História A Descoberta - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alice Cullen, Bella Swan, Billy Black, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Edward Cullen, Embry Call, Emily Young, Emmett Cullen, Esme Cullen, Jacob Black, Jasper Hale, Leah Clearwater, Paul Lahote, Personagens Originais, Quil Ateara, Rosalie Hale, Sam Uley, Seth Clearwater, Sue Clearwater
Exibições 148
Palavras 545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Luta, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi oi leitores e leitoras,espero que se divirtam e que gostem.

Capítulo 1 - A Estranha


Fanfic / Fanfiction A Descoberta - Capítulo 1 - A Estranha

             Capítulo 1
 
  Pov Katherine

  O despertador toca,07:00 em ponto e mais um dia humilhante na escola,me levanto da cama cambaleante e vou para o banheiro tomar um banho relaxante.
  Saio do banho,visto meu moletom preto,minha calça jeans larga e meu all star preto,me olho no espelho,olho fixamente para meus olhos azuis que puxei da minha mãe e prendo meus cabelos ruivos que puxei do meu pai em um rabo de cavalo.Na minha opinião eles são as partes mais bonitas em mim,fico me olhando no espelho,para minha pele pálida e meu corpo largo,-mas meus seios são grandes,uma das outras coisas que puxei da minha mãe,e também uma das coisas que escondo por baixo do moletom.-Pego minha mochila,meu MP3 e desço as escadas.Vejo minha mãe na cozinha fazendo as panquecas deliciosas de sempre,que me trazem calma e nostalgia.
  Sento-me na mesa e vejo meu pai lendo o jornal,e minha irmã de três anos na mesa comendo.
  -Bom dia pessoal.-Papai e mamãe acenam com a cabeça e Hannah dá bom dia com seu jeito de bebê  e desajeitado de sempre.
  -Bon dia Katy.

  Termino o meu café,coloco meu prato e meus talheres na pia,dou um beijo na mamãe,no papai e na pequena testa de Hannah e vou para o ponto de ônibus.Sento no último banco do ônibus,coloco meu capuz preto,meus fones de ouvido e ligo o MP3,coloco no último volume e começo a escutar Evanescence.Desço do ônibus e entro na escola,e me preparo para mais um dia...
  -E aí estranha você tomou banho hoje?!-Grita Paul,interrompendo meus pensamentos.Paro no meio do corredor e ouço as pessoas rindo.Então passo correndo pelo corredor,mas Paul me para agarrando meu braço.
  -Eu tenho nojo de você.-Fala Paul me olhando enojado.Eu sinto lágrimas cairem dos meus olhos.Então Paul grita intensificando a minha humilhação.
  -Gente a estranha sabe chorar!-Ouço risos e gargalhadas de todos os estudantes que estão ali.Puxo o meu braço de Paul e saio correndo pro banheiro,pego a tesoura que tenho na minha mochila e começo a me cortar para aliviar a raiva da humilhação.Eu comecei a me cortar já faz um bom tempo,quando a humilhação começou a ficar pior.Nesses últimos meses Paul parece estar cada vez com mais raiva,e me usa como o objeto dele para descontar a raiva.Enquanto corto o meu pulso,choro ainda mais e começo a soluçar por causa de toda a humilhação que sofri e que ainda vou sofrer.Toca o sinal,escondo meu pulso e vou para a sala correndo.Quando chego todos olham para mim com cara de deboche,me sento na minha mesa e começo a fazer a lição.

  Quando o sinal toca,eu vou para o meu armário guardar os livros,quando abro o armário,ele está cheio de água,molhando as minhas coisas,quando olho para a porta do armário vejo um bilhete,pego ele e o leio:

  Isso é para você aprender a não sair correndo quando eu estiver falando com você ESTRANHA.
                       ASS:P.

  E quando vejo o P sei quem escreveu:
  Paul.
  Vou para o refeitório e vejo Paul rindo com seus amigos,quando me vê abre seu sorriso malicioso.Jogo meu almoço fora e vou correndo para o ponto de ônibus.Ligo para os meus pais e falo que voltei para casa porque estava doente.
  Quando chego em casa,subo direto pro meu quarto,me jogo na minha cama e começo a chorar,até que acabo dormindo.


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...