História A Day in The Life of One Girl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Alixander, Enzia
Exibições 4
Palavras 339
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá pra você futuro leitor :3 essa é minha segunda tentativa de escrever algo "original", espero me sair bem (pelo amor de deus né) :) e apenas coloquei a fic na categoria "poesias" porque o SS meio que obrigou, não chega a ser uma poesia mas okay.
~desculpem essa capa de fanfic genérica feita pelo celular. Chega de enrolação, boa leitura ;D

Capítulo 1 - Olá!


Olá, me chamo Alice. Sei que não nos conhecemos mas estou afim de contar uma história a vocês... Baseada em fatos reais hahah, não se assuste; tentarei não assustá-los durante minha história, quero que saibam a realidade de que um dia pode acontecer com você aí!

Estou perto de fazer meus 15 anos, uma idade infernal pra uma pessoa que não lida facilmente com as coisas em seu redor. Não só por ser uma garota sentimental, mas sim também ter o azar da hipocrisia andar em seu lado no cotidiano por parte das pessoas com quem mais convive. Enfim, faço parte à três anos de um movimento muito interessante e exepcional que criaram à algum tempo atrás no século passado, um movimento em que você encontra pessoas de todas as idades, costumes, aparências, dentre demais coisas diferentes. E não me arrependo de ter entrado mesmo eu infelizmente ter conhecido pessoas não muito interessantes nesse mesmo movimento. 

Fora deste mesmo movimento que citei, tenho apenas duas pessoas com quem posso contar: Ana, a pessoa que consegue se auto-defender como qualquer outra que conheço (e também tem cabelos coloridos exóticos por sinal), e Marie; os longos cabelos coloridos e uma beleza excêntrica, seu jeito de ser é interessante.

Pois é, mas não me sinto satisfeita, ultimamente venho me magoando facilmente... E muitas vezes eu não posso compartilhar isso nem com quem vive na minha própria casa, é difícil, minha vida não é "um mar de rosas" como já escutei de outras pessoas da minha idade, digo o mesmo de Ana e Luna Aliás tenho dois amigos peludos! Louie e Boo, Louie não enxerga mas ainda o amo mais que tudo...porém eu pretendo dizer essa mesma frase mas no sentido com que seja com uma pessoa, ah o amor....uma palavra tão pequena mas com um sentido tão poderoso. Já ia me esquecer do hiperativo Boo, é jovem e super alegre, mais apegado com meus pais, é praticamente meu irmãozinho pego da rua.

Por hoje é só, quem sabe algo de interessante aconteça comigo algum dia...


Notas Finais


Acho que ficou curto por se tratar de um começo e ainda feito pelo celular :T espero que tenham gostado! Verei com que frequência poderei postar mais. Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...