História A Different Story About Us - Jikook - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Jikook, Jungkook, Park Jimin
Visualizações 191
Palavras 873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fiquei triste que quase ninguém comentou na ultima pagina que postei, realmente preciso de ajuda para saber o que fazer, e se ninguém dar ideia eu infelizmente não irei fazer.

Capítulo 16 - Que Os Jogos Comecem.


Fanfic / Fanfiction A Different Story About Us - Jikook - Capítulo 16 - Que Os Jogos Comecem.

Autora POV

Dias, semanas, meses se passaram. E nada de Jeon Jungkook olhar, falar, ligar para Park Jimin. Vocês podem pensar em uma infinidade de coisas para acobertar essa mentira, mas vamos ser maduros. Todos nós sabemos porque. Todos, menos um. Essa era a pergunta que Park Jimin estava fazendo para si mesmo. Porque? Porque nem uma troca de olhares? Porque nenhuma ligação? Porque nem sequer as piscadas que o outro dava para o menor? Mal sabe Jimin que ele se enfiou em um grande problema, mal sabe ele.

Hoseok POV

- Aish! Jimin, sorria pelo menos uma vez! - Falei irritado, batendo de fraco no braço do menor.

Ele estava com os olhos inchados e vermelhos, seus lábios levemente cortados por marca de dentes, e seus cabelos estavam bagunçados. Ele havia ficado meses ali, só chorando. Cada vez que ele passa perto de Jungkook, ouve o nome dele, se lembra de qualquer coisa daquele ser humano, ele sai correndo para seu quarto e chora. Realmente faz muito tempo que Jungkook não falava com o menor, isso estava até me afetando. Não quero que meu amigo sofra igual os/as ex’s de Jungkook sofreram, meu amigo não merecia isso.

- Ya! O que você está falando de mim? - Ele cafungou em seu travesseiro. - Não sei como ainda está andando com esse seu sorriso no rosto mesmo depois de tudo que rolou aquele dia, e de Taehyung também não falar com você.

- Ya, não é porque você está triste que eu também tenho que ficar okay? - Me joguei ao seu lado na cama, fazendo um biquinho. - Porque em vez de você ficar aqui, deitado igual um idiota na cama esperando por ele te ligar, porque você mesmo não liga para ele?

- Você não acha que eu já não pensei nisso? Só não é tão fácil assim - Ele colocou sua cabeça em meu peito, abaixando seu level. - Não é tão fácil de achar a coragem para falar com ele.

- Com coragem ou não, é o certo. Em uma relação duas pessoas tem que ser ativas, as duas tem que realizar os desejos do outro. Não que Jungkook esteja certo, mas você já pensou como ele se sente também? Eu sei quem é Jeon Jungkook, convivi com ele por 3 anos, e sei que ele é uma menino muito confuso. Talvez ele esteja com os sentimentos confusos, esse négocio de realmente gostar de alguém possa ser algo novo para ele. Talvez ele não quer te machucar, por isso não ligou ou falou com você, porque estava com medo de só enganar mais uma pessoa, só que dessa vez alguém muito especial. - Finalmente olhei para ele. Acabei percebendo que deixei sair para fora meus sentimentos também, percebi o quanto idiota fui esse tempo todo.

- V-você tem razão Hyung, eu devo ligar para ele. Não, melhor, irei falar com ele cara a cara. - Ele limpou suas lágrimas dando um breve sorriso e saindo porta a fora do quarto. Mas antes que ele pudesse realmente sair por inteiro dali, vi que ele parou por alguns instantes ali. Aquilo me preocupo, então me levantei para ver.

- Jimin você está be - Pausei quando vi Jeon Jungkook e alguém que reconhecia ser Baekhyun no corredor, quase na frente de nossa porta, se beijando.

Olhei para Jimin e pude perceber que o mesmo estava chorando, com a mão tapando a boca. Ele se segurava para não cair de joelhos ali, se desmanchando em lágrimas. Eu achei que o menor faria isso, mas pelo o contrario. Ele fez algo que eu nunca imaginei que Park Jimin faria.

Ele simplesmente pegou na gola de Baekhyun, o jogando no chão e subindo em cima do mesmo, distribuindo socos em seu rosto. Eu nunca vi Park Jimin assim.

Jimin POV

Meus punhos já estavam roxos, e os lábios de Baekhyun vermelhos sangue. Sentia alguém me puxar, mas não reconheci quem, estava muito ocupado tirando a vida daquela vadia meia boca.

- Jimin, para! - Alguém gritou, me tirando de cima do menino, fazendo me cair no chão. - Jimin o que você está fazendo?

Quando voltei para a sã consciência, percebi quem estava ali. A pessoa que me fez chorar por meses, me fez não querer comer, falar, dançar por meses. Tudo por causa daquela filha da puta daquela pessoa. O empurrei forte, fazendo o mesmo bater suas costas contra a parede.

- Não me toque Jeon Jungkook. Nunca mas olhe em meu rosto. - Ri fraco e sarcástico. - O que estou falando, você já não fazia isso mesmo. - Dei a ultimá olhada a Baekhyun, que tentava levantar do chão. Sai andando dali mesmo.

- Então é assim mesmo? - Ouvi a voz de Baekhyun finalmente se pronunciar. - Vai desistir agora e deixar ele todo para mim? Assim não tem graça Park Jimin, se for para jogar, jogue direito.

- Eu irei jogar, só não com você. Não iria valer a pena, jogar com alguém pior do que eu. Diferente de você eu sou justo Baekhyun, não qualquer putinha de esquina. Eu jogo para vencer, não para perder para gentinha igual você. - O olhei com desgosto, finalmente desaparecendo daquele corredor.


Notas Finais


Continua ou Para?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...