História A Cor Do Chocolate - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Yoooo

Por favor... favoritos e comentários motivam a escritoraa ;-;

Capítulo 5 - Capitulo 5



*****&******

Emily tinha acabado de chegar a casa quando o seu celular toca. Ela viu no visor que era a Ana.
-Alô Miga. Que ta acontecendo?
-Miga corre para a casa do Leandro serio. -falou aflita
-O que aconteceu? -perguntou Emy.
-Só não faz perguntas garota! Corre para cá.
Dito isto, Ana desligou na cara de Emy.
Emy pousou suas coisas e pegou o celular e os fones e saiu. Sorte que a casa de Leandro era no inicio da rua.
Emy foi quase correndo.
Quando chegou a garota ia tocar na campainha mas antes disso surgiu Ana com um aspecto preocupado.
-Agora podes contar que porra tá acontecendo? -perguntou Emy.
Ana agarrou a garota pelo braço e subiram as escadas. Entraram no quarto de Leandro.
Leandro estava sem t.shirt e a sua barriga estava cheia de roxos e o seu lábio e sobrancelha inchado.
Emy correu para junto da cama e ficou de joelhos no chão.
-O que... O que fizeram com você? -falou Emy passando a sua mão tremula na cabeça do amigo.
Ambos ficaram calados.
Ao ver os enormes machucados os seus olhos encheram-se de lágrimas.
-O que aconteceu cacete??? -gritou Emy se levantando. -Porque o Leandro está desse jeito?
Nenhum deles respondeu.
-Ele queria te ver. -Falou Ana com os olhos marejados.
Emy bufou para se acalmar.
-O que aconteceu?
Nenhum deles falou.
-Sabes que mais? Eu vou embora! A gente se fala quando vocês estiverem afim de me contar a merda que tá acontecendo! -falou Emy saindo e batendo com a porta do quarto e depois com a de saída.
Ela nem queria acreditar, os seus amigos estavam lhe escondendo coisas, ainda por cima coisas graves.
Se perguntarem se a magoou ver Leonardo daquele jeito, sim, mas só porque eles são amigos. E os amigos ao verem o outro mal também ficam mal.
Emy bateu com a porta de saída e depois se encostou na mesma e deslizou até se sentar no chão.
Tentou se acalmar, ela odiava o facto de às vezes os seus amigos a tratassem como se ela não se podesse defender, como se ela fosse uma boneca de porcelana.
Ela não era a mesma garota que à anos atrás era humilhada de todo o jeito e que não fazia nada. Ela achava indecente a atitude dos seus amigos, eles eram amigos não guarda-costas. Muitas vezes Emy sentia que não os conhecia direito.
Pegou no celular e colocou uma música da Taylor Swift. 
Saiu de casa do seu amigo e foi para o pequeno parque que tinha na rua.

Chegou la e sentou-se no balanço tentando compreender o que se passava na cabeça dos loucos dos seus ..... Pera...eles seriam mesmo amigos dela?????

-Emily?? Posso falar contigo? -falou .........

#


Notas Finais


####----#####
Quem será?
O que acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...