos abraçado ali.

 

Esse sentimento que eu sinto quando estou com o kook eu nunca sentir antes, e estranho, eu sempre quero deixar ele feliz, quero sempre proteger-lo de tudo que o faz mal. Sinceramente as vezes eu fico nervoso na frente dele... Mais, sera ? Não eu não posso esta gostando dele, eu tenho que dar orgulho ao senhor Takamada... Mais agora, quem e mais importante pra mim, o senhor Takamada que mim livrou da rua ou o kook? Sinceramente eu não sei, porque eu ultimamente estou tao confuso ? Sera que eu devo contar a verdade para o kook ? Mais se eu contar eu vou ter que escolher entre o kook e o senhor Takamada.

 

Eu acabei dormindo no meio dos meus pensamentos..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...