História A Dona da Boate - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Álcool, Boate, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Romance, Sexo
Visualizações 0
Palavras 1.961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Orange
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


BOA LEITURAAAA!!! ❤❤❤

Capítulo 2 - Capítulo 02


Entrei em casa e gritei pra Helena:

- HELENAAA!!  CHEGUEEEI!!

- Ta bom querida - apareceu atrás de mim me dando um leve susto - não precisa gritar!

- Oh, me desculpa - disse lhe dando um abraço - a Maira ta vindo ai. Ela so estava trancando o carro.

- Okay. Suba você e ela e vão tomar um banho e desçam de volta para tomarem um lache, certo. - afirmou

- Ta bom. Eu vou na frente e quando a loira chegar ela ja sabe aonde deve ir.

Subi as escadas em direção ao meu quarto. Entrei no meu closet e fui tirando a roupa jogando em qualquer lugar. Helena vai me dar um belo sermão, mais eu não estou nem ai! Eu sou quero um banho e a minha cama.

Terminei de me despir e fui para o banheiro. Liguei a chave do chuveiro e esperei a agua esquentar e entrei no box:

- LIZ!! - escuto alguem me gritar

- NO BANHO - grito de volta e uma Maira aparece na porta - fala loira

- Nada. Vou tomar banho no banheiro do corredor - disse saindo.

Terminei meu banho, peguei a toalha e me sequei. Fui em direção ao meu closet e peguei meu blusão de dormir e o vesti. Fiz um coque desarrumado e desci pra cozinha:

- Cade a loira Lena? - perguntei me sentando à mesa.

- Ainda no banho, querida - disse colocando a mesa E QUE MESA SOCORRO !!

- Aah - falei bufando - não vou esperar a dondoca terminar não. Eu to com fome!

- Coma querida!

Na mesa tinha: suco de laranja, waffles com Nutella, café, panquecas com melado, bolo de cenoura com chocolate, dentre outras coisas.

Quando eu fui pegar um pedaço de bolo Maira chega à cozinha:

- Nem me esperou vaca - disse

- Aah claro!! Você demora uma vida pra tomar banho - falei bufando

- Nao reclama! - revirei os olhos e começamos a comer.

Terminei de comer primeiro que Maira e me levantei da cadeira:

- Quando tu terminar de comer esfomeada, você sobe la pro meu quarto pra gente ver filme - falei saindo da cozinha sem esperar resposta.

Passado uns 5 minutos, Maira entra no meu quarto se jogando na minha cama:

- E então?! O que vamos assistir? - perguntou.

- Primeira coisa: sai de cima de mim!! Segunda coisa: vamos ver Anabelle 2 - bati palmas em comemoração.

- Certo. Então coloca lá - disse se deitando na minha cama.

- Folgada - levantei e fui colocar o filme.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Terminamos de ver o filme, E MINHA NOSSA NOSSA NOSSA!! Ja era 19:30 da noite. Estava na hora de arrumar e ir pra minha boate:

- Bora cambada - falei levantando.

- Para onde doida? - Maira perguntou.

- Pra boate neh idiota - bufei - Anda!! Se veste logo!! E se for pra tomar banho te dou 10 minutos no máximo.

- Nossa - falou levantando - ta bom.

Corri para o meu banheiro e tomei um banho rápido. Quando saí, fui em direção ao meu closet e coloquei uma calça preta bem justa, uma regata branca e uma jaqueta preta e coloquei nos pés, um salto alto da cor preta também. De maquiagem, optei por destacar meu olhos, abusando do rímel, lapis e delineador e nos lábios, optei por um batom da cor morrom e meus cachos soltos.

Terminei de arrumar e fui atrás de Maira que ainda estava escolhendo a roupa:

- Pelo amor de Deus Maira - entrei no quarto de hóspedes bufando.

- Me ajuda!  - suplicou.

- Ta!!  Vamos ver o que temos aqui - escolhi pra ela uma calça na cor branca, uma blusinha de seda rosa claro que destacava seus seios,e um salto alto cor bege de sola vermelha - pronto!! Se veste, faz a maquiagem rápido e deixa seu cabelo solto. Sai e fui pra sala esperar a cinderela.

Passado uns 20 minutos, ela aparece na sala e CARAMBA!!  Eu tenho muito bom gosto mesmoooo. Acertei no look dela:

- Eu sou demais! - falei me gabando.

- Ta ta ta!  Vamos logo, antes que eu desista de ir - disse.

- Vamos então. Tchau Lena!!

- Tchau minha querida. Vai com Deus e cuidado no trânsito - Disse Helena

- Amém e pode deixar - dei uma piscada pra ela, peguei minhas chaves e sai de casa com Maira.

********************

Cheguei em frente a boate e deixei o carro entacionado na frente mesmo. Saí de dentro dele junto com Maira e entramos na boate:

- Loira eu vou subir pra minha sala, procura uma das minhas seguranças e pergunta se as meninas pra fazerem o teste ja chegaram, se ja tiverem me chama la na minha sala e me dê sua bolsa, vou guardá-la.

- Okay - falou e eu subi as escadas pra minha sala.

Essa minha boate foi a primeira que abri e ela consistia em dois andares,sendo que o segundo era apenas pra mim que tinha a minha sala, banheiro, copa e até um mini quarto caso eu resolvesse dormi aqui.

Cheguei la em cima tomei um copo de água e entrei na minha sala. Guardei minha bolsa e de Maira no armário e sentei pra olhar uns papéis. Nao demorou 20 minutos e alguém bate na minha porta:

- Entra - falei alto.

- Mozão, estão todas aqui - disse Maira abrindo a porta e colocando a cabeça dentro da sala

- Okay. Estou descendo - falei e ela fechou a porta.

Levantei e decidir ir no banheiro olhar como estava a minha aparência. Retoquei o batom e o rímel e pronto! Perfeito!!

Desci as escadas e encontrei 8 meninas sentadas escutando alguma coisa que Maira falava. Peguei so a última frase dela:

- Espero que estejam muito preparadas porque a Dona Eliza e muito brava e...

- O que fala de mim Maira - a interrompi e todas olharam pra mim.

- Estou dizendo que você e muito brava amor! - falou sorrindo

- Mais que mentira. So um pouco - dei uma risada - boa noite meninas.

- Boa noite - disseram em uníssono.

- Loira, me da aquela prancheta ali - pedi e ela me entregou

- Bom, vamos ver se estão todas aqui: Fernanda?

- Presente!

- Luíza?

- Presente!

- Jessie?

- Presente

- Melissa? - conforme eu ia falando os nome cada uma levantava a mão e respondia

- Kauany?

- ....

- Kauany? - disse novamente.

- Presente - uma menina de cabelos cor de mel, olhos um pouco claros, pelo branca e as bochechas coradas respondeu. Ela era incrivelmente linda! Nunca tinha visto uma mulher tão bonita igual à ela.

Fiquei tempo suficiente a olhando e ela cada vez ruborizava mais à deixando mais linda ainda:

- Liz? - alguém me chamou - LIZ!! - gritaram no meu ouvido.

- Para de gritar caralho - bufei. Eu estava hipnotizada olhando aquela boneca de porcelana - perdoem meninas. Bom agora está na vez de eu me apresentar neeh: meu nome e Eliza, tenho 22 anos, sou dona desde lugar e de mais 10 filiais como esta espalhado por todo os E.U.A. E sem querer me gabar mais a roupa íntima que vocês usam sou eu quem fabrico e aprovo os modelos - falei deixando todas de olhos arregalados. - duvidam? Me respondem então: qual a marca da lingerie de vocês?

- The World Intimus - uma das meninas respondeu.

- De todas vocês? - condordaram com a cabeça, menos a Kauany.

- Pois muito bem, eu aprovei cada peça de roupa íntima que vocês estão usando e a Maira - apontei pra ela - vestiu cada uma delas antes de ser lançada no mercado.

- Eeeii. Não me expõe assim! Isso e coisa de trabalho - Maira respondeu envergonhada.

- Relaxa loira - falei - pois bem meninas, sem mais enrolação vamos as danças. Vejo que vocês ja estão vestidas pra isso certo? - concordaram com a cabeça - então vamos lá. Vamos por ordem da chamada que eu fiz okay?

Uma das meninas levantou a mão:

- Sim?

- Quem irá julgar a nossas danças? - perguntou

- Prazer, Eliza Hastings. Vamos logo que quem for aprovada ja vai começar hoje mesmo - bati palmas para apressa -las - a primeira é.... Fernanda.

- Vou dançar a música "Partition - Beyoncé".

- Ótimo! Pode começar.

Maira colocou a música e ela começou a dançar. Dançava muito bem na verdade. Vez ou outra enquanto as outras dançavam, pegava Kauany me encarando e quando eu olhava ela desviava o olhar e ruborizava:

- Muito bem Clara, pode se sentar e esperar - dei um sorriso de lado - próxima... Kauany.

Ela se levantou e eu pude ver finalmente o seu corpo: cintura fina, bumbum grande mais não em exagero, seios fartos. Ela era linda!

- Então Kauany, qual música irá dançar? - perguntei a fitando

- E-eu -v-vo-vou dan-dançar "He Like That - fifth harmony" - disse abaixando a cabeça.

- Ei! Calma okay, fica tranquila que vai dar tudo certo. Arrase - disse e Maira soltou a música.

Ela fechou os olhos e começou a dançar. Movimentos leves e precisos, delicados mais firmes. Eu estava hipnotizada e excitada: confesso. Ela estava se aproximando de mim, o que ela vai fazer? Aaah não não não !!!! Ela começou a fazer lap dance em mim. E pior: eu não podia toca- lá. Minha respiração estava acelerada. "Por que essa música não acaba logo!! Eu não estou me aguentando. Eu to quase gozando só com ela dançando em cima de mim!!" , pensei.

Finalmente a música acaba:

- Poha - falei ofegante.

- M-me des-desculpe e-eu...

- Eeii relaxa - a interrompi - você é maravilhosa! Dança muito bem. Como eu nunca te achei. Precisamos de você! Você é demais, olha como você me deixou. Imagina aquelas mulheres eufóricas la fora. Não esperava ganhar um lep dance - disse e ela se encolheu.

- Liz - Maira me chamou - falta 20 minutos pra boate abrir.

- Huum, okay. Meninas eu já volto com as duas vencedoras. Vem loira - chamei Maira

Subi as escadas quase correndo e entrei na minha sala. Me joguei no sofá que tinha alí e pude respirar:

- Liz o que foi aquilo? - disse Maira entrando.

- Eu não sei. Além de linda e gostosa ainda faz lap dance. Eu tava pirando alí loira. Eu não podia tocar nela. Eu tava era quase gozando alí.

- Confesso que até eu que sou hétero fiquei excitada. - rimos.

- Claro que ela ja está contrada - disse levantando - agora falta a outra.

- Eu gostei da Fernanda - disse.

- Eu também. Então temos? kauany e Fernanda?

- Sim - falou.

- Então vamos lá dar a notícia - disse a abri a porta. Desci as escadas e todas estavam sentadas conversando. Raspei a garganta:

- Bom meninas, todas vocês foram demais - olhei pra Kauany- mais apenas duas de vocês conseguiram passar. Agradeço a todas por terem vindo, mas, as duas que passaram e estão contratadas são: Fernanda e Kauany. - as meninas aplaudiram e Fernanda por um impulso deu um abraço em Kauany que se assutou. - terminem de se comprimentar e as duas subam até minha sala pra assinarmos suas respectivas carteiras de trabalho. E voltei pra minha sala.

********************

A boate ja tinha sido aberta e eu estava terminando de acertar tudo com a Fernanda:

- Bom Fernanda, agora você desce e procura uma das seguranças para ela te levar até o camarim das minhas dançarinas, lá ja vai ter roupas de todos os tamanhos e lingeries também. Escolha a que quiser e já pode começar a trabalhar - sorri

- Obrigada pela oportunidade Dona Eliza! - disse.

- Você merece. E por favor me chame de Eliza - falei sorrindo.

- Okay então eu ja vou indo.

- Certo. Aah, chame a Kauany pra mim por favor ? - perguntei.

- Claro. - disse e saiu.

Passou uns 5 minutos e ouvi leves batidas na porta:

- Entre! - disse e a porta se abriu lentamente e lá estava ela, linda e ruborizada como sempre.


Notas Finais


HEEY GOSTOSAAS!!!  Como estamos?

Votem e comentem muito!!!
Me sigam no instagram: santos_vsr

Espero que gostem e até o próximo capítulo ❤❤❤

BEIJOS NA BUNDA DE VOCÊS 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...