História A dream about you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 4
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Ficção, Mistério
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Apresentando Eu


Pela mente da hailey...

Acordei e olhei pros lados como de costume, nunca foi tão bom ter uma cama tão grande e só pra mim. Muitas vezes eu me questionei sobre sempre ir dormir sozinha, sempre vendo minhas amigas se envolverem com alguém, mas sempre levei aquele lema de que não poderia estar com alguém que não significasse nada pra mim. Kitty estava deitada no pé da cama como sempre, era minha filhote de Akita que eu havia ganhado da alaia de presente de aniversário. Levantei e a puxei pra perto de mim enquanto ela lambia meu rosto de felicidade, peguei o telefone que estava do lado da cabeceira da minha cama e pedi pra Lina trazer o meu café da manhã, queria toma-ló na cama e talvez aquele dia nem ia sair de casa. Ouvi alguém bater na porta. Depois que fui assaltada coloquei um sistema de acesso privado em meu quarto onde só podiam entrar pessoas nas quais eu realmente confiada, Lina era uma delas. 

- Pode entrar Lina. (Eu gritei)

- Bom dia Hailey! Espero que goste do que preparei pra você hoje!

- Algum dia você fez algo que eu não gostei? (Enfiada no meio das cobertas olhei pra ela e sorri).

Lina saiu do meu quarto assim que deixou a bandeja de comida em cima da minha mesa rosa de centro, eu sempre olhava para aquela mesa com um olhar de satisfação por te-lá comprado. Era uma mesa de mateira inteira coberta por uma tecido de camurça rosa junto de uma poltrona totalmente grande e macia onde eu poderia até dormir se quisesse. Peguei Kitty no colo, liguei a TV e me deliciei com o melhor suco de laranja da vida, Lina sempre soube meu desejo por laranjas na parte da manhã, ela era realmente meu anjo. Meu celular tocou e de um pulo da poltrona pra minha cama o peguei, Florido estava me ligando.

- Hey Flo!!! Como você está?

- Hi bb hails, estou bem e você?

- Ótima para ficar em casa o dia todo (Sorri abafado).

- Fica em casa o dia todo? Precisamos tirar esse rosa do seu cabelo urgente antes que todos os seus fios se quebrem.

- Eu tinha me esquecido totalmente disso, eu realmente preciso sair hoje?

- SIM! Quero você aqui as 15 horas em ponto! Bye bye

Ele nem deu tempo de eu arrumar uma desculpa. Terminei meu café, passei pela porta do meu closet e entrei pela porta do meu banheiro, não acendi nenhuma luz só a do chuveiro, tirei meu pijama o deixei pendurado e depois fui rumo ao meu banho. Sentir a água escorrer pelos meus cabelos até o final de meu corpo era gratificante pela manhã, exceto pelo meu cabelo cor de rosa que estava realmente prejudicado e eu precisa mesmo tirar aquela tinta. Sai do banho e me enrolei na toalha indo sentido a meu closet, coloquei uma lingerie toda preta, um all star preto de cano alto e um vestido de crochê todo azul clarinho. No makeup today, me olhei por um tempo no espelho e senti um ar de satisfação. Fazia dias que minha alimentação estava ótima, fazendo exercicios diarios me senti bem e feliz comigo mesmo assim naturalmente. Fui até o meu quarto e olhei pra tela do meu celular era 10 da manhã e mesmo que eu tinha dito pra mim mesma que não ia sair de casa, senti uma onda de tédio me tomando. Nós moravamos em três na minha casa, havia 4 quartos na parte de cima, um ficava pros hospedes e os outros dois eram de minhas amigas que vieram do Brasil, uma para trabalhar com jornalismo e a outra que passou na faculdade de artes da NYC. Jessi e Kate querem meus dois amores e eu realmente não me importava de dividir minha casa com elas, eu as amava muito e nos conhecemos quando eramos muitos novinhas na época que eu ainda morava no Brasil. As duas não estavam em casa esse mês, foram viajar e eu estava literalmente sozinha com nossos cinco cachorros. 

Desci as escadas e a Lina estava na cozinha

- Oiiiiiiiii!! Vou passar no starbucks tomar uma pink lemonade, você quer?

- Hm! o que aconteceu com os planos de ficar em casa?

- Flo disse que terei que pintar meu cabelo ainda hoje, então decidi que vou lidar com o mundo lá fora.

- Peça a Billy que vá com você.

- Eu vou ficar bem, sem grandes multidões para uma segunda feira eu espero.

Billy era meu segurança, mas dessa vez não quis ir acompanhada de ninguém. Só queria andar pelas ruas como uma garota normal faz, sem que ninguém me reconhecesse e nem que Billy me entregasse andando atrás de mim como o maior pai do mundo. Fui até a garagem e entrei no meu G-Class preto fosco. Amava dirigir. Durante o caminho fui ouvindo minha música favorita do momento, dear no one da Tori Kelly, eu realmente a amo! Não tinha lugar pra parar na frente do starbucks então tive que parar dois quarteirões na frente, ok no big deal, dois quarteirões não são nada, ninguém vai te encontrar. Desci do carro e já senti um flash na minha cara, como é que eles me encontram? Paparazzis estão em todos os lugares que você puder imaginar, as vezes eu tomo banho desconfiada dentro de casa achando que tem alguém me filmando. 

- U look beautiful today hailey!

- Thank you. (Dessa vez eu só sorri)

Havia uns quatro deles, tomei meu rumo até o starbucks e como de costume os paparazzis não entravam nos lugares, ficavam apenas filmando e tirando fotos através dos vidros. Pedi minha pink lemonade e tentei sair rapidamente da loja, fui em direção a porta mas o atendente do balcão me chamou por alguma razão que eu não ouvi e sem olhar pra frente acabei me esbarrando em alguém sem querer, ficamos os três parados, eu, o balconista e o justin.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...