História A doida do terceiro andar - Suga - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Namjin, Suga, Yoongi
Exibições 139
Palavras 1.450
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo pessoassss, pandas e unicórniosssss dooooo meuuuu kokorooooo :33. Estou aqui de volta com mais um capítulo :33.

(Desculpa por qualquer erro de português e boa leitura)

Espero que gostem :33

Capítulo 6 - E agora?


Fanfic / Fanfiction A doida do terceiro andar - Suga - Capítulo 6 - E agora?




Eu não sei o que fazer. Sim, eu prefiro que ela fique bem longe do Yoongi, mas dessa maneira também não né... Ou dessa maneira seria melhor? 

- Aceito sim... - Digo.

- Que ótimo!! - Ela diz batendo palmas.

Ainda não gosto dela .

- O que vamos fazer? - Vou direto ao ponto.

- Bom.. - Eu acho que... (autora: eles continuaram conversando, eu só não vou "mostrar" a conversa) 


Ana Julia On


Ainda fico pensando no que o Yoongi fez.. Por que ele está agindo dessa maneira agora? Eu sinceramente não entendo.. 

Sinto meu celular vibrar e vejo que é daquele aplicativo.


Mensagens On


Desconhecido - Oii, sou o Desconhecido (sim, coloquei meu nome no aplicativo de desconhecido) mas pode me chamar de qualquer coisa aí. 

Eu - Oeerr. Sou a Twiggy


Mensagens Off


Continuamos conversando. Ele era bem legal e divertido. Estávamos todos na sala e a maioria mexendo no celular, então nem ligaram.

- Acho que devemos ir tomar banho - Hoseok diz .

- Concordo.. - Jimin diz concordando com o Hoseok.

- Que tal tomarmos banho juntos? - Tae sugere.

O Tae sempre sugeria para que todos os meninos tomassem banho juntos. Claro, isso nunca aconteceu e o mesmo também dizia não ser gay e que isso é apenas uma brincadeira... Falando nisso, deve ser legal ter um amigo gay né? Acho que nunca tive um.. Não que eu me lembre..

- Credo Tae - Namjoon diz.

- Ok, ok. Eu vou primeiro ! - Tae diz correndo até o banheiro.

- Não vai não - Kook sai correndo atrás de Tae.

V acabou tomando banho primeiro e depois fomos indo um por um (claro). Antes de chegar a minha vez, fiquei conversando com o Bruno. Ele me disse que o nome dele não era Bruno, mas que eu poderia chamá-lo assim para facilitar a vida.

Eu e o Bruno tínhamos bastante em comum. Parecia que nos conhecíamos fazia anos. 

Logo chega minha vez de ir tomar banho. Nós temos que tomar apenas nesse banheiro pois os outros não estavam com água quente. Decido lavar o cabelo, já que entrei no mar.

Termino o banho e seco meu cabelo. Coloco um shorts um pouco curto (mas nada muito exagerado), uma blusona e fico descalça mesmo. 


Quebra de tempo 


- Ana Julia, preciso conversar com você. - Mark diz me olhando.

- Ué, pode falar aqui. Somos todos amigos, não é? - Yoongi diz.

- Vem Ana Julia - Mark diz me pegando pela mão e me levando até um lugar da praia.

- Por que me trouxe aqui? - Pergunto confusa.

- Então.. Você sabe que somos muito amigos né? - Mark diz me encarando.

- Claro que sei. - Digo ainda confusa.

- Então saiba que tudo o que eu fiz ou o que eu farei será para seu próprio bem.  - Mark diz se virando para mim e voltando para a casa.

Eu pego o braço dele e puxo de volta para mim.

- O que está acontecendo Mark? -Digo preocupada.

- AINDA não aconteceu nada. - Ele fala mais alto no ainda e volta para a "casa".

Isso está ficando muito estranho... Yoongi me beijando, Mark falando essas coisas... O que será que está acontecendo? Já falei para o Jin não deixar eles tomarem Toddynho.

Volto para a "casa" e fomos jantar. Esperei todos entrarem em seus quartos e levei minhas coisas para dormir na sala. Fui arrumando minhas coisas no escuro mesmo e me deito.

- Vai dormir aqui também? - Kook diz no meio do escuro e percebo que ele está do meu lado.

- AAIII - Digo pulando de susto - Que susto ! - Digo enquanto ele ri da minha cara.

- Por que está vindo dormir na sala? - Ele pergunta me olhando e parando de rir.

- Por causa da pupinha.. Ou eu durmo aqui ou eu durmo com ela.. E você já sabe onde eu prefiro né? - Digo.

- Sei sim - Ele diz rindo fraco. 

- Tem algo legal para fazer? - Pergunto procurando algo legal naquela sala.

- Não muito.. Mas podemos ver um filme, o que acha? - Ele diz pegando um filme de terror.

- Pode ser - Digo pegando o filme da mão dele para ler a sinopse.

- Vou fazer a pipoca. - Ele diz se levantando.

- Ta doido? 

- Não, por que? - Ele pergunta confuso.

- A pipoca faz barulho, vai acordar as pessoas. Fora o cheiro né 

- Então... O que sugere? - Ele senta no sofá me olhando.

- Brigadeiro? 

- Acho que não dá para fazer com o que temos... - Ele diz olhando para baixo.

- Tem algum supermercado aberto essa hora? 

- Deve ter.. Por que? - Eu dou um sorriso e ele entende - Nãão, sério que você quer sair essa hora só por um brigadeiro? 

- Só por um não. Comida é vida, ok? - Dou uma pausa - E outra, se não quiser ir eu vou sozinha mesmo.

- Ok eu vou.. Não vou deixar você sair sozinha essa hora. - Ele diz se levantando, pois teríamos que ir andando já que viemos de van.

- Ok, pai - Digo com sarcasmo e ele me olha fingindo estar bravo.

Estávamos andando por aí (pois não sabemos onde é o supermercado) até que encontramos uma senhora.

- Senhora, poderia me dizer onde fica algum supermercado aberto essa hora? - Pergunto me aproximando dela.

- Claro. Continue indo naquela direção e entre na primeira direita. Lá terá um posto e um pouco mais longe um supermercado. - Ela diz apontando na direção que nós deveríamos seguir.

- Ok, muito obrigada. - Agradeço.

- Magina.. Felicidades para o casal! - A senhora diz.

- Para o casal? - Eu digo confusa .

- Sim! São namorados, certo? 

- S-somos só amigos.. - Digo enquanto eu coro e Kook também.

- Ah, que pena.. Combinam tanto.. Mas preciso ir. Tchau - Ela diz acenando. 

Eu e o Kook acenamos de volta e continuamos andando. Estava um silêncio constrangedor.

- A-ana Julia.. - Kook diz olhando para o chão.

- O-oi? 

- Você acha que parecemos um casal? - Ele continua olhando para o chão. 

- T-talvez.. - Digo e eu coro.

- Que bom.. - Ele diz - D-digo, não que eu queira namorar com você, mas é - eu o interrompi.

- Tudo bem, não precisa se explicar. 

Continuamos conversando até chegarmos no supermercado. Ouço meu celular tocando e vou lá fora atender. 


Ligação On


- Alô? - Digo.

- Onde você e o Kook estão? 

- Y-yoongi? Como tem meu número? 

- Longa história. Aonde estão? 

- Vai fingir que se importa? Não lhe devo satisfação. 

- Ana Juli - Ele ia continuar mas eu desliguei. 


Ligação Off


O Kook sai do supermercado, eu o ajudo com as compras e voltamos a andar. 

- K-kook? - Digo

- Oi? - Ele diz olhando para mim.

- V-você está sentindo como se estivesse alguém nos seguindo? 

- Não queria falar nada, mas estou sim... - Ele diz olhando para baixo. - Falando nisso, quem tinha te ligado?

- O Yoongi, aquele jossa - Digo revirando os olhos. 

- Será que ele veio até aqui? - Ele diz.

- Meio difícil.. Ele já iria ter feito a maior confusão.. E outra, a cidade é grande.. Para ele conseguir achar a gente só por "chutar" onde estamos seria muito difícil.

- Verdade.. Mas eu acho que ele se preocupa com você. - Kook diz olhando para baixo.

- O Yoongi? Ah se preocupa sim.. Se preocupa tanto que fez tudo aquilo comigo. 

- Ele deve ter seus motivos ou mudou agora, não sei. - Kook diz.

- Duvido muito, mas ok.. 

Do nada sinto alguém "tampar" a minha boca e me puxar e logo depois sinto minha visão ir escurecendo até eu apagar.


Quebra de tempo


Acordo num quartinho escuro e amarrada. Logo vejo o Kook do meu lado. Percebo que ele está com um olho roxo e amarrado. 

- Kook! - Sussurro tentando fazer ele acordar. - Kook, acorda ! - Sussurro novamente.

- A-ana Julia? - Ele fala confuso.

- Xiuu - Sussurro.

- O que houve? - Ele pergunta sussurrando, ainda confuso .

- Também não sei direito. Senti um cara tampar minha boca e me puxar, mas logo depois eu apaguei. - Digo ainda sussurrando. 

- Você está bem? Tá doendo? - Ele sussurra.

- Tá doendo o que? - Pergunto confusa.

- Você está com um corte na testa, não percebeu?

- N-não! 

- Bom.. E agora? - Ele pergunta sussurrando.

- Não sei.. Será que vão nos achar? -Sussurro.

- Talvez... Mas é difícil dependendo de onde estamos. - Ele sussurra tentando se soltar.

- Será que era por isso que o Yoongi estava preocupado? Será que aconteceu algo com ele? - Sussurro preocupada. 

- Talvez sim, talvez não. Acho que para ele ter ligado ele deve estar bem... Mas se acalma, vou arranjar um jeito de sairmos daqui. - Ele sussurra.

Antes que eu responda, ouvimos um barulho de fora do quartinho.



Notas Finais


Eu achei que ficou ruim shushshs, mas ok.

Ficou curto pois eu não estava com muita idéia, mas espero que esteja bom.

Espero que tenham gostadoooo :33

Adeusss :33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...