História A Corrida da minha vida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), André Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg, Tikki
Tags Carros, Drama, Emoção, Musica
Exibições 29
Palavras 444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Primeiro capítulo, espero que gostem! Tive ajuda da minha amiga Amanda Lais. Se gostarem me ajudem favoritando e comentando.
Obrigada e boa leitura!

Capítulo 1 - Cemitério


_ Por favor! Ela é apenas uma garotinha! Dizia a mulher desesperada que via sua filha sendo levada de seus braços.

_ Quando um dos meus corredores perdem você sabe o que eu faço! Dizia o homem rindo da expressão da mulher. _Félix leve a garota!

Um dos homens que assistia tudo, pegou a menina que chorava e a levou. 

_Marinette! Marinette! Gritava a mulher desesperada. De longe se ouviu um tiro, Marinette que estava no colo de Félix presenciou quando o tiro acerto sua mãe e a viu caindo no chão.

_ Mamãe! Gritou Marinette que foi posta dentro do carro. Félix dirigiu até uma fábrica e viu a menina chorando e ficou com pena de executa-lá. Ele pegou de uma sacola uma agenda e deu para Marinette.

_Q-que é isso? Disse a pequena assustada e olhando para Félix. Marinette essa é a agenda de sua mãe, vai precisar dela um dia. Disse ele sorrindo, logo parou perto de uma padaria e pegou Marinette.

_ Pequenina, sempre quando precisar de ajuda ou ficar com medo lembre-se que você tem sangue de Sanine O'Connel. Ele deu um beijo no rosto de Marinette e a deixou na porta da padaria. 

      17 anos depois...

Marinette on

_ Toda sexta vou no cemitério para visitar minha mãe, quando pequena vir a maneira perversa e doentia forma que a mataram, lágrimas cai do meu rosto sempre quando eu olho para sua agenda. Bem agora vamos lá meu nome é Marinette O'Connel, tenho 22 anos trabalho  na polícia como agente, minha chefe é a Tikki e minhas parceiras são Alya e Clhoé. Depois da morte da minha mãe fui deixada em uma padaria e adotada por Kate e Nick  foram como verdadeiros país para mim.

_ Mãe queria que você tivesse aqui! Mas como aquele moço disse eu tenho seu sangue e você sempre estará comigo. Um homem loiro, olhos verdes esmeraldas parou  enfrente a um túmulo e deixou uma rosa. Ele me olhou e viu minha arma e saiu correndo será que ele era... Quando pensei nessa possibilidade corri atrás dele mas, quando cheguei perto um carro estava saindo em alta velocidade.

                           *********

_ Porque está nervoso amor? Disse uma mulher de cabelos longos.

_ Tem tira no cemitério! Disse o garoto assustado, quando saiu do cemitério nem percebeu que tinha deixado seu anel cair no chão.

                         *********

_Marinette ainda estava em choque pela semelhança ser idêntica e enquanto andava pela rua indo em direção ao seu carro pisou em um anel e leu:

_ Cataclismo!  Marinette o observaga e decidiu e para a Companhia por dois motivos pesquisar sobre o homem e sobre os roubos de carro.

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Bem o capítulo não foi aquela coisa mas... espero que tenha gostado!

Créditos: Amanda Lais coautora, a ficar foi feita em homenagem ao filme velozes e furiosos. Obrigada e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...