História A Cura - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Naruhina, Romance
Visualizações 44
Palavras 1.842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aproveitem..

Capítulo 2 - Dor


 

A chegada sempre fora animada, e dessa vez não havia sido diferente, muitos abraços e troca de risos foram proporcionadas pelas duas famílias. Hanabi adorava implicar pelo jeito sério de Neji, que na maioria das vezes esse comportamento parecia que fora passado de pai para filho e de seu tio Hiashi, mas quando estavam em família era apenas ... família.

~~

No almoço aproveitavam para colocar o papo em dia, todos comiam e contavam novidades.

 - Hinata agora que tem dezoito anos já pode arrumar um namorado - Disse sua tia piscando, deixando-a corada.

 - Hinata não tem idade para isso dona Kisu, apesar de ser maior de idade, ainda precisa estudar e um namoro pode atrapalhar - Explicou Hiashi sério.

 - Coitada na Hina papi... acho que ela esta precisando se apaixonar - Disse Hanabi divertida. 

- Hanabi! – Chamou à atenção da irmã mais nova, Hinata sabia que a irmã sempre falava sem pensar deixando-a envergonhada. E não seria nenhuma novidade já que a garotinha estava entrando na pré-adolescência idade onde a curiosidade batia mais alto.

 - Pare um pouco de ser rabugento Hiashi e Hinata não tenha medo de viver, caso se apaixone garanto que a pessoa será uma ótima companhia - Disse Neila.

Enquanto todos concordavam Hiashi apenas bufou e Hinata sorriu para a mãe tentando esconder a vergonha, sempre que estavam em um momento familiar sua tia não deixava passar a oportunidade de falar em namoradinhos e isso era o que a morena mais temia.

 Após o almoço as garotas ajudavam a retirar a mesa, enquanto os outros esperavam.

 - Neji por que não leva Hinata e Hanabi para a cachoeira hoje?  - Perguntou seu pai.

 - Bom se minhas primas quererem ir? – Olhou para elas que responderam com um sorriso – ótimo vamos.

 - A que demais!!! – Comemorou Hanabi.

A cachoeira não ficava distante do casarão, era apenas seguir um pequeno caminho que dava acesso àquele lugar lindo. Enquanto andavam Hanabi falava animada, e Neji apenas seguia respondendo, já Hinata olhava encantada com a beleza do lugar, sabia que teria de aproveitar esse dia, pois com a sua entrada na faculdade ficaria difícil voltar ali novamente. 

Sentou-se em uma grande pedra acompanhada de Neji aproveitando a leve brisa e o ar limpo que a natureza tinha. Hanabi resolveu entrar primeiro na agua e aproveitar para se divertir um pouco, mesmo sendo vista pelos olhares cuidadosos da sua irmã e primo.

- Então Neji como anda as coisas? - Perguntou Hinata, fazia horas que havia chegado, mas ainda não tivera a oportunidade de conversar com ele.

Neji suspirou – Na mesma Hina, você sabe que meu pai quer que eu fique aqui e ajude a cuidar desse lugar, mas no final de tudo ele concordou em me deixar mudar para a cidade grande pra cursar direito - Explicou.

 - E..então você e meus tios vão se mudar daqui para Nova York?

 - Não.. meu pai jamais se mudaria daqui... esse lugar é tudo pra ele, então eu vou sozinho

 - Você nos tem primo e não estará sozinho lá! - Respondeu Hinata dando total apoio a mudança de Neji.

 - Obrigado prima é bom saber - Agradeceu com um pequeno sorriso no rosto.

 - Eii seus caretas! Não vão entrar?? - Gritou Hanabi tacando agua fazendo Hinata rir.

A morena se juntou ao mergulho com a irmã enquanto Neji as olhava satisfeito pela felicidade delas.

No jantar tudo estava ocorrendo perfeitamente bem, a mesa estava posta pelos empregados as comidas eram variadas, tanto Hiashi e Neila estavam se divertindo nesse dia especial para eles.

 - A comida esta uma delicia!! - Elogiou Hanabi.

 - Mastigue primeiro Hana – Disse Neila antes que sua filha engasgasse.

 - E então Hiashi que sorte a sua ter conseguido uma folga bem nesse dia - Disse seu irmão.

 - Sim graças a Naruto um jovem médico bastante amigo meu que conseguiu me cobrir hoje e amanha, por isso estou aqui – Explicou Hiashi.

 - Papai vive elogiando esse cara  - Incliu Hanabi.

 - É um ótimo médico vejo um bom futuro para ele - Elogiou Hiashi.

As conversas seguiam animadas, no fim teve uma declaração para os casados, Hinata por sua vez venceu a timidez para conseguir falar o tanto que admirava seus pais. Com certeza seria o seu exemplo a ser seguido não aceitaria menos que aquilo, pois sabia o que era amor.

~~

Após dois dias no campo o suficiente para renovar as energias e voltar para a vida normal, Hinata se despedia de seus tios e primo.

 - Que pena não poderem ficar mais – Disse Neji.

 - Mas nos veremos em breve Neji em Nova York  - Respondeu Hinata.

 - Vocês poderiam ir amanha cedo já esta bem tarde e o tempo de chuva esta se formando é perigoso! - Observou sua tia.

 - Tenho que estar no hospital amanha cedo .. se não ficaríamos mais e não se preocupem vamos com calma - Tranquilizou Hashi,

Todos pareciam ter aceitado a volta com a resposta de Hashi. E com aperto no coração e a contragosto de Hanabi a família partiu para a volta a cidade grande.

No caminho a chuva caída forte acompanhada do vento dificultando a visão, enquanto Hanabi dormia Hinata olhava para a janela apreensiva. 

 - Acho que não deveríamos ter saído hoje Hiashi esta quase impossível de ver - Observou Neila.

 - Não se preocupe... vai acordar as meninas - Disse Hiashi com um tom baixo achando que as duas estavam dormindo.

Hinata tentou se acalmar fechando seus olhos, não queria deixar seu pai mais nervoso do que estava pensou. Por alguns minutos descansou, mas foi acordada por uma forte e violenta batida fazendo-a olhar ao redor assustada, seu corpo em questões de segundos havia sido arremessado para frente, sentiu o carro rodopiar varias vezes e ouviu os gritos descoordenados de Hanabi. O carro parrou virado fazendo com o peso da ferrugem deixassem as pernas de Hinata presas não podendo sair.

Seus olhos demostravam medo, o que havia acontecido? Por Deus por que não ouvia ninguém falar com ela. Tentou sair dali sem nenhum sucesso.

 - Hanabi acorda!!! - Gritou desesperada por algum sinal de sua irmã, no lugar onde estava não conseguia ver seus pais  - Paii mãe!!!!!! Por favor!!!

O desespero tomou conta assim que percebeu que ninguém a respondia, será que apenas ela não havia desmaiado?

Não demorou muito para um aglomerado de pessoas e carros na pista ficassem em volta, mesmo com a chuva dificultando bombeiros e ambulâncias foram chamadas para conseguir tirar todas dali. Hinata chorava e gritava de dor seu rosto e corpo tinham diversos machucados, mas sua preocupação maior era a família.

Quando tiraram seu corpo dali deitaram-na na maca para irem direto ai hospital. Assim que saiu a morena pode ver o carro todo destruído perto de um caminhão não sabia o certo, mas isso explicava a forte batida que sentiu, bombeiros tentando tirar seus pais e irmã dali assim que viu tentou sair dali queria ficar perto mesmo não tento forças

 - Se acalme senhorita  - Disse um enfermeiro.

 - Vo.. cê na..oo entende! Mi... minha família! - Hinata tentava falar com dificuldade.

 - Não se preocupe vamos seda-la agora tente não se mexer...

 Assim que sentiu uma picada em seu braço seu corpo ficou dormente em alguns instantes Hinata já se encontrara a caminho do hospital.

~~

 - É HIASHI E SUA FILHA MAIS VELHA PREPAREM AS SALAS PARA POSSÍVEL CIRURGIA!! - Gritou Naruto no mesmo instante que recebeu a informação.

 - Esta tudo preparado senhor - Responde a enfermeira.

Naruto correu assim que viu a primeira ambulância sendo estacionada, havia uma garota logo constatou que poderia ser uma das filhas de seu companheiro de trabalho. A menina falava coisas desconectas.

 - Senhor sedamos ela, mas ainda sim não esta totalmente dormente -Explicou o enfermeiro.

 - Certo - respondeu Naruto examinando-a – Ei consegue me dizer o seu nome?

Hinata olhou confusa logo seus olhos fixaram na imagem do homem loiro que estava falando com ela, seus olhos não conseguiam ficar abertos então apenas tentou responder.

 - Hi..Hina..ta

 - Certo Hinata sou muito amigo do seu pai não se preocupe vamos cuidar de você  - Disse encaminhando-a para a sala de exames.

- Dr. Naruto a ambulância de Hiashi acabou de chegar e ele não para de chamar pelo seu nome - Disse uma enfermeira que havia corrido ate ali.

 - Não se preocupe Naruto estou aqui  - Disse Sasuke um outro médico que também era amigo dele.

 - Obrigado Sasuke! – Agradeceu correndo para outra sala onde havia levado Hiashi.

O homem estava respirando por aparelhos havia muitos machucados, sangue escorria pela sua boa, Naruto sabia que aquilo não era nada bom.

 - Se acalme meu amigo vai ficar tudo bem - Disse para Hiashi.

 - Temos algumas hemorragias internas Dr.

 - Não podemos mais esperar temos que opera-lo agora! - Gritou Naruto.

 - Espe.. re Naruto pre..ciso falar com você .. eu .. não tenho ... muito tempo - Disse Hiashi segurando a mão do jovem médico para ganhar sua atenção.

 - O que esta falando Hiashi eu não vou deixar você morrer amigo!! - Naruto deixou seu estado emocional falar mais alto realmente Hiashi era como um pai para ele.

 - Vo..cê precisa me escutar cu.. cuide de Hina..ta agora.. ela estará sozinha.. - Hiashi falava com certa dificuldade.

 - Fique quieto e não fale besteiras!! - Repreendeu Naruto tentando fazer seu trabalho.

- Você é .......co..mo um fi..lho pra mim me prometa que vai cuidar da mi..minha menina ? - Perguntou Hiashi.

Naruto o encarou por um instante o homem mais velho parecia que estava se despedindo, mesmo sabendo que era loucura e que devia muitos favores para Hiashi, já que ele o havia ajudado a chegar onde chegou.

 - Eu prometo amigo  - Disse recebendo um sorriso do mais velho.

No mesmo instante as maquinas apitaram alegando que o coração havia parado de bater. Naruto desesperou-se.

 - Tragam os ELETROCHOQUES! – Gritou rasgando a blusa do paciente – VOCÊ NÃO PODE MORRER AGORA HIASHI!

 Tentou varias vezes fazer o coração voltar ao normal, cada vez que o choque chegava em seu corpo o Uzumaki sabia que aquilo poderia ser tarde demais, apesar do grande esforço Hyuuga Hiashi havia morrido.

Naruto saiu da sala abalado não podia acreditar que seu grande amigo partiu de uma forma cruel, a vida era assim e Hiashi não merecia morrer.

 - Onde estão os outros familiares dele? - Perguntou Naruto ainda abalado pelo que havia acontecido.

 - A mãe e a filha mais nova morreram no acidente quando conseguimos tirar o corpo já estava sem vida - Disse uma enfermeira com a voz mais fina o possível – E.. eu sinto muito Dr.

 - Eu é que sinto muito – Disse lembrando-se da garota que estava aos cuidados de Sasuke.

O jovem médico suspirou fundo aquela não era só a perda de um grande amigo, mas também de um pai de família. Naruto sentia a dor e poderia imaginar o que Hinata sentirá daqui pra frente.


Notas Finais


Iae? Triste né, se gostaram comentem e favoritem preciso saber se não estou escrevendo para as paredes rsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...