História A dor de um amor quase impossível - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 6
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi meus amores bom esse é meu primeiro lemons e eu não sei fazer direito por isso eu acho que ficou meio bosta mas vamos lá né?

Capítulo 10 - Cap 10 primeira vez!


Fanfic / Fanfiction A dor de um amor quase impossível - Capítulo 10 - Cap 10 primeira vez!

abro a porta da nossa casa,a casa era linda e estava toda mobilada, fecho a porta, o Luiz andava pela casa

-o que você achou da casa?

ele me pergunta

-linda

digo chegando perto dele

-só não e mais linda que você

Ele me puxa e me beija ferozmente, como estávamos sozinhos  ninguém iria nos atrapalhar, ele me pegou no colo e me encostou na parede,rodeio minhas pernas em volta de sua cintura,ele me carrega para o segundo andar sem quebrar o beijo,ele me leva para nosso quarto era um quarto bem bonito estava escuro com um abajur aceso, estava tudo bem aconchegante,ele me senta encima da cama devagar,e se senta na minha frente e volta a me beijar,subo minhas mãos em suas costas trazendo junto sua blusa,ele deixou que eu a retirasse, depois disso arranhei com força do seu ombro até sua cintura realmente cravando as unhas, deixando marcas. Ele gemeu baixo e fez uma careta

-machuquei você?

eu pergunto,é ele sorri  contra os seus lábios

-foi uma dor gostosa!

ele respondeu

-tô marcando território

passei as minhas mãos por onde havia arranhado, fazendo só carinho dessa vez

-E isso significa que?

ele pergunta

-você é meu

respondo

-eu te amo quero passar toda minha vida com você!

ele fala me beijando novamente,ele tira meu vestido

-você tem certeza disso? não quero fazer nada que você se arrependa depois!

ele fala meio tenso acho que por ser minha primeira vez ele estava um pouco nervoso

-ei? relaxa, eu tenho certeza,nunca me arrependo de nada feito com você!

eu falo acariciando o rosto dele com meu polegar,ele volta a me beijar descendo seus beijos para o meu pescoço deixando alguns chupões que com certeza iram ficar roxos amanha ele me deita na cama ficando por cima,depoi ele levanta e retira sua calça ficando apenas de box preta,ele faz uma trilha de beijos pelo meu corpo enquanto retira o resto das minhas roupas me deixando nua

-você é linda!

ele fala e eu coro bastante era minha primeira vez eu estava com muito medo apesar de parecer tranquila,puxo ele para o lado invertendo nossas posições deixando ele por baixo agora, faço uma trilha de Beijos de sua boca até sua box no qual por sinal estava com um volume bem visível

-posso?

pergunto meia envergonhada afinal só eu estava sem roupa,ele apenas concorda com a cabeça deço sua box expondo seu membro já ereto a mim como eu nunca havia feito aquilo antes estava meio assustada,mas sabia o que eu tinha que fazer, pego seu membro e contorno ele apenas com a língua,dou uma olhada para ele de leve e coloco seu membro em minha boca, não cabia tudo pois era bem grande então com uma mão eu masturbava o que não cabia, ele soltava leves gemidos ,entao ele junta meu cabelo é começa a guiar os meus movimentos

-r...Roberta mais rápido

ele gemia varias vezes meu nome, eu tento obedecer seu pedido,olho para ele de relance que jogava a cabeça pra trás de tanto prazer então acho que eu estava fazendo certo

-RO. ...Roberta eu vou...

ele já estava chegando em seu ápice continuo chupando até que ele gozá na minha boca,eu engulo tudo, não tinha um gosto ruim, mas também não tinha um gosto muito bom
ele me puxa para cima e me beija novamente  sinto seu membro roçar em minha entrada eu estava ficando cada vez mais nervosa ele se levanta e coloca uma camisinha

-posso amor?

ele pergunta é eu coro meu Deus chego a hora

-P...Pode

ele me posiciona e me penetra devagar doeu um pouquinho mas logo ele ja estava todo dentro de mim, ele ficou parado um tempinho até eu me acostumar com a dor que logo foi se transformando em prazer,ele começa a fazer movimentos de vai e vem bem de vagar que com o tempo foram ganhando velocidade

-L. ..Luiz mais r....rápido

eu gemia até que ele acerta meu ponto de praser me fazendo soltar  um gemido mais longo e fino de puro praser,ele se concentrou em acertar apenas aquele lugar me fazendo soltar gemidos mais soltos e altos até que eu chego em meu ápice e acabo me desfazendo ele para é se retira de mim e lambe gozo

-você e doce amor!

ele fala lambendo os dedos eu coro mais que tudo

-n...Não fala isso!

puxo ele pra mim e o beijo ferozmente, retiro a camisinha enquanto o beijo,começo a masturba-lo novamente paro o beijo com uma mordida em seu lábio inferior,começo a chupá lo novamente ele pega em meu cabelo é volta a me guiar ele se desfaz novamente entre nós

-quero você

ele sussurra em meu ouvido com uma voz rouca que me fez arrepiar,nos estávamos bem ofegantes

-eu também

digo pausadamente ele me posiciona novamente só que dessa vez seria pele na pele,ele me penetra novamente já não doía tanto como da primeira ele começou a me estocar devagar rodeio minhas pernas em volta de sua cintura e rebolo um pouquinho a procura de mais contato ele me pega no colo e começa a dar mais estocadas fortes e rápidas no meu ponto de praser,entre laços meus dedos em seus cabelos e jogo a cabeça para traz,aquela sensação era maravilhosa até que sinto algo quente me preencher,ele me deita na cama devagar se retirando de mim se deitando ao meu lado,pulo pra cima dele rebolando um pouquinho sobre seu membro que fez ele se exitar novamente coloquei novamente seu membro em minha entrada começo a me movimentar ele leva as mãos em minha cintura para me ajudar nos movimentos,não demorou muito para que eu e ele nos desfazemos estávamos muito cansados deito ao seu lado e encosto minha cabeça em seu peitoral enquanto recuperavamos nossas respirações desreguladas

-eu te amo mais que tudo nessa vida!

eu falo sorrindo tirando um fio de cabelo que estava preso em sua testa

-eu também te amo mais que tudo nessa vida!

ele fala me roubando um selinho,puxo um lençou para cobrir nos dois e dormimos ali mesmo abraçados.


Notas Finais


Bom como eu disse essa foi a Primeira vez que eu escrevi lemons,comentem o que vocês acharam e até a próxima bjs :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...