História A Cor do Pecado! - incesto ( imagine JungKook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Incesto Hot
Visualizações 1.460
Palavras 792
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 4 - Acha que não dói?


Fanfic / Fanfiction A Cor do Pecado! - incesto ( imagine JungKook) - Capítulo 4 - Acha que não dói?

Me levanto e vou tomar um banho e logo depois desço faço um macarrão e como.

Logo vejo uma ligação perdida do Hoseok então resolvo retornar.

Ligação on

Hope

- alô?

- oi s/n tudo bem?

- sim bom por que ligou?

- quero falar com você... é então você pode sair?

- a não sei por que?

- ah queria te ver,relaxa só como amiga.

- humm...pode vim aqui em casa?

- posso

- ok então estou te esperando

- tá, não vou encomodar?

- nunca

- tá até

Ligação off

Eu gosto dele ele me faz rir,ele é alegre, simpático e divertido.

Subo e coloco uma roupa melhor escovo meus cabelos e aquela vadia ainda gemia alto. Desço e logo a campainha toca e como sempre um sorriso em seu rosto me fazendo sorrir também.

- pode entrar - digo dando espaço para o mesmo

- obrigado - ele entra e nós subimos pro meu quarto.

Ele se senta na cama.

- desculpa pelo barulho é a vadia do meu tio.

- que isso tudo bem - ele ri

- aceita assistir um filme?

- claro.

- ok você escolhe que eu vou fazer a pipoca.

- tá

Eu desço faço a pipoca e pego dois copos de refrigerante e subo.

- já escolheu?

- já 50 tons mais escuro.

- tá falando sério?

- sim,mais que quiser pode colocar outro.

- não tudo bem,mais não achei que você gostasse de filmes assim.

Logo sento ao seu lado e começamos a assistir,um tempo depois vejo ele me encarar com malícia me fazendo arrepiar

- que foi? - pergunto o olhando de volta.

- nada é que...- ele chega perto de meu ouvido e sussurra - me dá uma vontade de fazer coisa loucas com você - ele desce sua boca para meu pescoço e começa a beijar o mesmo.

- ah Hoseok eu...- antes de eu terminar ele me interrompe com um beijo quente e logo sobe em cima de mim, aperta minha cintura e vai descendo sua mão até minha intimidade,ele coloca sua mão por baixo de minha calça e logo depois da minha calcinha chegando em meu clitóris e começa a fazer movimentos lentos me deixando molhada.

- aaah Hoseok - eu gemia seu nome enquanto o mesmo me olhava totalmente sexy. - isso não para - eu pesco e o mesmo aumenta a velocidade dos movimentos.

- humm tão molhadinha - ele arfa

- eu vou...eu vou gozar não para - eu gemia mais alto e o mesmo continua fazendo até eu chegar ao meu orgasmo.

Então logo escuto a porta se abrir e Hoseok tira sua mão de mim ainda suja por meu gozo.

- o que tá acontecendo aqui? - JungKook pergunta

- aish sai daqui

- olha o jeito que você fala comigo e quem é você? - ele pergunta olhando pro Hoseok

- ah eu sou Hoseok amigo da s/n.

- é e isso na sua mão é o que?

- ah... é nada - ele esconde a mão.

- depois vamos ter uma conversinha. - JungKook sai do quarto

- desculpa por isso.

- tudo bem,onde posso lavar minha mão?

- ah - coro - pode ir aqui no banheiro

Ele lava sua mão e logo sai.

- bom acho que já vou

- não quer ficar mais?

- bom já tá tarde

- ok eu te acompanho

Nós descemos e logo chegamos na porta.

Eu dou um abraço nele.

- da próxima eu te recompenso - digo em seu ouvido e o mesmo sorri.

- eu vou cobrar.

Dou um beijo nele e logo ele se vai e eu entro e vejo JungKook na sala de braços cruzados me olhando.

- ixi que cara é essa de quem comeu e não gostou?

- s/n o que você estava fazendo com aquele garoto?

- humm assistindo

- é e os gemidos dizendo "aah Hoseok" era do filme?

- ah não enche eu tenho que ficar escutando gemido da vadia o dia inteiro e eu não posso gemer?

- s/n você mal conhece ele e deixou ele te tocar

- idai ? Ele só fez o que você não faz. E além do mais sua mão era macia e seus toques humm - gemi provocante - eram deliciosos.

- s/n você me respeita.

- respeito? - rio - é isso que quer depois de ter ficado espiando sua sobrinha se tocar titio?

- s/n e-eu não ta-tava.

- calma não precisa ficar nervoso.

- vai pro seu quarto.

- ah tio é só isso que sabe fazer quando não tem outra escapatória? Me mandar pro quarto!

- s/n! - ele suspira.

- ok,ok se você quer que eu te deixe em paz...eu faço não te provoco... não te toco...tudo vai voltar a ser como antes...tudo menos meu coração, você acha que não dói? Acha que não dói ver você com outra,acha que não dói cada vez que você fala as coisas ou defende ela? Eu Te Amo Kookie e não é amor de sobrinha pra um tio... é muito mais que isso mais você nunca vai entender,por que você nunca vai sentir o mesmo!


Notas Finais


Desculpem os erros e a demora.
Obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...