História A Different Love- Imagine Jimin - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Kim_MiYang

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Jimin
Exibições 24
Palavras 2.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Poesias, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie o 2° capítulo me desculpe pela demora é que tive prova ontem e obrigada pelos 4 fav só de início espero que tenha mais.
Aceitamos sugestões e críticas boa leitura e avisando que:
S/N é: Seu Nome
E também
N/A: Nome Amiga
Tanto que tem 1 e 2 aí você coloca o nome de sua amiga aí... Espero que gostem e nos encontramos nas notas finais, desculpe se tiver erros.

Capítulo 2 - Sonhos impróprios


Fanfic / Fanfiction A Different Love- Imagine Jimin - Capítulo 2 - Sonhos impróprios

         "Se você pensa muito nisso, é porque deseja. Se você gosta de desejar isso, é porque quer"

S/N Pov's

Chegamos em casa depois de alguns minutos e as meninas não tiravam os olhos de mim nem pra cagar, eu ia no banheiro elas iam atrás aí eu fiquei me perguntando "oque elas acham que vou fazer".

- parem com isso suas viadas, é chato - falo enquanto comia aquele miojo frio que a N/A1 fez e pedia ao máximo pra que aquilo não tivesse veneno.

-isso meu amor come tudo direitinho -falou e depois deu uma risadinha baixa. Ah não elas aprontaram comigo mesmo?!

Revirei os olhos e voltei a comer e aquilo tava pior que gelo.

-isso aqui tá horrível N/A1 - fiz bico e empurrei o prato de miojo da minha frente.

Ela se levantou foi atrás de mim e encheu a garfo levando na minha boca mas eu virei a cara.

-come essa merda aqui -pegou no meu queixo e virou meu rosto pra frente colocando o miojo na minha boca.

Fiz cara de brava e engoli a massa, me levanto da mesa e vou até o meu quarto que elas falaram que era meu.

É bom pelo menos não vou ter que morar sozinha em outra casa... Mas tô vendo que vou sofrer de mais com essas doentes.

Fecho a porta do quarto pra nem uma delas entrar e vou até meu armário abrindo e começando a guardar minhas coisas. Coloquei as roupas de frio em um canto e na parte de baixo foi as roupas quentes e depois nas gavetas as peças íntimas e por aí vai.

Quando terminei peguei minha toalha e separei uma roupa e fui destrancar a porta para ir pro banheiro, espio pra ver se nem uma delas estavam ali e fui para o banheiro na pontas dos pés, chegando lá tranco a porta e começo a me despir. Já sem roupa entro no box ligando o chuveiro e tomando meu banho.

Término e saiu desligando o chuveiro e começando a me secar e depois me vestir e quando termino saiu do banheiro e caminho até a sala me jogando no sofá.

- você não falou quem eram aqueles garotos. -falou a N/A2 sentando do meu lado no sofá e depois deitou no mesmo botando os pés em cima da minha perna.

Virei pra ela e dei um sorriso fraco.

-são os demolidores de algodão -inventei qualquer coisa.

Ela começou a rir alto mas depois parou e olhou sério pra minha cara.

-para de brincadeira, aqueles caras poderiam te estuprar e você entra na casa de quem você nem conhece? Não te conheço mais S/N -disse ela tirando os pés do meu colo e se sentando no sofá.

Bufei e dei um empurrão de lado nela.

-você quer morrer?-falou seria me olhando. Fiquei assustada -to brincando -começou a rir- tinha que ver sua cara parecia um patinho feio.

Ficamos lá rindo por um tempo.

#Quebra de tempo

Estava agora na cozinha fazendo alguma coisa pra nós comermos porque se for por essas garotas morremos de fome.

Quando terminei chamei elas que vieram correndo e se sentaram na mesa (na cadeira) e eu levei a comida, eu fiz com oque tinha no armário. Era sopa de doenjang guk. Comemos caladas porque estávamos com fome e quando terminamos eu corri pro quarto pra não lavar a louça e oque funcionou. Me joguei na cama e puxei o cobertor.

Fiquei pensando nos garotos... Só que na verdade estava pensando mais no Jimin, porque esse garoto tem que ser tão insuportável chato irritante aaaah, por que to pensando nele?  Sou muito trouxa mesmo, pensando nisso sinto meus olhos pesarem e acabo dormindo.

#Sonho On

Jimin estava se aproximando e quanto mais ele chegava perto eu me afastava, ele chegava mais perto e então eu dei mais um passo pra trás sentindo minhas costas colidirem com a parede.

Ele chega perto de mim colocando sua mão na minha cintura e a outra na minha nuca e me puxa para um beijo, ele pede permissão para adentrar minha boca com sua língua e eu acabo cedendo.

O mesmo me levanta e eu coloco minhas pernas em volta de sua cintura e ele anda comigo até o quarto me deitando na cama e passando a mão por todo meu corpo. Ele para a mão no cós da minha calça a tirando, ele sobe me beijando e com uma mão ia até minha intimidade e fazia movimentos circulares em meu clitóris me fazendo gemer seu nome.

Me levanto e o empurro na cama subindo em seu colo e tirando sua camiseta, sinto seu membro duro em baixo de mim e começo a rebolar em seu colo.

Ele tira minha camiseta e eu tiro suas calças e agora só estávamos com peças íntimas.

Retiro sua box e vejo seu membro saltar, começo a lamber suas bolas e lambendo todo seu membro e depois lambia sua glande escutando o mesmo gemer. Abocanho seu membro e começo os movimentos de vai e vem e ele segura em meus cabelos movimentando minha cabeça.

Sinto seu líquido invadir minha boca e eu engulo tudo e depois ele troca as posições ficando por cima e tirando minhas calcinhas, ele se põe no meio de minhas pernas e coloca a cabecinha na minha entrada fazendo eu reclamar.

Logo ele põe tudo dessa vez começando as estocadas fortes enquanto eu ficava gemendo alto seu nome.

#Sonho Off

-S/N acorda sua abestarda. Porque caralhas você tava gemendo e gritando o nome de um ser chamado "Jimin"? -falou com as mãos em meus ombros e me balançando. Deus que vergonha, eu tava sonhando?!

Tapei a cara com as mãos e espiei entre os dedos os olhos da mais velha.

-aah me deixa dormir sua najinha -falei me jogando na cama e tapando a cabeça.

A coberta começa a ser puxada até eu estar totalmente destapada e sinto meus pés serem puxados e depois caiu de bunda no chão, fico xingando ela baixo com a mão na bunda e depois me levanto saindo do quarto e indo para o banheiro. Faço minhas higienes e desço vendo a N/A1 se alongando na frente da TV em um programa de esportes.

Caminho até a cozinha é abro a geladeira procurando alguma coisa pra comer e sinto mãos puxarem meu cabelo e eu olho meio de lado vendo no espelho do canto N/A1 atrás de mim me sarrando.

-Aaah... Jimiin...aaaah -começou a rir e depois soltou meu cabelo e se sentou no balcão

Começo a xingar ela baixo e depois pego uma maçã e caminho até o jardim me sentando em um banco. Mais que merda eu estava sonhando com o Jimin?!

Vou pra dentro da casa jogando o resto de maçã no lixo e ando até a sala e a N/A1 estava de costas pra mim se alongando, vou atrás dela e ia a empurrar mas sinto outro empurrão e caiu em cima de N/A1 que solta um grunhido de dor. Me levanto e puxo ela também e me viro vendo os meninos... Não pera porque eles estão aqui?! Porque Jimin está aqui?!

- S/n - tae vem correndo até mim e me abraça me fazendo sumir naqueles braços.

Retribuio o abraço e depois de um tempo ele me solta e os meninos se sentam no sofá a N/A1 vem do meu lado e começa a me xingar e empurrar de lado.

-para com isso merda -sussurro- tá com fogo no cú? (Au: bultaoreune!! Fireee eo eo, parei)- sussurro outra vez.

-calme menina, quem tá com fogo no cú aqui é você pra ficar gemendo aaah... Aaah.. achou que eu não ouvi? -começou a falar normalmente nem alto nem tao baixo e esquecendo que a casa tava cheia.

-deus me ajuda, como vou suportar essas quengas?- falo olhando para o teto. Que era mais lindo que a minha linda cara.

Os meninos começam a cochichar e rir e eu ali com cara de tacho.

-oh seus viado, se não for muito incômodo dividir o assunto com a parça eu agradeço, obrigado de nada.- falo chegando atrás de Taehyung e puxando seus cabelos pra trás.

- soltaaaa... Vacabundaaaa - começa a gritar e então eu solto e ele dá a volta no sofá e corre atrás de mim e eu começo a correr pela casa.

-SE VOCES NAO AQUIETAREM ESSAS BUNDAS CAGADAS NO SOFA ALGUEM VAI PERDER OQUE CHAMAM DE PINTO -N/a2 aparece atrás de nós com uma vara enorme.

-meu pai amado, pai nosso que está no céu santificado... -começo a rezar de boas lá na minha até que sinto uma varada na bunda.

-SO CORRE S/N PORQUE É HOJE QUE VOCE MORRE - começou a gritar, e era hoje que eu mostrava quem era o verdade The Flash. Comecei a correr o mais rápido que já corri na minha vida toda.

Vejo um pé na minha frente mas não dá tempo de parar e acabo tropeçando e caindo de cara no chão e eu devo ter rolado.

- aaaaah.... Fi de uma p- olho pro lado vendo o Jin esperar eu terminar de falar- uma princesa... -sorrio falsamente e advinha quem era a pessoa. O VIADO PLATINADO.

-obrigado amore - jin fala lá de marte porque minha atenção tava naquele pedaço de lixo na minha frente.

Se tivesse como matar demônio eu matava, porque esse aqui não morre nem com água benta.

-Jin Omma posso matar seu filho? - olho para jin e ele começa a rir -porfavorzinho...

-faz oque quiser com ele, mas eu acho melhor esperar até o casamento - falou sério.

sinto minhas bochechas queimarem e eu arregalo os olhos olhando para jimin e voltando a olhar para jin

-CASAMENTO SEU CÚ... QUER DIZER ... SEU SAPATINHO DE CRISTAL -sorrio, mas que porra sapatinho de cristal tem haver?!

- eu não gosto de lixo jin.. -falou jimin e então o lugar tomou um silêncio daqueles.

-entao não sei como gosta de você, seu lixo ambulante - falo o encarando.

- gente que isso vamos alegrar não é mesmo -Jungkook levanta e começa a dançar- sambaaa.... Sambaaa...

Todos começamos a rir e N/A2 chega de novo na sala e começa a gritar.

-TO QUERENDO DORMIR CARALHO, DA PRA CALAREM A BOCA? SEUS MONTE DE BOSTA -a menina tava com a cara toda amassada oque fez nos rirmos mais ainda.

Ela saiu e então todos optamos por assistir um filme, botamos "Lenda urbana 3" e assim nos sentamos nos sofás e quando não tinha espaço sentava no chão, tava assim.

Namjoon e Jin no sofá de dois lugares, hoseok, jungkook, Suga e tae no de quatro lugares e eu no colo de tae. O jimin tava numa poltrona e de vez enquando via seus olhos em mim e no tae e pareciam de ódio

A N/A1 foi fazer pipoca e quando voltou entregou os potes e sentou no colo do hobi oque me fez engasgar com a pipoca.

O filme começou e todos ficaram quietos e de vez enquando falando do filme, e a maior parte do filme ficava olhando paro jimin e quando nossos olhares se encontravam eu enchia a boca de pipoca e voltava a olhar o filme e pra dizer a verdade não estava entendendo nada.

Quando terminamos de ver o filme todos ficamos conversando e dava pra ver um clima rolar no meio de Jin e Namjoon e antes de todos irem embora os dois se beijam e meu deus shippo muito verdade.

Eles foram embora e eu e N/A1 ficamos com cara de tacho, nos jogamos no sofá e ficamos comendo pipoca porque não tinha acabado ainda.

Olhei pra ela e ela olhou pra mim e mesmo que não tivesse nada pra rir nos rimos.

Ouvimos um grito de "calem a boca" e logo ficamos caladas e rindo baixinho.

-vamos arrumar essa bagunça antes que a bruxa levante -falou ela é nós nos levantamos e começamos a limpar a bagunça.

A N/A1 é mais calma que a N/A2 mas as vezes nem satanás é pior que ela, aposto que tá nos dias e quando tá fica muito carinhosa.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, favoritem.. comentem e obrigada
#Kissus @LuaNoKawaii e @Kim_MiYang


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...