História A Dama e o Vagabundo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Nalu
Exibições 101
Palavras 1.475
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpa a demora e que eu tive um problema com o capítulo e tive que rescrever. :P

O capítulo tá pequeno porque eu dividi, amanhã postarei a segunda.

Capítulo não revisado, Sorry.
Boa Leitura!

Capítulo 2 - Dois.


  Lucy On


 Depois que eu e Loki chegamos em casa ele foi correndo falar com meu papai, por sorte ele é a mamãe não estavam em casa, mas Loki disse que quando eles chegarem iria contar tudo. Agora nos estávamos na sala do papai onde ele trabalha.

 Lucy — Por favor Loki não conta pra eles, se você contar o papai vai afastar o Gray e eu não quero isso.

 Loki — Eu vou contar! Aquele idiota ia te beijar. — ele disse irritado.

 Lucy — Não fala dele assim! — disse um pouco irritada.

 Loki — Posso saber o motivo de você estar defendendo aquele…. Me diz! — Diz com a voz alterada, ele nunca havia ficado assim! — Me diz LUCY!

 Lucy — Eu…eu… EU AMO ELE!!! — Eu não podia ter dito isso. Loki me olhou com olhos negros. — Loki? — Ele agarrou meu pulso e começou a apertar, oque me deixou assustada.

 Loki — Você vai ficar bem longe dele ouviu? — ele disse frio enquanto apertava mais, eu não respondia, meu corpo travou, porque ele está agindo assim comigo? — OUVIU? — Ele gritou furioso me prensando na parede, comecei a chorar e ele ao ver pegou na minha outra mão e a empurrou contra a parede apertando. — Vou repetir de novo, VOCÊ OUVIU?

 Lucy — SIM! — Gritei! Ele sorriu de canto e se aproximou seu rosto do meu, eu encarei seus olhos, estavam cheios de….Eu não seu descrever. Ele começou a lamber meu pescoço, eu me debatia mas era inútil já que ele era mais forte, oque eu pude fazer foi chorar mais e mais.

 Loki — Você e só minha Lucy! — Ele sorriu largamente e me largou, eu cai de joelhos no chão, ele saiu da sala e eu abracei os joelhos enquanto chorava. 

 Levantei e saiu correndo pro meu quarto, tirei o uniforme e fui tomar um banho para me acalmar. Porque ele estava agindo daquele jeito? Loki sempre foi calmo e sorridente, sempre foi um bom amigo. Não entendo.


 Natsu On


 Assim que pisei o pé dentro de casa o Igneel veio correndo na minha direção como se o mundo fosse acabar.

 Igneel — NATSUUU!!! — ele gritou enquanto chegava mais perto, ele parou na minha frente bastante ofegante, se curvou com ambas as mãos no joelho, eu o encarei com uma gota na cabeça. — C-como foi a a-aula?

 Natsu — Você fez aquela carreira toda só pra perguntar isso? — disse num suspiro.

 Igneel — Responde logo moleque! — disse irritado, revirei os olhos e passei por ele indo em direção a escada. — Natsuuuuuu!

 Natsu — Foi ótima a aula senhor Igneel. — me virei para ele com um sorriso falso, ele me olhou da cabeça aos pés e se aproximou.

 Igneel — Precisa aprender a mentir pirralho. — disse bagunçando meus cabelos.

 Natsu — Ou velho oque você pensa que tá fazendo? — ele não falou nada e saiu andando em direção a sala. — Velho maluco. — bufei e subi pro meu quarto.


                            •°•°•°•


  Autora On


 Natsu ficou o resto do dia trancado no quarto ouvindo música e assistindo hentai. Por fim decidiu sair para caminhar em um parque depois que tomou banho vestiu uma regata preta escrito "Blood" em letras vermelhas e tinha algumas manchas ao redor que simulava sangue e que deixava a mostra seus braços musculosos, uma short branco normal e um all star preto, Natsu saiu do quaro e passou pela sala onde seu pai estava assistindo TV.

 Igneel — Natsu aonde vai? — perguntou ao ver o filho abrindo a porta.

 Natsu — Não e da sua conta. — Disse seco e saiu, Igneel suspirou e seguiu e voltou a assistir TV.

 Enquanto isso Lucy estava em seu quarto escrevendo em seu diário quando Virgo entrou em seu quarto trazendo em mãos uma bandeja com um suco e alguns pães e frutas.

 Virgo — Princesa? — chamou.

 Lucy — Virgo — sorriu triste.

 Virgo — Seu lanche Princesa. — caminhou até a cômoda e colocou a bandeja sobre a mesma. Olhou para Lucy e percebeu que a mesma estava triste. — Está tudo bem? 

 Lucy — S-sim… Estou ótima. — sorriu forçado.

 Virgo — Qualquer coisa me chame. Com licença. — saiu.

 Lucy suspirou, pegou uma toalha e foi tomar um banho depois vestiu um vestido branco com estampa de flores azuis, colocou uma sapatilha branca, fez uma trança lateral e pegou sua bolsa. Iria sair sem avisar ninguém, precisava conversar com alguém, ela iria para casa de Levy, sua melhor amiga. Lucy não tinha celular ou qualquer outro aparelho eletrônico, era poucas as vezes que a loira tinha acesso com as "tecnologias" do mundo de hoje.

 Lucy saiu da casa sem ser vista por ninguém, agradeceu a Deus por Loki não estar na casa/mansão, ele havia ido ao supermercado compra algumas coisas que Virgo pediu. 

 Lucy agora estava em uma parque, observando um casal de cisnes no grande lago, ela deu um suspiro calmo e viu um casal passar de mãos dadas por ela, ficou encarando as mãos entrelaçadas e se imaginou sendo com ela e Gray, ela sorriu abobada mas a imagem de Loki veio atingiu sua mente como um tiro, seus olhos arderam e deixou algumas lágrimas escorrem por suas bochechas.


  Natsu On


 Eu estava caminhando em um parque que era bem bonito, tinha muitas flores e árvores e algumas pessoas fazendo piqueniques, outras namorando e crianças brincando no parquinho. Eu estava distraído com a música que tocava nos meu fones até que vi uma loira sentada em um banco, ela estava de cabeça baixa, parecia chorar, me aproximei vagarosamente e assim que consegui ver quem era me assustei.

 Natsu — Luce! — eu disse a encarando, ela levantou o olhar e eu vi que seus olhos estavam vermelhos.

 Lucy — Natsu… — ela disse com a voz falha, me sentei ao seu lado e ela fitou o chão.

 Natsu — Oque aconteceu? — Eu tô preocupado com uma garota? 

 Lucy — Não e nada! — Ela deu um sorriso mas eu tive a certeza de que não era verdadeiro. Ela limpou suas lágrimas com as costa da mão e me fitou. — Oque faz por aqui? 

 Natsu — Eu estava entediado em casa e resolver sair. — eu disse sem muito ânimo. — E você oque faz aqui?

 Lucy — O mesmo que você. — ela sorriu, parece que ela esqueceu o que a fez chorar.

 Natsu — Cadê o seu guardinha? O Loki. — disse olhando em volta, a fitei e me assutei ao ver seus olhos sem brilho, ela fitou o chão.

 Lucy — Não quero falar sobre isso! — disse calma, eu sorri travesso.

 Natsu — Afinal… Oque aconteceu depois que o Loki apareceu quando o gelinho ia te beijar? — perguntei e ela me olhou espantada.

  Lucy — Como vo…

 Natsu — Eu vi e ouviu tudo. — disse ela me olhou vermelha, pensei que estava corada mas não, ela tava era com raiva.

 Lucy — Natsu isso e muito feio! — ela me deu um cascudo. — Já disse que não quero falar sobre isso.

 Natsu — Tá bom, tá bom! — disse com as mãos pro alto em forma de rendição. — Desculpa! — o que tá acontecendo comigo?

 Lucy — Está desculpado. — ficamos em um silêncio constrangedor então eu vi um senhor com um carrinho vedendo picolé.

 Natsu — Ei Luce! — me encarou — quer um picolé? — perguntei sorrindo.

 Lucy me olhou com os olhos brilhando — Sim — disse animada.

 Eu peguei em sua mão e caminhamos até o senhor, Lucy escolheu um picolé de chocolate com amendoim, eu paguei o senhor e começamos a andar em volta do lago.

 Lucy e uma garota diferente, sei lá, como posso dizer… ela é delicada como uma boneca de porcelana, se não tomar muito cuidado ela pode quebrar… Oque eu to dizendo? Essa garota da mechendo comigo… Melhor eu bolar um plano pra levar ela para MINHA cama.


 Lucy On


 O Natsu tá sendo tão legal comigo, bem diferente do jeito que ele tratou meus amigos, ele e divertido e adora falar coisas engraçadas… Sinto que posso confiar nele, não sei explicar, me sinto segura perto dele.

 

 Autora On


 Natsu — Luce — chamou a loira que o fitou. — Er… — travou.

 Lucy — Natsu? — não entendeu. Natsu nada disse apenas ficou olhando para uma pessoa que ele conhecia bem, Lucy balançou a mão na frente do rosto do rosado que acordou. — Tudo bem?

 Natsu — Luce precisamos sair daqui agora! — disse sério, Lucy entranhou mas concordou, Natsu agarrou na mão da garota e saiu andando apressadamente com Lucy.


 Uma garota que estava ali perto olhou para trás e viu os dois.


 ??? — Natsu?




Continua...


Notas Finais


Quem vocês acham que e essa garota? - .-

Comentem! Beijos da Endy
ヽ(*≧ω≦)ノ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...