História A cupido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diaura, Lycaon, Mejibray, Nocturnal Bloodlust, The GazettE, Versailles (Banda)
Visualizações 4
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Primeiro casal


Fanfic / Fanfiction A cupido - Capítulo 1 - Primeiro casal

Yume

Meu nome é Yumi Watanabe, tenho 17 anos e 1,65 de altura, nasci na Coreia do Sul, mas meus pais são japoneses. Ha dois anos viemos para o Japão.

Meus melhores amigos são Ruki ou Takanori, Yuuki e Meto. Eles foram os que me ''acolheram'' assim que entrei nessa escola, ha 2 anos. 

Essa escola não era bem o que todos diziam. Tem pessoas legais, mas também ha pessoas um tanto perigosas, como por exemplo, Hiro, Cazqui, Masa, Natsu e Daichi, apesar que o último eu acho um pouco fofo, mas em questão de ser ''perigosos'', Daichi só perde para Hiro. Fui tirada dos meus pensamentos pelo Ruki. 

- Yumi-chan!- Gritou Ruki, deveria estar me chamando ha um bom tempo.

Agora estávamos nós quatro no refeitório em um canto isolados de todos, não gostamos muito de nos enturmar.  Notei que Yuuki olhava em um ponto fixo, então decidi ver o que era, percebi que não era a melhor coisa para se fixar, pois era em Hiro que seus olhos estavam. 

- Yuuki- O chamei e ele me olhou- Precisamos falar, a sós.- falei me levantando e sendo seguida pelo mesmo. Saímos do refeitório e ficamos em um corredor que não havia ninguém.

- Sobre o que que falar?- Me preguntou, confuso

- Por que você olha tanto pro Hiro?- Perguntei e o rosto dele ficou incrivelmente vermelho.- Hummm já sei a resposta. Sabe que vai ser complicado né?- Ele apenas assentiu- Posso te ajudar?

-Achei que ia se afastar de mim quando soubesse que eu sou gay.- Falou com os olhos muito abertos 

- Sou sua amiga,não sou? Então, vai querer ou não a minha ajuda?

- Duvido que ele me queira.- falou cabisbaixo

- Por que você é lindo e sabe muito bem disso.

- O Daichi fica sempre em cima dele.- Hum entendi o problema dele antar tão triste ultimamente.

- Não seja por isso.- Falei e ele ficou confuso.- Que eu saiba, Daichi está com Cazqui.

- Acha mesmo que eu tenho chance? ele sempre esta cercado de gurias.- Por que ele SEMPRE se inferioriza?

- Bem, deixa isso comigo.

 Sai dali com intenção de falar com Hiro. O problema são os seus amigos. Cheguei perto da mesa em que eles estão e todos me olharam.

- Hiro posso falar com você?- Assim que falei vi como Daichi riu, ele de verdade me irrita.

- Esta bem. Tem que ser a sós?- perguntou e eu assenti. Ele podia ter cara de mal e faz coisas ''ruins'' as vezes como sempre ele esta brigando,apesar de ele nunca ter sido expulso, mas no fundo vi que era uma pessoa boa.-Aqui esta bem?

-Esta sim, desculpa faze-lo vir até aqui, mas eu precisava mesmo falar com você.- Ele parecia confuso com o que eu dizia

- Antes de mais nada, qual é seu nome?- Agora entendo sua confusão.

-Ah desculpa, é Yume.- Falei e ele assentiu- Quero te fazer uma pergunta. Conhece uma pessoa chamada Yuuki?

- O que sempre anda com você?-Assenti- Claro que sim, é a pessoa mais linda que eu já vi.- Isso de verdade me surpreendeu.- Mas, o que tem ele?

- Queria saber se uma hora dessas poderia falar com ele?- Perguntei brincando com os dedos.

-Claro. Mas Yume, eu de verdade gostei muito de você.- Ele esta gostando de me surpreender- como pessoa, quero que sejamos amigos, o que achas?- assenti com um sorriso no rosto.- Ah!- Falou procurando algo no bolso.

- O que foi?

-Deixei meu celular na mesa, quero seu número. Se importa de ir comigo ate lá?

- Não, vamos.- Falei sorrindo

Assim que voltamos para sua mesa, ele se sentou e pegou seu celular, dando-me seu número.

- Ah! Gente, essa é Yume. Yume esses são Daichi, Cazqui, Masa e Natsu.

- Prazer.- Falei e eles responderam da mesma maneira.- Obrigado Hiro, e eu posso te dizer uma coisa?- Ele assentiu- Apesar da sua cara de ''mal'' e dos rumores que dizem por ai, pra mim você é uma boa pessoa.- Falei e se surpreendeu e depois ele sorriu.

- Obrigado Yume. Amanhã assim que der, vou fazer o que me pediu.- Sorri e voltei para a mesa, mas só estava Yuuki.

- Tenho o número dele.- Me olhou surpreso- Ele quer que sejamos amigos e ele disse que você é a pessoa mais linda que ele viu.-Ele sorriu- Amanhã ele vai falar com você.

- Não tenho como te agradecer.- Falou e me abraçou.

 

----------------------------------------------------------------

 11:30pm 

Estava deitada quando senti meu celular vibrar. Quando vi, era uma mensagem de Hiro.

 

Yu-cha

O que é esse Yu-chan?

Um apelido

O que quer que eu fale com o Yuuki?

Hummmmmmmmmm

A mesma coisa que disse para mim

Que você quer que ele seja seu amigo

Ele gosta de mim por acaso

Não conta pra ele que eu te disse 

sim ele gosta

Não sou pessoa de namorar

Da uma chance, vai que você não se arrepende depois

Prometo que vou tentar.

Ah

O Daichi gostou de você

Como assim gostou?

Posso dar seu número para ele?

Pode

Mas agora esta tarde vou ir dormir

hum

boa noite

boa noite

 

 

Tenho boas sensações sobre amanhã.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...