História A Dance For Love - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~ffckseles

Exibições 141
Palavras 1.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


SORRY SORRY SORRY SORRY SORRY SORRY MIL DESCULPAS POR TODA ESSA DEMORA.
Vocês devem me odiar, já que eu tinha falado que a gente ia postar a fic rapidamente pra chegar logo na parte em que paramos, então peloamor de Deus me perdoem.
espero que vocês não tenham abanonado a fic </3
Bom, fiquem a vontade, e até lá em baixo :)

Capítulo 2 - Capítulo Dois


Fanfic / Fanfiction A Dance For Love - Capítulo 2 - Capítulo Dois

CRYSTAL MCNAMARA

- Vamos suas lerdas, Lox já ligou duas vezes pedindo onde estávamos. – falei  pegando as chaves do carro.

- Tudo bem, estamos prontas. Vamos. – Amy disse descendo as escadas com Emma e Emilly logo atrás.

Eram 15:15, e tínhamos marcado pra chegar as 15:00 no galpão aonde o grupo de Lox estão morando. Pelo que Mahogany nos explicou, todos saíram de suas casas e formaram esse grupo, vieram para Sydney porque assim teriam melhores oportunidades, mas acabaram sem dinheiro. E por isso que eu e minhas três amigas estamos indo pra lá agora, e estamos muito atrasadas, já que o trânsito hoje não era um dos melhores.

- Eu acho que é aqui, Crystal – Emma falou, olhando pra um galpão.

Saímos do carro e olhei para o grande “galpão”.  Pelo o que Lox dizia, imaginava um galpão velho, sem cuidados por estarem sem dinheiro, mas parece que não, a falta de dinheiro não mudou os cuidados que aquele galpão merecia, e afinal, é o lugar onde eles moram. Lox também me explicara que eles tinham transformado aquele grande galpão em literalmente uma casa, com cozinha, quartos e tudo mais.

Assim que entramos, vimos um garoto loiro – muito bonito por sinal – escorado na parede, que no momento em que percebeu nossa presença, veio em nossa direção.

- Ei, vocês devem ser as quatro garotas que vão fazer o “teste” para entrar no nosso grupo, não é? – ele perguntou, fazendo aspas com os dedos.

- Sim, isso mesmo! Meu nome é Crystal, mas pode me chamar de Crys – sorri para ele, que retribuiu– Essas são Amy, Emma e Emilly – apontei para cada uma, que logo abriram sorrisos para ele.

- E você é...? – Amy pela primeira vez se pronunciou.

- Sou Matthew. Matthew Espinosa. Mas podem me chamar de Matt – falou sorrindo – Vamos, vou levar vocês pra conhecer os outros caras e conversarem com Nash ou Cameron.

Matthew passou por um corredor, e o seguimos, logo avistando um lugar com várias pessoas conversando, e quase todos garotos, como Lox vive aqui?

- Pessoal, essas são as garotas que vão fazer o teste. Depois vocês se apresentam. – Matthew falou rápido e foi para perto deles – Sabem aonde Nash ou Cameron se meteram?

- Nash deve estar se pegando com Scarlett em qualquer canto e Cameron está com Mahogany na sala de dança. – um garoto moreno e magro falou.

- Como sempre!– Matthew falou, revirando os olhos.  Acho que se referindo a parte do tal de Nash estar se pegando com alguma garota. – Venham, vamos tentar falar com Cameron –  Os outros garotos acenaram para nós, e devolvemos o gesto.

Seguimos Matthew até uma sala, que pelo jeito eles usavam para ensaiar, já que era bem espaçosa, com um enorme espelho em uma das paredes.

Assim que entramos, avistei a cabeleira ruiva de Lox, que nos olhou sorrindo. Um garoto moreno ao lado dela nos olhava, com cara de tedio.

- Meninas, até que enfim vocês chegaram. – Lox gritou correndo até nós, empurrando o garoto, que acabou desequilibrando e caindo de bunda.

CAMERON DALLAS

- Acho que o Taylor deveria ir para a frente na terceira parte. Faz tempo que não damos destaque a ele, isso seria bom! – Mahogany falou, sobre nossa coreografia.

- Podemos fazer isso mesmo. Tay vai ficar feliz!  – falei, já imaginando o quando Taylor ficaria animado com essa dança.

- Meninas, até quem enfim vocês chegaram. – Lox gritou ao meu lado assim que viu 4 meninas entrarem junto com Matthew na sala, e me empurrou, me fazendo desequilibrar  cair. Lox era realmente um amor de pessoa comigo.  

E como o esperado, risos chegaram ao meu ouvido e logo vi Matthew ao meu lado.

- Que micão! – falou, soltando uma gargalhada.

- Ah cala a boca Matthew! – falei de cara fechada. O fazendo rir mais ainda.

- Não ta mais aqui quem falou – levantou os braços pra cima.

- Hey suas crianças, será que da pra pararem de brincar? Elas chegaram- Mahogany falou, ainda abraçada de lado com uma garota ruiva.

É eu percebi que elas chegaram querida Mahogany.

- Prazer, Cameron Dallas – digo apertando a pequena mão da garota ruiva, e logo em seguida a das outras três.

- Crystal McNamara – sorriu de lado assim que se apresentou. Oh, então foi essa a grande – olha a ironia – garota que teve a brilhante ideia de me fazer de seu par numa dança de ballet? Meu Deus, o que eu não faço pelo meu grupo?

Me escorei na parede e comecei a estudar elas. Elas eram bonitas, dariam uma boa imagem ao grupo, só não tenho certeza se elas realmente dançam bem.

- Vocês tem certeza que sabem dançar hip hop? Porque pelo que Mahogany falou, vocês dançam apenas ballet – perguntei, com desconfiança na voz, vendo Crystal arquear uma sobrancelha.

- Já dancei hip hop por 5 anos, sei muita coisa, talvez até mais que você – Crystal falou metida, me olhando.

Soltei uma gargalhada e ela me olhou brava. Ela acha mesmo que dança melhor do que eu? Danço hip hop a mais de 13 anos,  e não é uma garotinha que dança ballet que vai me superar.

- Agora precisaremos ver como vocês são, por que não podemos aceitar qualquer um a A Máfia!

– com certeza melhor que você eu sou – na boa, por que ela estava implicando assim comigo? Que escrota, acabei de conhece-la.

- Então mostre – falei desafiando.

Lox vai até  o rádio e coloca pra tocar Bitch Better Have My Money da Rihanna, e então elas começam a dançar, em sincronização. Provavelmente já sabiam a coreografia.

Os outros garotos e as garotas do nosso grupo entraram na sala e começaram a assistir as três dançando. Nash estava vidrado nelas, provavelmente vendo o quanto elas poderiam ajudar o grupo.

Tenho que admitir, elas dançam muito bem, ainda mais para quatro garotas que não estão acostumadas com esse tipo de dança. Claro que ainda não são perfeitas, mas já ajudam muito, com um pouco de treinamento, elas ficariam muito boas e teríamos mais chances de ganhar o campeonato, já que ele ainda esta longe de acontecer.

Elas terminaram a dança com uma pose, e Lox começou a dar vários pulinhos animada, me fazendo rir, e desligar o som.

- Eu falei que era boa! – Ela disse, com  um sorriso cínico. Revirei os olhos e joguei a cabeça para trás. Até Scarlett foi mais legal na primeira vez que a vi.

Ah qual é, essa garota vai me forçar a dançar ballet, e ainda por cima diz ser melhor que eu, já não tenho muita simpatia por ela.

- Acho que você não é tão boa quanto diz McNamara – falei dando um sorrisinho, me viro e antes de sair escuto ela falando baixinho, provavelmente pra mim não escutar, mas mesmo assim ouço:

- Não é isso que seus amigos acharam Dallas!

CRYSTAL MCNAMARA

Sei que posso ter parecido metida e chata enquanto falava com Cameron, mas ele tinha duvidado de mim e das meninas, e eu odeio pessoas que fazem isso.

A dança foi legal, e também foi bem divertido ver todos nos olhando com aqueles sorrisos esperançosos. É, eu acho que já estávamos no grupo.

Me sentia mal por ter saído de meu antigo grupo para entrar em outro. Eu fui louca por ter deixado tudo aquilo para trás e ter voltado para o começo. O que eu não faço pela Lox? Deveria ganhar um premio de melhor amiga do mundo. Por ter saído do meu grupo para ajudar ela, e por ter que ficar aturando o amiguinho dela.

Minha mãe tinha brigado comigo por eu ter deixado meu antigo grupo, mas depois de eu ter falado o motivo pra ela, recebi um abraço e a frase “que orgulho eu tenho de você”.

As garotas ficaram animadas com a ideia de entrar para um novo grupo, principalmente Emilly, que gostava muito desse tipo de dança.

Espero realmente que eles deixem a gente entrar, pois agora já estávamos animadas pra isso, e eles precisavam muito mais de nós, do que nós deles.


Notas Finais


É isso gente. Quem quiser comentar, fiquem a vontade, comentários são MUUUUUUUUUUUUUUUUUITO bem-vindos, até demais!
Bye :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...