História A dor de te amar - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Romance, Sexo
Exibições 78
Palavras 703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, vou postar 1 ou 2 capitulos por dia!

Capítulo 4 - Era uma vez uma Virgem


Fanfic / Fanfiction A dor de te amar - Capítulo 4 - Era uma vez uma Virgem

Após deixar sakura e ino em suas respectivas casas,  neji e hinata Chegaram ao seu clã , os Hyuuga, eram uma das famílias mais ricas de konoha, porém eles sempre viviam viajando a negócios, portanto só ficavam Hinata e Neji . Ambos primos, mas nem sempre se davam muito bem.

Hinata subiu para o seu quarto e deixou a porta destrancada, tirou suas roupas e entrou em sua suíte para tomar banho, pois estava exausta. Assim que saiu do banho, percebeu que havia esquecido a toalha em cima da cama e saiu do banheiro nua mesmo para poder se trocar, mas o que ela não esperava é que neji estaria em seus aposentos, pois era muito raro eles se comunicarem mesmo morando juntos.

- n-n-neji ... -  disse ela com o tom suave que sempre teve, corada com muita vergonha dele a ver nua.

- Oh! Desculpe hina , não sabia que estaria assim, eu vim pedir um carregador emprestado-   disse ele virando para trás.

-tudo bem! , espera um pouco  -   hinata pegou a toalha e sua camisola branca e rapidamente voltou ao banheiro e se trocou,  a camisola era belíssima, transparente pois na pressa ela não pegou sutiã muito menos calcinha, mostrando perfeitamente seus seios fartos quase nunca vistos por ser uma garota recatada diferente de suas amigas.

Neji era um homem muito bonito, tinha cabelos cor de mel, compridos, e olhos praticamente cinzas de tão claros, lábios suaves, e um peitoral  exuberante.

-  A-a-aqui está neji, -  disse ela olhando com simpatia

- Mas hina, eu não vim aqui só por isso.-  Neji disse observando a camisola e os seios fartos que sua prima exibia com tanta timidez.

Hinata ficara , mas vermelha ainda..

- E porque veio?

- Não quero dormir sozinho, venho tendo pesadelos, posso ficar aqui? –  disse ele com  aquele olhar irresistível que só ele sabia fazer.

- Você é sempre tão confiante, mas tudo bem, pode ficar -  disse ela sorrindo do medo do primo em ficar só.

Eles se deitaram, e ela acendeu o abaju ao lado da cama.

- Você é muito bonita, sabia? Hina.. – disse ele passando a mao em seus cabelos, tirando-os do rosto, olhando em seus olhos.

- o-obrigada...v-você também ..

Neji chegou seu corpo mais perto do dela, até que ela pudesse sentir seu calor, ele beijou o pescoço dela e a deixou arrepiada.

- Neji, n-nós, somos primos... – disse ela

- Eu sei disso, mas eu não consigo evitar está na mesma cama com você e não poder toca-la, se você não quiser nada posso parar. – disse ele enquanto acariciava seus seios levemente, deixando seus bicos excitados, e ela muito vermelha por isso.  Como podia ela fazer tal coisa com seu próprio primo?, Neji , desceu uma de suas mãos até embaixo da camisola e viu que não havia calcinha, tocando na intimidade dela que já estava o desejando-o.

- Não, precisa dizer nada.. hina. -  ele sorriu, e se colocou por cima dela, e a beijou intensamente, ela soltava gemidos abafados enquanto ele deslizava os dedos pela sua vagina fazendo-a querer muito mais que isso.

Ele bastante excitado, abriu um pouco mais as pernas dela, colocou seu pênis rijo para fora, deixando-a assustada com o tamanho de seu membro. Mas invés de penetra-la, ele abaixou um pouco mais, sua boca, e ao invés dos dedos passou a deslizar sua língua pela vagina de hinata, fazendo-a gemer muito mais que antes.

Depois disso, passou a esfrega-lo , na vagina dela bastante molhada torturando-a com seu prazer..

- N-neji , p-pode colocar... – disse ela tímida.

Sendo assim ele o fez, com uma estocada forte de primeira, que a fez gemer muito mas muito alto. E assim ele continuou fazendo até o seu orgasmo.... Mas ele não pode deixar de notar um pouco de sangue que havia ficado no lençol.

- Hinata, você era virgem? -  disse ele conformado

- Sim, mas não consegui resisti a tudo isso.. -  disse ela menos tímida dessa vez

- Eu sei que você ama o naruto, isso vai ficar entre nós. Prometo. -  disse ele abraçando-a, e acabaram por dormir aquela noite, esperando o que os aguardaria amanha no primeiro dia de aula.

 

Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...