História A Demon's House - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Exibições 25
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - More one day in the house


P.O.V Jimin

 

Acordei no dia seguinte vendo que não havia sido um sonho, tudo o que tinha acontecido noite passada era a pura e mais deliciosa realidade, eu havia transado com Jeon Jungkook, eu não poderia estar mais feliz, para demonstrar minha felicidade vou lhe dar algo que o satisfaça, vou fazer um café especial para ele.

Vesti meu roupão e fui para a cozinha. Comecei a fazer umas torradas, peguei frutas para fazer uma deliciosa vitamina que havia aprendido a fazer, enquanto aprontava as torradas estava fazendo a vitamina. Retirei as torradas assim que estavam prontas, coloquei a vitamina numa jarra, mas eu sentia de que precisava de algo, então resolvi fazer um misto para nós dois, preparei rapidamente os nossos mistos e levei tudo numa bandeja até o quarto.

No meu quarto havia uma mesinha de chão, que eu iria usar para comermos, coloquei tudo nos seus devidos lugares e o acordei.

— Jungkook! — Digo mexendo o seu corpo.

— Só mais cinco minutos — Ele diz ainda dormindo.

— Acorda Jungkook — Sussurro em seu ouvido fazendo com que o mesmo acorde.

— O que foi? — Ele pergunta coçando o olho.

— Fiz o nosso café da manhã.

— Nosso?

— Sim, se você vai passar um tempo aqui eu vou ter que lhe alimentar.

— Oh... obrigado. Você poderia me emprestar um roupão? É meio estranho e desconfortável comer pelado.

— Claro. — Digo enquanto vou ao meu guarda-roupa e pego um roupão reserva. — Toma. — Entrego o roupão ao mesmo.

— Obrigado, de novo...

— Vamos comer? — Digo me sentando.

—Claro. — Ele vem e senta em minha frente.

Estávamos comendo e estava um silencio até que Jungkook olhou o relógio.

— Meu Deus, Jimin estamos atrasados. — Ele começa a se apressar, mas eu o seguro pelo pulso e começo a sorrir.

— Qual o problema? Vamos faltar hoje e aproveitar o dia, não se preocupe pela manhã e tarde você não irá fazer nada que não queira.

— Está bem, você promete? — Ele pergunta de maneira fofa.

— Prometo, agora senta e come. — Ele sorri e volta a se sentar e continua a comer.

— Você que fez tudo isso?

— Sim, por quê?

— Tá uma delicia, mas não trabalhoso?

— Obrigado, não se incomode, não foi trabalhoso.

Nós terminamos de comer e fomos lavar os pratos e tínhamos esquecido a bagunça que tínhamos feito para fazer o bolo, a cozinha estava fedorenta.

— Tinha esquecido totalmente disso. — Digo enquanto deixo alguns pratos na pia.

— Quer ajuda?

— Só se você quiser ajudar?

— Eu quero ajudar, afinal eu comi também.

—Ótimo, vamos começar.

Começamos a arrumar a cozinha e não demorou muito para a cozinha ficar cheia de água e sabão e duas crianças brincando eu e o Jungkook, era bom porque espalhava água por toda a cozinha e no meio da guerrinha Jungkook escorrega e cai em mim me imprensando no balcão e deixando nossos rostos próximos. Até que ele se afasta e voltamos a arrumar as coisas normalmente, sem brincadeiras. Quando terminamos estávamos molhados e com as roupas coladas nos nossos corpos. Eu olhei para o Jungkook e sua bunda estava destacada e aquilo estava me excitando.

— Vou tomar banho. — Digo saindo da cozinha.

— Vou tomar com você. — Ele diz me fazendo corar.

— Como?

— Nós já nos vimos pelados e você já transou comigo, eu não tenho mais nada a perder.

— Tá bom, já que insiste.

Fomos ao banheiro e Jungkook assim que entrou retirou suas roupas me deixando totalmente excitado.

— Acho melhor tomarmos banhos separados. — Estranhamente estava com vergonha de que ele me visse daquele jeito. Quando eu estava para sair sinto Jungkook segurar meu pulso.

— Não tenho vergonha de ficar excitado por minha causa. — Ele diz sem expressão.

— Como você viu? — Digo com o rosto corado.

— As suas roupas estão coladas o que deixa mais evidente.

— Ah tá.

Retiro minhas roupas e entro no Box com o Jungkook. Nós tomávamos banho normalmente não sei como Jungkook ainda estava molhado, depois de secá-lo tanto. Ele daquele jeito na minha frente me fazia ir à loucura.

— Você continua assim? — Ele me pergunta olhando para mim.

— Assim como? — Pergunto confuso saindo do meu devaneio.

— Excitado. — Ele diz apontando com os olhos para o meu membro.

— N-Não é nada. — Digo envergonhado.

— É por minha causa não é? — Ele diz me fazendo corar e revirando os olhos — Deixa que eu resolva — Ele diz sem expressão enquanto se ajoelhava.

— Como? Não precisa — Digo enquanto o impeço.

— Você disse que eu só não faria o que eu não quisesse, certo?

— Sim, mas... — Logo sou interrompido por ele.

— Então não me impeça.

Ele segura o meu membro pulsante e começa a me masturbar, me fazendo gemer baixinho, ele começa a lamber a glande e logo em seguida abocanha o meu membro e começa a chupar no mesmo ritmo que ele me masturba, eu começo a gemer alto e meus gemidos ecoam pelo banheiro, sinto meu orgasmo chegando e então Jungkook tira o meu membro da sua boca me fazendo gozar em gozar em seu rosto num gemido alto e ofegante.

— Vê se acalma os nervos agora. — Ele me diz sem expressão.

— Obrigado.

Começamos a tomar banho normalmente, nos secamos e fomos para a sala.

O ambiente estava em silêncio, Jungkook estava no celular e eu estava tentando ler um livro, mas estava desfocado com Jungkook ali.

— Então... Jungkook... Você gosta de jogos? — Digo fechando o livro.

— Claro. — Ele diz sem retirar os olhos do celular.

— Quer jogar? — Digo pegando os dois controles.

— Pode ser — Entreguei o controle a ele e ficamos jogando o resto da tarde, até que começou a anoitecer e a expressão de medo se tornou evidente no rosto de Jungkook.

— O que foi? Está com medo? — Pergunto confuso.

— É que já está noite e... — Ele diz assustado.

— Não se preocupe, pode aproveitar, não irei fazer nada com você hoje.  — Sussurro em seu ouvido o fazendo se arrepiar.

— Obrigado. — Ele diz se acalmando.

— Vamos ter que dormir daqui a pouco, amanhã teremos que ir à escola infelizmente, eu queria poder passar a vida inteira com você, mas temos que fazer as necessidades e você não gosta de mim mesmo. — Digo triste.

— É... Desculpe... eu acho. — Ele diz segurando minha mão.

— Vamos dormir logo.

Desligamos tudo e fomos para o quarto e nos deitamos, eu estava com certa dificuldade para dormi, pois Jungkook estava ao meu lado e eu não estava a fazer nada.


Notas Finais


Desculpa a demora de postar, era para eu ter postado fim de semana passado, mas não pude por conta de um projeto, talvez fim de semana que vem eu poste 2.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...