História A Dama E O Vagabundo - segunda temporada - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais
Tags Adolescência, Briga, Justin Bieber, Namoro
Exibições 203
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hi babes.
Nem demorei né?
Boa leitura.

Capítulo 48 - Supresa


Coloquei meus fones de ouvidos e coloquei uma música qualquer pra tocar. Encostei minha cabeça no vidro da janela do carro e fiquei vendo a paisagem passar na velocidade que o carro andava.

Fiquei imaginando a cena que eu iria ver, o que eu ia sentir na hora em que visse Zack na cama de um hospital novamente. Senti lágrimas molharem meus rosto.

- Hey pequena... - Austin me tirou de meus pensamentos.

- Oi. - enxuguei algumas lágrimas.

- Fica calma, tá? Vai ficar tudo bem, o Zack vai sair dessa...ele te ama muito, de uma forma até enjoada. - rimos de leve. - Mas ele te ama e eu sei que ele não vai te deixar assim sem mais nem menos, ele não é nem louco de nos deixar, se isso acontecer, eu arranjo um jeito de ir até lá no céu e dou uma bela surra nele e depois trago ele de volta. - rimos de leve mais uma vez com o comentário do Austin.

Ele era um garoto muito legal, sempre fazia graça, não mais que o Gus, mas fazia. Ele sempre tentava arrancar algum sorriso meu, mesmo quando eu brigava com o Zack por besteira, era Austin que dava um jeito de fazer Zack e eu nos acertarmos.

Austin era mais próximo à mim do que Gustavo, mas isso não quer dizer que Gustavo não era meu amigo, pelo contrário, ele era um irmão, só que Austin era mais próximo.

- Obrigada por tentar me animar Austin. - sorri sem mostrar os dentes.

- Não quero ver minha cunhadinha triste, sei que vai ser difícil ver o Zack em uma cama de hospital mais uma vez... - riu. - Mas seja forte, por ele. - ele pegou em minha mão.

- Prometo que serei forte, por ele. - sorri.

Ele me abraçou e beijou o topo da minha cabeça.

Os outros três que estavam no carro, não falaram nada, apenas nos olharam e sorriram sem mostrar os dentes.

- Chegamos! - o motorista avisou parando o carro.

Deixamos nossas mochilas no carro e saimos do mesmo andando em direção à entrada do hospital.

Assim que entramos na recepção vimos Alice, Justin e Sophia a nossa espera.

- Que bom que vieram! - Alice abraçou todos. - Lu! - seus olhos estavam cheios de água assim como os meus.

- Oi. - sorri de forma confortável.

- Tia, e o Zack? - Camilly.

- Eles liberaram a visita de vocês, mas um de cada vez. - assentimos.

Alice nos conduziu até outra parte do hospital.

Paramos na ala da UTI, a enfermeira liberou a entrada.

Primeiro foi a Su.

(...)

Agora era minha vez, eu disse que ia por última.

- Respira fundo. - Austin tentou me acalmar.

- Tudo bem! - falei.

Entrei dentro da sala e a visão que tive foi de partir meu coração.

Zack tava ligado a vários aparelhos, havia um tubo que permetia ele respirar.

Sentir lágrimas molharem meu rosto, me aproximei dele devagar.

Seu rosto tava completamente pálido, seus lábios não estavam mais no tom rosa e sim em um branco, sem vida.

Seus olhos estavam fundos, os cabelos loiros totalmente bagunçados.

Ele tava muito magro.

Seguerei em sua mão e deixei que todas as lágrimas caíssem.

- Meu amor... - fiz um carinho de leve em sua bochecha. - Você vai...ficar bem...daqui a pouco você...vai t-tá com a g-gente novamente...pertubando... - ri levemente. - Me enchendo de carinhos...eu te amo Zack. Volta logo. - beijei sua mão. - Vamos está te esperando meu amor. - dei um leve beijo em sua testa.

Sair do quarto com um aperto no meu peito. Ver Zack daquele jeito foi de partir meu coração.

   Justin pov

- Dói ver eles assim... - Alice disse com a cabeça deitada em meu ombro.

- A Lu tá sofrendo muito. - Sophia.

- Todos nós meu amor. - Alice.

Senti meu calular vibrar no meu bolso, peguei o mesmo e olhei no visor, era o Jaden me ligando.

- Amor, é o Jaden. Tenho que atender. - falei pra Alice e ela assentiu.

Me levantei e me afastei um pouco de Alice e Sophia.

     *Ligação on*

- Fala Jaden!

- Justin, vem aqui no galpão.

- Aconteceu alguma coisa?

- Não, temos uma surpresa pra você.

- Fala sério Jaden, meu filho tá internado no hospital e vocês querendo fazer surpresa pra mim.

- Hey Drew...te garanto que você não vai se arrepender. Vem logo!

- Tudo bem, daqui a pouco eu chego aí. Vou avisar a Alice.

- Beleza!

   *Ligação off*

Encerrei a ligação e fui até Alice.

- O que Jaden queria? - se levantou da cadeira.

- Ele quer que eu vá lá no galpão. - suspirei.

- Aconteceu alguma coisa? - franziu o cenho.

- Não, ele disse que tem uma surpresa pra mim...vou lá ver o que é. Tudo bem? - segurei seu rosto com minhas mãos.

- Tudo, eu fico aqui com a Sophi. - sorriu de leve.

- Eu te amo! Prometo que volto logo. - beijei seus lábios.

- Eu te amo! Toma cuidado. - sorri e a beijei mais uma vez.

Alice sempre se preocupa comigo, mesmo que seja por uma besteira e eu gosto disso.

Dei um beijo em Sophia e sair do hospital.

Entrei no meu carro e assim que liguei ele pisei fundo no acelerador indo rumo ao galpão.

Eu ia em uma velocidade muito grande, poderia me considerar um piloto de corrida.

Ultrapassei vários sinais vermelhos, mas eu não estava nem aí.

Entrei em uma estrada de terra e fui seguindo até encontrar o galpão.

Assim que cheguei no mesmo, estacionei meu carro de qualquer jeito e sair dele, ativei o alarme e andei até a porta de entrada.

Os seguranças que tentaram impedir minha entrada aqui da primeira vez, me deram passagem.

- Até enfim. - Chaz falou assim que entrei no galpão.

- Pensa que eu sou o flash é? - perguntei seco. - Olha eu não sei se vocês sabem, mas meu filho tá no hospital...então eu espero que essa "surpresa" seja importante.

- Garantimos a você que sim. - Luke.

- Vem com a gente. - Chris.

Os meninos se levantaram do sofá e foram na frente, segui eles até uma sala.

- Jaden, e aí? - Ryan.

- Surpresa Justin. - Jaden sorriu e tirou um lençol de cima de um...cara?

- Quem é? - franzi o cenho.

- O responsável pelo acidente e por seu filho tá internado. - James.

Travei meu maxilar e senti meu sangue ferver, minha mãos se fecheram em forma de punho.


Notas Finais


Uuiiii, acharam o responsável pelo acidente.
O que vocês acham que o Justin vai fazer?
Comentem aí.

Kiss de chocolate


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...