História A curiosidade o matou! - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aí vai + 1 capitulo. Espero q gostem!

Capítulo 5 - A ameaça.


- Mãe, pai, venham ver uma coisa!
(disse Érick, feliz.)
Em uma das imagens das câmeras que registram tudo o que acontece por fora da casa, em direção à piscina, era possível ver um vulto bem sinistro empurrar Érick.
- Meu Deus! Filho, isso é muito grave! Precisamos mostrar isso na TV para todo o Brasil, isso vai interessar muita gente, talvez consigamos até, quem sabe, uma ajuda. Filho, nos perdoe... A gente... (falou Washington, pensativo, triste, e assustado.)
- Faz isso, pai. Mas, não diga que sou eu alí.
Érick convidou Marquinhos, o melhor amigo, para passar a noite alí com ele, enquanto seus pais iam trabalhar, no Jornal.
- Érick, tem mais alguém aqui? Quando eu cheguei, eu vi uma pessoa bem pequena correndo por aquele corredor... (disse Marcos, curioso.)
- Não, cara... Talvez foi só impressão. (disse Érick, disfarçando.)
- Não, cara. Foi impressão não! Você tá querendo me assustar, né? Isso é típico de você. (disse Marcos, se tranquilizando.)
- Aff, tá bom. Era brincadeira! (falou Érick, com medo da coisa.)
- Érick, você tá bem? Cara? Érick, o que é que tá acontecendo com você? ÉRICK, "MERMÃO", SE LIGA! EU NÃO VOU ME ASSUSTAR! (falou Marcos, com medo.)
- Cara, eu preciso te confessar uma coisa! Tá vendo essa reportagem aí na TV? Reconhece esse local? Pois é, é a piscina daqui, e aquele que está sendo empurrado, sou eu. Talvez aquela sombra pequena e sinistra, é a mesma que você viu ao chegar aqui. Então, se for, não confirme. Eu não quero saber, eu não tô afim. O negócio é o seguinte, eu tô morrendo de medo de ter que passar a noite sozinho nessa casa, assombrada por um espírito malígno, eu creio em Deus, mas eu não tenho autoridade suficiente pra expulsar esse demônio daqui. Marcos, Marquinhos, Marcão, eu te chamei pra me fazer companhia. Você é meu melhor amigo! Eu preciso de você.
- Érick, meu amigo. A sua amizade foi uma das melhores coisas que já me aconteceu. Você sabe que tanto eu, quanto você, somos fãs de terror, mas temos medo de vivenciar esse tipo de coisa. A sua casa está sendo assombrada, e nesse momento, e eu você estamos sendo observado pelo Tinhoso, sendo assim, eu e você não podemos lutar com algo sobrenatural, que vai muito além de nós. Então, pela nossa amizade, que é tão legal, eu te peço que por favor: VAMOS SAIR DAQUI! Rapaz, eu sou homem, tenho 17, mais velho que você 1 ano, e vai parecer estranho, pois você sabe o quanto eu preservo minha imagem de durão, portanto, cara, eu vou fazer uma coisa aqui, que eu nunca pensei, acredite, isso vai estragar minha reputação por aí, mas quando o assunto é espírito, eu me sinto na obrigação de (Marcos grita, bem alto) AAAAAAAAAAAI! AAAAAAAAAAI! Pronto, me sinto mais leve.
(Marcos abraça Érick.)
- Marcos? Hahahaha! Não tô te reconhecendo. Se ideia era me distrair, conseguiu. Gritou feito menina, hahahaha.
- É, pois é... Foi pra te distrair!
(disse Marcos, com vergonha de ter gritado igual uma menina)
- Marquinhos... Não foi pra me distrair, né? Você tá com medo! Eu também tô. Então (Érick grita) AAAAAAAAAAAAAAI! Foi uma excelente ideia, eu também me sinto leve.
- Érick, vamos pra minha casa? Lá é confortável, não é tão chique como aqui, mas lá é tranquilo...
Érick e Marcos saem rumo a porta, mas ela se fecha só, as luzes se apagam. Érick e Marcos não conseguem se mecher. Apenas escutam uma voz macabra:
- Muito bem! Vocês me descobriram! Vocês não vão sair daqui. Vão ficar comigo! Vocês são meus. A partir de agora, estarei com vocês. Se vocês contarem pra alguém o que ouviram, vão morrer, e vão morar comigo para sempre! Sempre! Sempre! Vocês não terão paz! Nunca mais terão paz!

Notas Finais


Até o próximo capítulo :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...