História A cor do amor: pop idol - Capítulo 14


Escrita por: ~

Exibições 5
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Crossover, Escolar, Ficção, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 14 - Eu escolho vôce


Fanfic / Fanfiction A cor do amor: pop idol - Capítulo 14 - Eu escolho vôce

Nesse dia voltei para casa sozinha, as meninas ainda tentaram me perguntar o que aconteceu mas eu desviei a todo a custo as questões.
Ter que escolher entre os dois? Como é que eu ei de escolher entre duas pessoas sem nem consigo decidir o que comer para o jantar? Desde que cheguei aqui tenho me metido nas mais complicadas situações...
- Já cheguei a casa- anuncie, como habitual.
-Bem-vinda Kiara- Abe-san cumprimentou enquanto limpava a loiça da máquina.
- Abe, onde está o meu pai? -perguntei, olhando para os lados, procurando pelo meu pai.
- Ele teve uma emergência na Universidade, então vai ter que passar lá a noite.- disse, verificando o seu reflexo no prato.
-Tou vendo-respondi sentando no sófa com cara amuada e ligando a Tv.
- De onde vôce grudou a essa cara? -Ele perguntou da cozinha.
-Uhm?
-Sabes se ficares com essa cara muito tempo, ela vai grudar na sua cara para sempre- disse, fazendo uma expressão engraçada.
Ri-me. Só Abe para me fazer rir assim
-Então, quem grundou essa cara?-disse, sentando no sófa.
- Bem, não foi só um-respondi- Abe-san, vôce já teve de escolher entre duas coisas que vôce gosta muito mas não sabe qual delas deve escolher? -perguntei, nervosa.
- Oh Kiara, coisas com essas acontecem toda a hora, o importante é vôce escolher com o coração sabe? ás vezes a cabeça só dá problema.
- Sim- acenei, entendo a sua resposta.
-Só espero que garotos não lhe deem problema. Não quero ter que ir buscar seu pai a cadeia.
Papai sempre foi muito protetivo de mim, se ele ouvisse que alguém me tinha magoado, era bem capaz de fazer bobagem..
Time skip on:
-Kiara-chan- Nanami me chamou.
-Uhm?
-Toma- disse me entregando uma lata de refrigerante.
-Para que foi isso?-perguntei,abrindo a latinha.
-Têns estado o dia todo muito nas nuvens, então achei que te podia animar- respondeu, se sentando do meu lado.
Não sei como pude ser tão invejosa com a Nanami, ela é tão simpática que me faz sentir miseravél.
-Foi por causa do que o Kentin falou, né? -perguntou, subitamente.
- Como vôce sabe? -gaguejei.
-Palpite. Olhe eu não tenho nenhum interesse nele, até porque ele é o meu primo direto- disse, bebendo o refrigerante.
-Primo? - disse, cuspindo a bebida.
- É. No dia em que conheci vôce, Kentin era suposto me ir buscar ao aréoporto, mas pensei que tinha esquecido para namorar com uma garota qualquer- contou, irritada. -Fiquei contente por ver que vôce não era como as garotas que ele andava com.. é muito melhor- sorriu bonito.
-Obrigada Nanami. Vôce também é bem melhor que pensa.
- Só espero que tudo corra bem, para vôce e para o Kentin.

Depois da minha conversa com a Nanami, decidi ir para a sala música. O violino sempre teve um efeito acalmante para mim e naquele momento, eu precisava mesmo de me acalmar e pensar.
- Que vôce tá fazendo ai? - berrei, quando vi Kentin me olhando por detrás do piano.
-Kousei se foi embora, então aproveitei para ter aqui uma pequena conversa com Levi.
- Levi também esteve aqui?
- Sim
- E o que estiveram falando?
-Apenas lhe disse para não se entristecer quando vôce me escolher a mim- disse, demasiado confiante.
- E quem disse que eu ia escolher vôce? - perguntei, convencida de braços cruzados.
-Mesmo que vôce não escolhesse, eu continuaria te perseguindo até vôce gostar.
Idiota, vôce diz sem vergonha esse tipo de coisa, que faz meu coração ficar louco
- Quer tocar um pouco? - perguntou, fazendo espaço para mim e indicando para eu sentar.
- Tá bom.
Sentei ao lado dele, e coloquei os dedos para tocar, quando começei os nossos dedos se encontraram na tecla do piano. Aí tevi uma éspecie de Deja-vú. A mesma tinha acontecido com o Levi, naquele dia em que começamos a praticar, mas esta sensação era diferente da da daquele dia.
- Eu tenho inveja....
-Uhm,
-Sabe eu tenho inveja do jeito que vôce é tão descontraida com Levi, como vôce ralha e brinca com ele, quando vôce está comigo não é assim.- disse, os seus olhos escuros e tristes.
"Ás vezes a cabeça só da problema"as palavras de Abe vieram a minha mente. Eu não consigo ser tão descontraida contigo porque, .. cada vez que estás comigo deixas-me tão nervosa que não sei o que fazer. Eu posso estar a cometer um erro, mas mesmo... assim
-Eu já escolhi - falei, de repente.
- Uhm , o quê? -disse, levado de surpersa pela minha resposta.
-Eu.... escolho vôce, Kentin.
A primeira, ele mostrou-se preplexo, como se não acreditasse mas depois abri num largo sorriso.
-Kiara! - disse, me dando um doce e quente beijo nos lábios. O meu primeiro beijo.
- Mas espera onde vais?-perguntou quando me leventei.
-Eu tenho que dizer ao Levi.
Ele apenas acenou.
Time skip on:
- Então porque me chamou? -Levi me disse da mesma forma monotoma.
- Bem, a cerca daquilo... eu..
-Vôce escolheu ele, não foi? - disse, evitando me olhar.
Apenas acenei com cabeça abaixada.
- Desculpa, mas eu quero ser honesta com os meus sentimentos e contigo também.
-Percebo, não têns de te desculpar- disse, virando costas. -Vejo te amanhã, fedelha. Antes que ele pudesse sair, abraçei as suas costas.
-Uhm? -ele perguntou.
-Por favor Levi, não me odeies.
- Não podia nem que tentasse. Mesmo que estejas com ele, eu não vou desistir e se algum dia precisares eu estou aqui- respondeu, os seus músculos mais descontraidos.
As suas palavras me fizeram sentir mais aliviada.
- Né Levi, vôce tocaria comigo no festival na mesma?
-Claro, sempre.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...