História A Different Love- Imagine Jimin - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Kim_MiYang

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Jimin
Exibições 41
Palavras 2.416
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Poesias, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie gente, primeira história que vou fazer com minha amiga e bom meu usuário é a @LuaNoKawaii e a dela é @Parkzinhadojimi e nos duas vamos responder quanto tiver comentários e outras coisas.
Aceitamos sugestões e críticas boa leitura e avisando que:
S/N é: Seu Nome
E também
N/A: Nome Amiga
Tanto que tem 1 e 2 aí você coloca o nome de sua amiga aí... Espero que gostem e nos encontramos nas notas finais, desculpe se tiver erros.

Capítulo 1 - Semente Do Mal


Fanfic / Fanfiction A Different Love- Imagine Jimin - Capítulo 1 - Semente Do Mal

       "Sonhe como se fosse viver
        para sempre, viva como se        
           fosse morrer amanhã"

Estava andando pelas ruas de Seul procurando algum imovel barato para alugar, não tenho tanto dinheiro e teria que começar a trabalhar pra poder me sustentar. Eu morava no Brasil e acabei juntando um dinheiro para poder vir para cá.

minha mãe brigava comigo dizendo que eu não ia durar um dia sozinha aqui na Coréia, então a minha meta é mostrar pra ela que eu consigo sim.

aah, desculpe esqueci de me apresentar! prazer sou S/N e tenho 18 anos e acho que posso contar apenas isso por enquanto... mais pra frente eu conto mais.

enquanto andava pelas ruas sentia um cheiro bom, era algodão-doce e esse cheiro era forte. Ando mais um pouco vendo assim uma mulher jovem que aparentava ter uns 30 anos estar enrolando os algodãos no palitinho, tinham diversas cores uma mais linda que a outra e olha que eu estou falando apenas de algodão-doce.

paro na frente dela e pergunto o preço recebendo assim um sorriso lindo. Ela me diz o preço e eu procuro este valor dentro de minha bolsa, encontro e a entrego e pego o algodão e era azul que estava da mesma cor do céu.

ele (o céu) tinha algumas nuvens serenas e branquinha que pareciam formar desenhos lá em cima.

voltei a andar me deparando como tudo aqui era tão diferente... tão calmo e bonito. a sensação de sentir a brisa tocar meu rosto e fazer meus cabelos voarem me fez abrir um sorriso largo e ver como este momento estava perfeito.

mas isso acabou na mesma hora que uma silhueta chegou perto a mim e virou um copo em minha cabeça que chuto dizer era coca-cola.

Todos que estavam naquele mesmo local pararam e olharam para oque estava acontecendo. passo a mão nos olhos e depois-o abro para ver quem havia feito isso.

Eu achei que poderia ser uma mulher ignorante e sem nada para fazer que veio descontar sua raiva em mim, mas eu estava extremamente enganada e era um garoto, alto e seus cabelos estavam com uma cor platinada.

Sinto meu corpo todo grudento e sinto minhas bochechas queimarem.

-Gostou do banho querida? - o garoto se pronunciou me deixando cada vez mais confusa. Mas o que ele ta falando?

engulo o seco e resolvo não responder. Me viro para ir embora, porém sinto aquele garoto me puxar pelo pulso e me virar.

sem ao menos saber oque ele queria eu comecei a falar:

-Você é louco por acaso? tem bipolaridade? não toca em mim e me deixa seu idiota -Falei soltando o braço da pessoa que quaisquer fosse ela já estava a nojada de seu toque.

escuto alguém pigarrear e então vejo que quem estava a minha frente agora não era aquele garoto de cabelos platinados e sim outro com o cabelo meio rosado.

-Ah, me desculpe pelo Jimin. Ele estava sendo muito criança - o mesmo falou e soltou um sorrisinho quadrado.

olhei pro lado e pro outro e depois voltei minha atenção aos seus olhos.

-Ta certo. Me dê licença eu ainda preciso procurar um lugar pra tomar "banho" -fiz aspas com os dedos na última palavra.

vejo o mesmo sorrindo e me puxar de lado.

-entao o jimin pode se desculpar dessa forma,  você toma banho lá em casa e depois aproveita e fala com ele.

-bom... eu não sei acho que vai ficar tarde se eu não encontrar onde eu morar logo - fiz uma cara tristonha.

-ah vai... fica só um pouco e depois te ajudamos a procurar algum lugar para ficar.

-ta, tá bom eu aceito. Mas como posso te chamar? - sorri e começamos a andar e eu o seguia.

-pode me chamar de TaeTae - parou na frente de um portão branco.

-esse é seu nome mesmo?- perguntei vendo o mesmo começar a rir. ele abre o portão.

-meu nome é Taehyung mas me chame de TaeTae... e entra chegamos -deu espaço para mim passar e eu entrei.

escuto barulhos de passos e vejo o garoto de cabelos platinados que o TaeTae chama de Jimin. O mesmo da um sorriso fraco para o Tae e me olha azedo.

-Para com isso jimin, oque você tem com ela- perguntou só garoto e deu uma batidinha em seu ombro.

Ele ficou em silêncio por um tempo e voltou o olhar para mim.

-Eu não gosto dela.

-a para com isso jimin você nem sabe o nome dela. -Falou e parecia que estava ficando irritado- você está sendo muito criança.

O mais baixo  se aproximou de mim e pegou em meu queixo.

-Isso aqui é só lixo Hyung...- Jimin falou e fiquei super brava dando um tapa na sua mão. Ele se afasta e volta o olhar ao Tae- Se quiser poluir a casa você deixe ela entrar mas não vai ser eu que vá limpar a sua sujeira... -saiu da nossa frente passando pelo portão.

Nossa, nunca fui tão...  Insultada em toda minha vida, minhas bochechas queimam e eu tenho vontade de chorar e àquele tal de Jimin. Me paga por tudo que ele falou. Ele vai ter a mesma sensação que eu estou tendo só me aguarde.

-Olha acho que eu vou embora, procurar onde eu vou ficar e não em meter mais na vida de vocês. Jimin parece uma pessoa muito difícil e não gosta nem um pouco de mim -minha voz sai um pouco baixa e falhada mas consigo falar.

-aah, não ligue para o Jimin, ele não fala nada com nada. Agora entra e vá tomar um banho jaja o Jin chega e faz algo para nos comermos -falou me puxando pra dentro da casa

-Quem é esse ''Jin" -pergunto fazendo aspas com os dedos.

-é nosso amigo, ele é super legal e tem uma mão boa para cozinhar você vai ver..

Afirmei com a cabeça e ele me mostra onde é o banheiro, eu entro, fecho a porta e tiro minhas roupas deixando em cima do vaso e entro no box -, começo a me lavar e logo saiu-, percebo que o Tae não em deu toalha nem uma e entao puxo a toalha que estava pendurada ali e me enrolo.

Abro uma fresta da porta e escuto algo como "é sério Hyung, o jimin..."

Saiu do banheiro na ponta dos pés para tentar ouvir melhor é acabo tropeçando em um tênis e puxo um abajur pra não cair mas não funcionou e eu caiu durinha no chão fazendo um barulho imenso e trazendo o abajur comigo.

Escuto vários passos até lá e levanto a cabeça vendo tae de boca aberta e alguns meninos atrás dele.

-S/N...- ele para na minha frente. Olho mais pra cima conseguindo olhar pro rosto dele.

Sinto minhas bochechas queimarem.

-Tudo beleza aí em cima? - pergunto e ele balança a cabeça. Sorrio sem jeito e meio bugado.

Me levanto do chão botando o abajur em cima da mesinha.

-isso aqui é perigoso... Quase me matou - falo meio baixo mas dava para que eles ouvissem. Escuto risadas baixas.

Me viro e olho brava para o tae, mas não vou fazer ceninha com plateia: tudo garoto né.

-S/N.. porque tá com a toalha do Jimin? - apontou para a toalha me fazendo olhar pra ela.

Merda, tinha que ser justo daquele idiota?!

-aaah.. é dele é? Desculpa mas você não me deu toalha, queria que eu me secasse com oque? Minhas calcinhas só pode - digo brava e franzo o cenho.

Ele dá uma risadinha e levanta oque tava na outra mão dele e que parecia uma toalha.

-Eu tava levando tá bom? -deu língua. E eu fiz cara feia

-ta me dá logo essa toalha que eu não sou muito de plateias.. -olhei para aqueles meninos e Jesus que pessoas mais lindas.

Ele me entregou a toalha e eu voltei para o banheiro trancando a porta.

-ah, que vergonha deus - falo pra mim mesma.

Me seco e começo a vestir uma roupa, não disse né? Eu tô com uma mochilinha aqui e ela tem roupas. Pelo menos isso me salvou né

Guardo as roupas sujas dentro da mochila e destranco a porta logo saindo. Ando até a a sala e vejo dois garotos sentados no sofá e com os pés em cima da mesinha do centro.

Vou até a cozinha é sinto um cheiro ótimo. Tomara que me ofereceram comida porque eu tô morta de fome.

-Oi gente -sorrio. O tae e outro garoto com cabelo cor de mel estavam ali.

-Oie, não me apresentei desculpe. Meu nome é Jin, e o seu? - veio até mim e se apresentou com um sorriso lindo no rosto.

-Lindo nome Jin. O meu é S/N -respondo e me sento na cadeira.

Ele volta para as panelas mechendo elas. Tae se senta na minha frente.

-Quer dormir aqui hoje? Acho muito tarde você sai a essa hora na rua, é perigoso -falou. Ele pegou em minhas mãos e que fofinho todo preocupado.

-acho que não, o Jimin não vai gostar. Ele já voltou? - abaixo a cabeça quando falei o nome dele.

-nao ele não voltou, tá na rua ainda. Mas se ele se meter com você, ele vai estar bem ferrado porque a Omma Jin não deixa barato -começou a rir todo e eu não entendi. Como assim Omma Jin?!

-Porque Omma? - perguntei levantando a cabeça pra olhar pra ele.

-porque ele tem coração de mãe e age como uma mãezinha preocupada- me respondeu e eu comecei a rir. Esses meninos devem se conhecer a muito tempo mesmo

Escuto a porta ser batida muito forte e passos que chegam até a cozinha, me viro pra trás vendo aquele monstro e era o Jimin paradão na porta da cozinha. Franzo o cenho olhando pra ele e vejo seus olhos pararem em mim que logo faz uma cara de nojo, me levanto pronta pra dar um tapa bem dado na cara daquela bicha, mas sinto tae segurar meu pulso. Me viro pra ele e vejo-o levantar soltando meu pulso e indo em direção do jimin.

- seu viado porque voltou tão tarde? -perguntou para o jimin e o mesmo revirou os olhos.

- porque eu quis -saiu batendo pé. Bufei com aquilo e olhei para o Jin que via aquilo tudo de camarote.

-meu deus onde foi que eu errei? Aish... Essas crianças. -falou e eu ri daquilo, praticamente berrei.

Me levanto e dou um tapinha nas costas de jin e caminho até a sala e vejo três garotos um com cada cor de cabelo diferente.

Me sento no sofá ao lado deles e vejo seus olhares em mim.

-que foi? To cagada? -perguntei me virando para eles.

Um de cabelos castanhos escuro ia responder mas o outro de cabelo preto cortou ele.

-não, nos desculpe nem nos apresentamos. Sou Suga e àquele ali é o JungKook -apontou para o de cabelo castanho escuro que ia falar antes- e aqueles dois são Namjoon e o Hobi- apontou pro mais alto que tinha o cabelo azul e o outro cabelos pretos também.

-Prazer meninos, sou... -sinto algo vibrar no meu bolso e então tiro vendo N/A1 me ligando e eu atendo.

#Chamada on

-Aonde você tá sua vaca -gritou do outro lado da linha - esqueceu que eu ia te buscar no aeroporto?

Ae me esqueci totalmente disso e acho que é hoje que eu morro.

-Desculpaaaaaaaa N/A1 - falo começando a pedir a deus que me salvasse.

-Se tá fudida, a N/A2 vai te matar e ela tá aqui do lado muito furiosa. Vou passar pra ela -escuto ela passando o celular pra outra.

Respiro fundo tirando o cel da orelha e botando no viva voz.

-porque favor Maria José não me mata - fiz voz de choro

Os garotos começam a segurar a risada.

-AH VAGABUNDA SABE QUANTO TEMPO EU TE ESPEREI NAQUELA MERDA DE AEROPORTO? ACHO QUE NAO NÉ, SAIBA QUE QUANDO TE ENCONTRAR VOU TE ENTERRAR VIVA DEIXANDO SÓ A CABEÇA DE FORA. obrigada de nada -devolveu o celular para a N/A1 e eu comecei a rezar.

Os meninos já estavam rindo muito alto.

-quem é que tá ai S/N? -perguntou e eu sussurrei pra eles ficarem quietos

-NINGUEM- falo rápido

- JA TA DE AMIGUINHA NOVA? SUA VACA JA NOS TROCOU NE CADELA- escuto a N/A2 gritar

-ta calma, não troquei ninguém é que ocorreu algumas coisas e eu tinha esquecido totalmente que vocês iam me buscar por favor não me matem.

-ja era S/N se tá fudida, fala agora onde você tá que vamos te buscar pelo cabelo.

Pedi o endereço ao garotos e eles falaram e eu disse pra elas.

#Chamada Off

-to morta - começo a rezar de novo

Escuto eles rirem de novo e eu viro pra eles e dou língua

-oque foi gente? -Tae chega na sala se jogando em cima de todos.

-minhas amigas vão me buscar abaixo de varada - faço beiço e ele começa a rir

Ae assim senhor Taehyung, me irrito fácil sim. Empurro ele do sofá fazendo o mesmo cair no chão e ficar me olhando.

-vai rir da tua mãe. Eu vou morrer isso não é nada legal -cruzo os braços.

#Quebra de tempo

Escuto uma buzina na frente da casa e corro até a janela vendo as garotas descendo e a N/A2 com uma vara em mãos.

-fudeo, diz que eu não tô aqui -corro pro banheiro mas antes de chegar la dou de cara em algo e caiu de bunda no chão, levanto a cabeça e o monstro tava parado ali.

Escuto barulhos de porta aberta e os meninos falando com as minhas amigas. Os passos delas começam a se aproximar e eu me viro ainda no chão e vejo a N/A1 e a N/A2 paradas olhando pra mim

-Te encontramos -soltaram uma risada alta.

Tremi e me levantei caminhando até elas mas antes de chegar la sinto braços rodearem a minha cintura.

-Ah... S/N vai me deixar aqui? - falou em meu ouvido e eu me virei começando a espancar ele.

-nao chega perto de mim seu monstro.

#Quebra de tempo

Houve barraco treta e muita loucura mas as meninas me tiraram de lá a varada mas me tiraram.

Agora estava dentro do carro com um bico enorme e os bracos cruzados.

-suas vacas -disse baixo pra mim mesma

Vi a N/A1 se virar e me mostrar a vara.

É S/N hoje você morre mesmo.


Notas Finais


Gostaram? Comentem comentem e deixem sua sugestão ou crítica, dúvidas? Iremos responder.
Os capítulos não tem horas pra ser postados mas no próximo capítulo eu digo que horas mais ou menos eu posto e o dia.
Esperamos que gostem
#Kissus @LuaNoKawaii e @Parkzinhadojimi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...