História A Descoberta - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Incesto, Jovens, Sexo, Sexualidade
Exibições 52
Palavras 568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Josei, Lírica, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - A noite do Renato e da Bea.


-Nossa! Isso aqui ta parecendo uma história de terror né? Eu tô com muito medo! Tipo frio na barriga! Disse Bea. 

-É verdade, posso segurar essa lanterna? Diz Renato.

Bea dá a lanterna a ele e diz:

-Essa casa é muito grande! Será que estamos no lugar certo? Os pais do Luís são muito ricos né? Diz Bea.

-Você tá nervosa? Diz Renato. 

-Tô sim...muito. Responde Bea.

Eles caminhavam no corredor escuro, até que chegaram no tal quarto. 

Beatriz tirou umas roupas de sua mala e falou:

-Então, você já quer dormir? 

-Não sei...Você quer? 

-Não estou com sono. Ela pula na cama que mal sente seu peso, pois ela era a mais nova e mais pequena da turma. 

-Quer brincar de alguma coisa? Pergunta Renato.

-A gente pode brincar de verdade ou desafio! Diz Bea.

-Fechou! Disse Renato. 

O coração de Bea estava disparado, nunca tinha ficado tão perto de um garoto, era a mais inocente da turma, só sabia como era um garoto lá em baixo pelo que suas amigas contavam no colégio. 

Renato estava tão nervoso quanto ela, ele estava ali com uma garota sozinha num quarto, naquela idade, sem ser incomodado, podendo passar a noite inteira com Bea, e com uma cartela de camisinha! 

-verdade ou desafio? Perguntou Bea. 

-Verdade! Respondeu Renato. 

-É verdade que você nunca beijou de língua? 

-Verdade. Disse ele, ficando vermelho, pois era muito branco. Olhou para o chão e Bea riu um pouco. 

-Tudo bem! Eu também sou! 

Fez uma feição de pressa e perguntou rapidamente:

-Verdade ou desafio? 

-Desafio! Respondeu ela.

-Aah...agora você me pegou, que droga...deixa eu pensar...eu te desafio...eu te desafio a tirar a blusa!

-Aaah, não vale assim. Diz ela.

-O que não vale? Ué, é o desafio. 

-Pode até ser, mas você continua com o short e sua blusa. 

Ela então decide tirar, Renato observa aquela cena e pensa. 

"Nossa...o que ta acontecendo comigo, sinto como se meu corpo pegasse fogo, ela é tão pequena e parece ser desenhada"

-Verdade ou desafio? Pergunta Bea.

-Desafio! Responde ele sem nem deixar ela terminar de perguntar. 

Ela morde o lábio olhando para seu short e diz pausadamente subindo os olhos até ele:

-Eu te desafio a ficar somente de cueca. 

-Oooou, ta se vingando né? 

-Com certeza...

Ele tira o short laranjada, ficando com uma blusa e sua cueca box branca, então tira a blusa exibindo seu peitoral branco. 

-Mi...minha vez. Diz Renato.

-eu já estou com um pouco de sono, vamos deitar, esse quarto ta frio, a gente fica aquecido juntos...

-Ta bom...

Não disfarçou a frustração, mas Bea na verdade queria avançar o sinal. A saliência da cueca de Renato havia excitado-a como nunca antes, ela ainda era só uma garota. 

Deitou na gigantesca cama, ficou admirando Bea. Eles estavam com tanta vontade de "fazer besteira" que nem se preocuparam em colocar a blusa ou o short. Se enrolaram nos lençóis, se acobertaram por inteiros, ficaram olhando fixamente um para o outro. Renato descide tomar a iniciativa e abraça a pequena Bea. 

Bea aperta o abraço significativamente, fazendo com que Renato ficasse excitado demais para disfarçar.Bea então lançou a queima roupa:

-Você quer fazer sexo comigo, Renato? 

-Aah...a gente não precisa fazer isso, é só ficar aqui abraçado...

-Ainda bem, porque eu não quero que seja hoje. 

-Quer que seja quando? 

-Não sei, mas hoje to cansada. 

Eles riram como se tudo não passasse de uma brincadeira de casinha, mas apesar de não fazerem nada demais, aproveitaram bem a noite.

-Me beija Renato? Disse Bea



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...