História A culpa é das estrelas (Imagine Park Jimin - BTS |EM REVISÃO - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Culpa É Das Estrelas, Bangtan Boys (BTS), Got7, Miss A
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jia, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Wei, Youngjae, Yugyeom
Tags A Culpa É Das Estrelas, Bangtan Boys, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Nefertale, Rap Monster, Suga, Você
Visualizações 782
Palavras 1.027
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - 3 - Aos poucos só.


Fanfic / Fanfiction A culpa é das estrelas (Imagine Park Jimin - BTS |EM REVISÃO - Capítulo 3 - 3 - Aos poucos só.

A culpa é das estrelas - Capítulo três.

Ele me ajuda a levantar e me dá um copo de água e é claro tive que beber, pois segundo ele eu ia ficar "mais calma".


Desci as escadas e resolvi aproveitar a festa, mais o que me intrigava era Yang, Soo e Sun estavam aqui, por que elas não voltam ao inferno?


Eu tinha decido algumas coisas e agora estava olhando os meninos.


Era meio normal ter essas faltas de ar, mais os meninos ainda se preocupavam comigo e me enchiam de perguntas.

- Está mesmo bem? -Disse Jimin vindo me abraçar.

- Gente, foi o de sempre calma. - Retribuo sentindo o cheiro do seu perfume. Respirei ali e seus pelos do pescoço eriçarem.

- Não importa quantas vezes aconteça, ainda vamos ficar preocupados - Disse Tae, assim que me separei do abraço de Jimin.

- Nós nos importamos com você.

- Calma Kook, eu sei, mais agora vamos curtir, Vamos.

  Quebra de tempo.

Sinceramente eu tinha bebido algumas coisas, não fazia a mínima ideia do que era, só queria esquecer, aproveitei com a noite e Chan também, apesar dela ir pros EUA ela disse que não vai perder contato, mais tudo passa, eu vou aos poucos ficando sozinha.

- _______! - Gritava Tae que estava dançando, assim como Jungkook e Hoseok - VEM DANÇAR

- Sinceramente não sei onde o mundo vai parar com as loucuras de vocês. - Disse me juntando a eles.

- Só aproveita - Taehyung ri e volta a dançar.

- VAMOS CURTIR - No mesmo momento Hoseok se soltou mais.

Estava cansada, sentada em um canto pensando, apesar de tudo, eu estava sóbria o suficiente para ter consciência dos meus atos. Estava observando, sim, como sempre, as que são culpadas, as estrelas, que por mais que vc queira descontar nelas, você só consegue jogar a culpa para elas. A paz reinava, não por muito tempo, por que vinha em minha direção, um certo grupo, que não faço questão de tão cedo ver a minha frente. Estava a sair do meu canto, quando as seguintes palavras foram pronunciadas.

- Vejam se não é a "doentinha", olhem só, agora não tem mais amigas. Ja consegui uma coisa e agora... Falta aqueles meninos, que em breve, eu vou conseguir e sei disso, por que tudo que eu quero eu consigo. - Yang entorta a cabeça e ri irônica.

- Virou vidente? Por que se estiver virado, está mal sucedida. Desse jeito não ganha nem cinquenta centavos, que nem isso merece.

- Não preciso ser vidente pra saber que o seu fim chega logo _____.

Elas me olharam e começaram a andar e as palavras martelavam na minha cabeça , quando eu criei coragem o suficiente e disse.

- SUN, Por que? O que aconteceu?

- Ela simplesmente deve ter cansado, assim como qualquer um se cansa perto de você - Soo falou e riu em seguida.

- Perguntei a ela não para você.

- É que... eu é.... que - Sun Hee olha para baixo e suspira. Se minha ficha tinha caído? Não, não tinha. Sun foi uma pessoa em que eu confiei cegamente, que eu pedia conselhos, uma pessoa que me conhecia mais do que a mim mesma. Eu achava que éramos amigas, eu pelo menos achava.

- Já entendi, não precisa dizer, agora sei o por que de você estar afasta a alguns meses, simplesmente para andar com elas?! Quem diria que uma "amiga" seria capaz disso. Deveria ter ouvido os outros, sabe, aqueles que diziam que você um dia iria me abandonar, mais não, eu segui em frente e hoje eu penso que você fez isso pelo o que? Tenho pavor de pensar que vc já foi minha amiga. - Após as palavras brevemente ditas me retirei daquele local ou não responderia por mim mesma.

Entrei na casa onde dei de cara com Yoongi, Jimin e Namjoon encarando a televisão, que na verdade estava desligada. Me surpreendi por qie não achei que eles fossem capaz de ver miragens, mas ok.


Continuei a andar até que, novamente aquela idiota veio novamente a mim, mais dessa vez estava sozinha, Yang estava sozinha, não era o trio patético, mais sim a pateta rainha vindo ate mim.

- Nunca te ensinaram boas maneiras? Que você não sai de uma conversa do nada e ainda mais quando é comigo. Sabe a influência que tenho naquela escola e sabe o que eu posso fazer. - Ela mantinha um sorriso falso e maldoso no rosto, não perdendo a cara de cínica.

- Não sabia que você tinha boas maneiras, por que né, julgamos pessoas pelos atos e nunca julgue um livro pela capa. Digo isso diretamente ou indiretamente. Nunca me julgue pelo o que você vê, mais sim pelos meus atos que eu posso ou não, que eu posso ou irei cometer. - Estava me retirando quando ela disse.

- Vemos claramente os seus atos, se faz de coitada, por que nem participar das aulas de educação física pode, na aula de Química não pode ficar perto de tóxicos e o que mais?

Me aproximei de Yang.

- Não venha falar da minha vida, sendo que você não sabe de nem um por cento dela.

- De novo a coitada ____, para mim você não passa de um FRACA e TOLA.

E um estalo é ouvido, sim bati na cara de Yang, deixando meus preciosos dedos marcados em sua cara.

- Ouça bem, não venha falar de minha vida ou se quer colocar palavras na minha boca.


Sai dali com os nervos a flor da pele, eu queria ter dado vários tapas, mais eu sou comportada. Só que não.


Decidi beber para esquecer e sim lá estava na minha rotina, bebendo, me divertindo e dançando a noite toda.

  Quebra de tempo 

Abri os olhos lentamente e estava em um lugar, Branco? Paredes brancas? Onde estou?

- _____? Acordou? - Era a voz de Jimin.

- Ham? Onde eu estou?

- No hospital - Disse Jin entrando junto com Hoseok.

Olhei em volta e todos estavam lá.

- O que aconteceu? - Perguntei tentando me recordar da noite passada. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...