História A Dama e o Vagbundo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Zayn Malik
Tags One Direction, Romance, Zayn, Zaynmalik
Exibições 16
Palavras 1.669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uma noite com a melhor amiga.... o que poderia acontecer de tão novo ?

Capítulo 2 - Olá estranho.


Fanfic / Fanfiction A Dama e o Vagbundo - Capítulo 2 - Olá estranho.

Vermelho sangue era depositado nos lábios frente ao enorme espelho do banheiro, não é uma cor que ela está acostumada a usar, na verdade aquele batom não pertencia a ela, mais tinha certeza que com ele Chloe não ia reclamar do vestido que ela escolheu, confortável mais sua melhor amiga insistia em dizer que era careta e que parecia da sua vó . O celular acendeu sobre a pia de marmore com a foto dela com Chloe de algumas semanas atrás.

-Hum..- foi o som que saiu da sua boca concentrada no espelho

-Estamos aqui em baixo- sua voz alterada a fez sorrir se encarando no espelho

-Oi Harry- ela murmurrou-Já estou descendo- ela desligou o celular antes mesmo da resposta mais sabia que ela estava no viva voz

"Celular, bolsa, chave".. fazendo a lista mentalmente de que tinha pego tudo desceu as escadas fazendo o minimo de barulho possível com seus saltos na escada de marmore preta em direção a porta da frente, desativou o alarme e saiu pela enorme porta tentando não acordar seus pais, mesmo eles sabendo que ela ia para a casa da sua melhor amiga, estava sem tempo de interrogatório."

-Casal- cumprimentou os dois a fechar a porta

-Adorei a escolha do batom- pelo retrovisor encontrou o olhar dela que fez uma leve careta- Menos o vestido da vovó- os três riram antes do som alto da música ecoar pelo carro.

Era observando pela janela do carro para não atrapalhar o momento do casal que cantavam uma música que ela nunca tinha ouvido e a mão assanhada na pena da sua amiga mal percebeu quando Harry estacionou em uma rua escura, caminhando atrás do casal abraçou seu corpo anotando mentalmente em trazer um casaco na próxima vez, tinha uma fila na calçada chegando quase a esquina mas passaram reto até o segurança na porta.

-Boa noite- sua voz grossa eccoou dando passagem para o casal

-Achei que ia ser barrada- ela sussurrou na orelha da amiga ao passarem

-Relaxa o Harry conhece o dono- ela sussurrou antes de ser puxada por ele para cumprimentar algumas pessoas

O ambiente era acolhedor, tinha algo entre a iluminação amarelada com as paredes de tijolos e as mesas de madeira antiga, que a fizeram relaxar o bar ao canto com algumas imitações de o que seriam a nova versão de góticos e roqueiros se servindo que a fez rir baixo, ao fundo um pequeno palco de madeira tinha uma banda tocando algo que ela reconheceu como don't let me down em segundos, se fosse pela música a noite seria ótima. Beatles é Beatles.

-Eu sabia que você ia gostar- Chloe nos braços do Harry em pé atrás dela  se inclinava ao lado pra sussurrar no ouvido da amiga sentada ao seu lado no pequeno balcão mais próximo do palco

-Nada Mal- ela respondeu sorrindo tomando mais um gole de um drink que Harry escolheu pra ela

Os dois estavam mais próximos do palco dançando abraçados após mais algumas músicas junto com mais algumas pessoas curtindo o som, que agora passou para um ACDC o que fazia aquele lugar mais excêntrico que ela imaginou, não conteve o sorriso quando sweet child o' mine começou a tocar, e seus lábios simultaneamente começaram a sussurrar a letra da música com certeza a ganhou em segundos. Aquele lugar era mesmo incrível.  

-Você tá bem ?- ela franziu a testa com a bufada que Chloe deu a se sentar ao seu lado

-Harry- ela revirou os olhos apontando para um canto

Enquanto seus ouvidos tinham um orgasmo com Guns n' roses ecoando pelo bar  acompanhou  pra onde ela olhava e o viu batendo de frente com outro cara que nunca viu na vida, ele era um pouco menor que Harry, a cabeça raspada e um olhar ameaçador em cima dele,  era o que conseguia observar daquela distancia com aquela iluminação precária, institivamente ela levantou e caminhou entre algumas pessoas  esbarrando em alguns até chegar ao canto e ouvir o que estava acontecendo

-Eu não vou falar outra vez- Harry rosnou e recuou dois passos com seu tom de voz 

-Eu não vou a lugar nenhum- o outro cara respondeu sorrindo e pude observar ele melhor, sua jaqueta de couro e sua calça jeans eram desleixadas mais o deixavam extremamente atraente

-Vou precisar te colocar a força pra fora- ele agarrou a jaqueta preta do rapaz que riu e rezando para todos os santos ela se meteu meio

-Styles- suas mãos foram para os dois lado uma em cada peito os afastando

-Isabella não se mete- ele rosnou e ela se virou de frente pra ele o encarando sériamente

-Harry- o repreendendo o fez tirar os olhos dele e a olhar ameaçador mas rapidamente olhando pelo seu ombro encontrou a solução-Enquanto você tá aqui bancando o macho alfa- ela revirou os olhos e apontou pra trás-Parece que alguém está querendo se divertir com a Chloe

Um rapaz apoiado onde ela estava sentada ao lado da sua amiga passava a mão puxando cabelo da amiga o retirando do seu rosto que estava agora deitada no balcão sentindo os efeitos do alcool, se divertindo com a cena apenas acompanhou com o olhar quando ele  quase correndo afastou o cara de cima dela e se sentou cobrindo seu campo de visão.

-Hum..-hum- pigarrearam atrás dela e só agora ela percebeu que a música tinha acabado olhou rapidamente pro palco e logo começou uma música que ela não conhecia

-Pois não ?- se virando encarou o motivo de todo aquela confusão retirando a mão que estava apoiada ainda na sua jaqueta em rapidamente

-Não sabia que Harry precisava de uma ajudinha- ele se aproximou sussurrando próximo ao ouvido dela se referindo ao seu tamanho com um sorriso malicioso nos lábios

-Quando maior é  o ego, maior o nível de babaquisse- dando de ombros mais perplexa com o perfume amadeirado que ele tinha deixado no nariz dela que cruzou os braços

-Chihuahua são sempre bravinhos ?- o sorriso não deixava os seus lábios só então ela percebeu o quanto estava próxima dele ao separar a briga

-Me desculpe- ela colocou a mão no peito e deu um passo pra trás como um gesto teatral-Não sabia que veterinária estava escrito na minha testa- o seu sorriso aumentou ainda mais e ela revirou os olhos

-Ei- uma morena o puxou pela cintura usando um vestido tão curto que faria a garota de programa da esquina se orgulhar- O que você está falando com essa ai ?- sua voz estridente a fez simular vomito enfiando um dedo na boca  sem ninguém perceber

Como se saisse de um transe por ainda estar parada ali sem nenhum motivo aparente movimentando seu corpo pra cima em um susto com um braço envolvendo  sua cintura o olhar do cara me impoutunando subiu assim como a mão dela que se virou em um segundo estapeando o rosto de quem é que fosse atrás de mim

-QUE PORRA É ESSA ?- o cara gritou e a cara de nojo estava estampada no seu rosto ele parecia ter uns 30 anos fedendo a cerveja

-Minha mão que vai acertar sua cara mais uma vez se ousar me tocar mais uma vez- seu tom era baixo mais rouco uma mistura de desespero e raiva

-MAIS É MUITO FILHA DA PUTA- sua mão agarrou o seu braço com uma força que fez seu corpo dar um tranco pra frente

Podia sentir seu coração acelerado a a sua respiração falhar, seus olhos percorreram onde seu socorro estava mais ela se desesperou ao ver que Harry não estava mais ali nem sua melhor amiga, sua mão foi para o peito dele tentando o empurrar mais sua mão estava esmagando seu braços

-VOCÊ TÁ ME MACHUCANDO- ela gritou com a voz embragada segurando as lagrimas quando ele deu a entender que ia sair a puxando

-SOLTA ELA- uma voz atrás dela ecoou e duas mãos estavam na sua cintura a puxando pra trás dele

Foi como se tudo estivesse em câmera lenta, as mãos a puxaram pra trás, uma forma tomou a sua frente e forçando os olhos embaçados com algumas lagrimas percebeu que era o mesmo cara que estava brigando com o Harry,  ela ouviu alguma coisa como vadia mais nao coseguiu entender pois ela deu um passo pra trás quando ele acertou um soco no rosto do cara que caiu pra trás

-Vamos- ele segurou no braço firme a puxando para fora mais sem a machucar passando pelas pessoas que estavam em volta da briga

-Pra onde você tá em levando ?- ela quase sussurrou quando eles passaram por uma outra saida e o vendo gelado a fez se encolher

-Pra sua casa- ele grunhiu quando ela parou de andar e a puxou pela mão caminhando até uma moto no meio de um estacionamento vaziu

-Eu não vou a lugar nenhum com você- ela se recuperando dos minutos atrás soltou a mão dele parando no meio do caminho

-MEU DEUS CRIATURA- ele voltou ficando na frente dela a segurando pelos braços- Você tem noção de quem era aquele cara ?- mais uma vez o seu perfume a atingiu em cheio

-Não me importa- ela deu de ombros achando uma voz que nem sabia da onde-Ele teve o que mereceu por me tocar sem eu deixar

-Você é uma....- ele coçou a cabeça dando dois passos pra trás- Dá pra subir na moto antes que ele não volte sozinho atrás de nós- completou com o olhar dela sobre ele

-Não tem nós- ela pegou o celular na bolsa discando o número tão já conhecido-Sério já pode ir se está com medo do nojento do bar- ela o olhou com o aparelho no ouvido encarando os seus olhos a fuzilando-Mais eu tenho que achar o...

-ISABELLA- a voz do Harry ecoo pelo estacionamento

-Minha deixa- ela o olhou segurando o celular-Obrigada estranho- ela saiu caminhando em direção ao Harry que parado no carro na rua observava atentamente fuzilando  rapaz atrás dela com o olhar.

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...