História A Cor do Pecado! - incesto ( imagine JungKook) - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Incesto Hot
Visualizações 442
Palavras 678
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 32 - Banheira


Fanfic / Fanfiction A Cor do Pecado! - incesto ( imagine JungKook) - Capítulo 32 - Banheira

Acordo no outro dia,e como era sábado ninguém trabalhava .

Levantei e Kookie não estava mais lá,tomei um banho e me arrumei descendo as escadas.

Chego na cozinha e vejo os três rindo e tomando café.

- bom cambada - digo pegando uma xícara de café

- bom dia amor - diz Kookie

- bom dia - responde Taehyung e I.M

Me sento e começo a comer.

Resolvemos mostrar o lugar para Tae então saimos nós três e ficamos ali andando, conversando e rindo muito,comemos e já estava escurecendo quando resolvemos voltar para casa.

- gente que tal uma balada? - pergunta I.M

- a não sei não,to cansada - reclamo me jogando no sofá.

- aaah s/n por favorzinho - diz Taehyung fazendo biquinho

- é amor por favorzinho - JungKook faz biquinho também

- aish to indo me arrumar - digo me levantando e indo pro quarto.

Subo e Kookie vem logo atrás.

- vai tomar banho? - ele pergunta me abraçando por trás.

- sim - sorrio

- ah e eu posso tomar com você? - pergunta ele já beijando meu pescoço.

- na banheira? - pergunto

- claro - ele me vira pra ele

- então vou colocar a banheira pra encher.

Vou até o banheiro e faço o que eu disse.

A banheira logo enche e então começo a tirar minha roupa e JungKook entra no banheiro fazendo o mesmo,logo ele entra na mesma se sentando e eu vou logo em seguida.

Sento de frente pra ele sentindo seu membro roçar em minha intimidade me fazendo arfar ele já estava completamente duro.

- as vezes eu até esqueço que você é meu tio.

- eu também,mais não te vejo mais assim,te vejo como a mulher que eu quero pra mim, não importa o que aconteça quero você sempre ao meu lado.

Ele começa a beijar meu pescoço e vai para meu ombro passando a mão em minha cintura,naquele momento eu me sentia necessitada dele,eu precisava senti-lo.

Seu membro encostando em minha intimidade,aquele simples ato já estava me deixando ofegante.

- olha o que você faz comigo - ele diz em meu ouvido

- aah Kookie me faça sua. - digo manhosa.

Ele ataca meus lábios,pego em seus cabelos,sua mão molhada percorria por tudo meu corpo parando em minha bunda onde ele dá um aperto.

Ele me deita na banheira me molhando por inteira logo me puxando para cima novamente.

- toda molhadinha pra mim - ele morde o lábio inferior.

Ele me coloca de quatro me fazendo segurar na beira da banheira.

Sinto ele passar seu membro em minha entradinha de trás me fazendo suspirar.

Ele começa a enfiar seu membro em minha entradinha me fazendo soltar gemidos de dor,mais de prazer ao mesmo tempo.

Logo a dor some e apenas o prazer se torna presente.

- aaaah Kookie isso vai

- você me enlouquece - ele diz segurando meus cabelo.

A cada gemido meu JungKook aumentava a velocidade das estocadas,me fazendo gemer mais alto.

Logo ele sai de dentro de mim se sentando novamente na banheira me colocando sentar em seu membro a água batia em nossos corpos a cada movimento de vai e vem deixando isso cada vez melhor.

Ele começa a estimular meu clitóris com os dedos me fazendo sentar mais rápido e fundo

- oooh awm JungKook você acaba comigo.

- goze em mim vai me lambuza - ele diz entre gemidos roucos o que me deixa ainda mais exitada.

Senti meu ápice chegando.

- isso eu vou gozar meu amor - digo com muito dificuldade

- isso vai - diz ele

E então eu gozo meus gemidos ficam mais altos e manhosos.

E então eu tiro ele de dentro de mim ainda em seu colo com seu membro encostado em minha intimidade começo a masturba-lo rápido.

O mesmo gemia rouco e aaaah que gemido gostoso isso era músicas para meus ouvidos poderia ficar aqui ouvindo o mesmo gemer o dia todo.

- eu vou gozar bebê - ele diz e vejo seu liquido branco e quente escorrer pela minha mão me fazendo sorrir.

- isso foi rápido - digo ainda sorrindo - mais foi delicioso

- você é de mais garota - ele diz e me beija a gente se levanta e vamos para o chuveiro se a gente ficasse ali não iríamos para balada hoje.


Notas Finais


Desculpem os erros
Obrigada por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...